Chineses querem casar, mas não há mulheres que cheguem

IceNineJon / Flickr

-

Persistentes “tradições feudais” e três décadas de rígido controlo da natalidade geraram na China um excedente de 33 milhões de homens, envolvendo o país num drama social de consequências imprevisíveis.

As estatísticas oficiais falam por si: no final de 2014, a China tinha cerca de 700 milhões de homens e 667 milhões de mulheres e a diferença, à nascença, era de 115,8 rapazes por 100 raparigas.

Aquela desproporção, que há dez anos atingiu 121 por 100, está a diminuir, mas continua muito acima da média global de 103 a 107 por 100.

Neste aspeto, a China é mesmo considerada o país mais desequilibrado do mundo.

Em 2020, entre a população dos 25 aos 34 anos de idade, haverá mais treze milhões de homens do que mulheres, indicam algumas projeções.

Segundo a tradição chinesa, são os pais que transmitem o nome da família à geração seguinte. O apelido das mães não passa para os filhos.

Criticada pelas autoridades como “uma reminiscência do feudalismo“, a preferência por filhos do sexo masculino ganhou uma nova dimensão com a política de “um casal, um filho“, imposta no início da década de 1980.

“Tratei várias mulheres que fizeram múltiplos abortos apenas porque queriam um filho rapaz”, contou a ginecologista Lian Fang, citada na semana passada pela agência noticiosa oficial Xinhua.

Exceto em casos de comprovada “necessidade clínica”, os hospitais estão proibidos de apurar o sexo dos fetos, mas como Lian Fang denunciou, há médicos “sub-repticiamente” equipados para efetuar esse tipo de exames e que o fazem às escondidas.

“Se o feto for do sexo masculino, a gravidez continua. Se for do sexo feminino, normalmente, aborta-se”, afirmou a ginecologista na última sessão anual da Conferência Política Consultiva do Povo Chinês na província de Shandong, costa leste da China.

Chai Ling, uma líder do movimento estudantil que ocupou a Praça Tiananmen em 1989, exilada nos Estados Unidos e convertida ao cristianismo, fundou uma organização chamada “All Girls Allowed” (“Aceitam-se todas as Raparigas”).

Uma em cada seis raparigas perdem-se actualmente na China através de abortos feitos em função do sexo”, diz aquela ONG.

Depois de a homossexualidade ter sido retirada da lista oficial de “perturbações mentais”, em 2001, uma conhecida socióloga, Li Yinhe, tem defendido publicamente a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas o assunto ainda não foi sequer agendado para discussão na Assembleia Nacional Popular.

Problema já se espalhou

A escassez de mulheres na China já se converteu também num problema regional, sobretudo no vizinho Vietname.

“De acordo com as autoridades vietnamitas, cerca de 22.000 mulheres e crianças do Vietname foram traficadas nos últimos dez anos para a China para casamentos forçados ou outros propósitos”, refere um relatório da UNICEF.

Em 2014, para tentar contrariar o envelhecimento da sociedade, o governo chinês decidiu “aliviar” o controlo da natalidade, permitindo que os casais em que um dos cônjuges é filho único possam ter um segundo filho.

As autoridades esperavam que a nova política suscitasse mais dois milhões de nascimentos, mas dos cerca de onze milhões de casais naquelas condições, apenas um milhão se candidatou ao segundo filho.

E, entretanto, o número de abortos praticados nos hospitais chineses continuou a exceder os treze milhões por ano.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não foi só a tradição, foram também razões económicas e legais. Os filhos (homens) são obrigados por lei e tradição a sustentar os pais na velhice, a assumir as suas dívidas, etc. As filhas (mulheres) estão isentas de tais obrigações; antes pelo contrário, serão os pais que têm de a suportar se ela tiver azar na vida (pode acontecer a qualquer um).
    Agora ponham-se no lugar de um casal chinês, que só pode ter um filho: escolheriam um rapaz ou uma rapariga?

    Pois é, nunca é tão fácil ou linear como parece…

  2. Se fosse cá, tinhas uma filha e não pagavas nada a ninguém! Com o dinheiro que “não pagavas” viajavas, ias para um belo lar.. mudavas de país!

    Como é óbvio estou a ser irónico, contudo somos cada vez menos as pessoas de valor e mais os gatunos!

RESPONDER

Em 15 anos, Marte nunca esteve tão brilhante e tão perto da Terra

Marte vai brilhar mais intensamente no céu noturno nas próximas seis semanas do que brilhou nos últimos 15 anos. O planeta vermelho estará assim no ponto mais próximo da Terra desde 2003, durante de junho …

Milhares de suecos implantam microchips subcutâneos para substituir a carteira

A aplicação da engenharia em sistemas biológicos tem um papel cada vez mais preponderante. Milhares de suecos implantaram microchips nos seus corpos para nunca mais terem de se preocupar em perder um cartão multibanco ou …

Estes pinguins vivem numa ilha de plástico (mas a realidade é pior do que isso)

Ninguém nos disse, mas nós sabemos: o lixo plástico que se acumulou no nosso oceano está fora do controlo. Um vídeo viral de cientistas do Pacífico Sul mostrou agora as terríveis consequências das nossas ações. Muitas …

Astrónomos revelam como se formam os "mundos habitáveis"

Astrónomos da Rússia e da Europa descobriram sob que condições se formam os planetas semelhantes com a Terra ou com as suas sósias maiores. E, segundo acreditam, a descoberta facilitará a procura de mundos potencialmente …

Argentina vs Croácia | Croatas arrasam e estão apurados

A Argentina deu um tombo grande na partida frente à Croácia. A formação das “Pampas” esteve, mais uma vez, irreconhecível e perdeu por concludentes 3-0, perante uma selecção europeia liderada por Ivan Rakitic e Luka …

Burger King prometia hambúrgueres a russas que engravidassem de jogadores do Mundial

Na Rússia, o Burguer King ofereceu 40 mil euros e hambúrgueres grátis para toda a vida às russas que engravidassem de um jogador do Mundial. A promoção já foi cancelada. Uma campanha - entretanto cancelada - …

Mais de 10 mil crimes de femicídio ficaram por resolver em 2017 no Brasil

No final do ano passado, 10.786 processos de femicídio - assassinatos de mulheres em função do género - aguardavam julgamento tribunais estaduais de Justiça do Brasil. Os dados foram publicados na quarta-feira pelo Conselho Nacional …

França vs Peru | Serviços mínimos apuram gauleses

A França garantiu desde já a passagem aos oitavos-de-final do Mundial. Os gauleses marcaram na primeira parte, mas nunca confirmaram em campo o claro favoritismo que lhe era atribuído antes da partida. Na verdade, os peruanos …

Panama Papers investiga Messi por "operações suspeitas"

Messi e o seu pai já tinha sido condenados em 2016 por fraude fiscal. Agora, e segundo novos dados dos Panamá Papers, a sociedade offshore em causa continua ativa - ao contrário do que disse …

Membros de La Manada saem da prisão em liberdade condicional

Os cinco homens do grupo "La Manada" conseguiram, esta quinta-feira, a liberdade condicional, depois de uma nova decisão do Tribunal de Navarra. Segundo o El Confidencial, o Tribunal de Navarra decidiu pôr em liberdade condicional os …