Chumbar fim de comissões bancárias é desrespeito pelo eleitorado

A DECO classificou hoje como insensibilidade social e desrespeito pelos eleitores o chumbo dos deputados às três iniciativas legislativas para proibir cobrança de comissões bancárias e anunciou que vai continuar a lutar por esta proibição.

“A petição [entregue no parlamento com vista àquela proibição] foi subscrita por 90 mil pessoas. A única entidade que vai agradecer à maioria parlamentar é a banca. Sem dúvida, há aqui um voltar de costas dos deputados aos eleitores”, disse à Lusa o secretário-geral da associação de defesa dos consumidores – DECO.

O terceiro projeto de lei para proibir os bancos de cobrarem comissões ou outros encargos pela manutenção de contas de depósito à ordem, da autoria do PCP, foi chumbado na passada sexta-feira pela maioria parlamentar PSD/CDS-PP, apesar de toda a oposição ter votado favoravelmente.

A petição da DECO pelo fim das comissões de manutenção nas contas à ordem foi entregue há um ano na Assembleia da República: “Uma petição só precisa de quatro mil assinaturas para ser entregue no parlamento, mas esta contou com mais de 90 mil assinaturas. Chumbar as propostas traduz um desrespeito pelos eleitores”, comentou Jorge Morgado.

A associação reconhece a derrota nesta batalha, mas avisa que não perdeu a guerra: “Vamos tentar colocar este assunto na agenda politica e só desistimos desta guerra quando tivermos resultados”, afirmou o secretário-geral da DECO.

Jorge Morgado explicou que as comissões bancárias não resultam da efetiva prestação de um serviço e estão antes alicerçadas numa “enorme injustiça social”, por serem calculadas em função do saldo médio dos clientes, pelo que quem mais paga é quem menos dinheiro tem na conta bancária.

“Atendendo a que a conta à ordem é hoje um serviço imprescindível à gestão financeira de qualquer cidadão, esta decisão prejudica milhares de portugueses”, acrescentou, salientando que também faz tábua rasa de uma recomendação emitida pelo Banco de Portugal, em março deste ano, que “confirmava as críticas apontadas pela DECO”.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A Deco, parece ser inocente, ao abordar o tema das comissões. A DECO, diz que a conta bancária, é um serviço imprescindível,mas na verdade,não se trata de ser imprescindível, trata-se, isso sim, de que, é obrigado a ter, por imposição do Estado, e se assim não fòr, terá enormes problemas para resolver seja o que fòr,até para receber a reforma, bom!.. isto se não for cigano, porque se fór o problema está resolvido, porque se for preciso, o estado vai a casa deles velar o dinheiro. É só eles assim decidirem.

RESPONDER

Morreu Marie Fredriksson, vocalista dos Roxette

A cantora sueca Marie Fredriksson, dos Roxette, morreu segunda-feira aos 61 anos, anunciou esta terça-feira a sua manager em comunicado. Marie Fredriksson, vocalista e co-fundadora da banda Roxette, faleceu esta segunda-feira, aos 61 anos. A morte …

Taxa de sucesso no ensino profissional atinge os 63%. É o valor mais alto de sempre

No ano letivo de 2017/2018, 63% dos alunos inscritos no ensino profissional concluíram os seus cursos no tempo previsto, mais dez pontos percentuais do que quatro anos antes, avança o jornal Público. De acordo com um …

Regra para filhos de pais separados em casas alternadas divide partidos

A lei já prevê que os filhos de pais separados possam ficar em residência alternada se o tribunal assim o decidir. Porém, as regras não são claras e vai ser discutida a melhor forma de …

Helicóptero do INEM avariou durante missão. Vítima que ia socorrer acabou por morrer

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), localizado em Loulé, teve uma avaria a meio de uma missão de socorro, sendo obrigado a abortar a viagem que visava ajudar uma mulher de 22 …

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …