China deteta surtos em três cidades e impõe bloqueios e milhões de testes

Stringer / EPA

As autoridades chinesas estão a testar milhões de pessoas, a impor bloqueios e a fechar escolas depois de vários casos do novo coronavírus transmitidos localmente terem sido diagnosticados nos últimos dias, em três cidades.

À medida que as temperaturas caem, medidas em grande escala estão a ser implementadas nas cidades de Tianjin, Xangai e Manzhouli, apesar do baixo número de novos casos, em comparação com os Estados Unidos (EUA) e vários países europeus, noticiou esta segunda-feira a agência Lusa.

Muitos especialistas e funcionários do Governo chinês alertaram que o vírus se alastra mais em climas frios. Os recentes surtos mostraram que existe o risco de o vírus retornar, apesar de ter sido amplamente controlado na China.

A China registou 86.442 casos e 4.634 mortos desde que o vírus foi detetado pela primeira vez na cidade de Wuhan, no centro da China, no ano passado.

A Comissão Nacional de Saúde relatou dois novos casos transmitidos localmente em Xangai, nas últimas 24 horas, elevando o total para sete, desde sexta-feira. Estes dois casos foram contactos próximos de um outro caso: um funcionário no aeroporto internacional de Pudong que foi diagnosticado com covid-19, no início de novembro.

No domingo, o aeroporto internacional de Pudong decidiu testar os seus funcionários, reunindo mais 17.719 amostras. As autoridades preveem testar outras pessoas nas comunidades vizinhas, caso sejam detetados mais casos. Vídeos nas redes sociais, supostamente de trabalhadores, mostraram o que pareciam ser cenas caóticas no aeroporto, enquanto estes recebiam ordens de última hora para serem testados.

Xangai tem sido mais seletivo com os testes em massa, visando pessoas associadas a um determinado local, em vez de distritos inteiros. Já em Tianjin, as autoridades realizaram mais de 2,2 milhões de testes no novo distrito de Binhai, depois de terem sido descobertos cinco casos de transmissão local, na semana passada.

Roman Pilipey / EPA

Em Manzhouli, uma cidade com mais de 200 mil habitantes, as autoridades de saúde locais estão a testar todos os residentes, depois de terem sido diagnosticados dois casos, no sábado passado. Eles encerraram todas as escolas e locais públicos e proibiram ajuntamentos, como banquetes.

A China tem recorrido a uma abordagem agressiva de cada vez que novos casos de transmissão local são encontrados, incluindo encerrar imediatamente escolas, isolar comunidades residenciais e bairros inteiros e fazer testes em massa.

As autoridades de Tianjin fecharam um jardim de infância e transferiram todos os professores, familiares e alunos para um espaço de quarentena centralizado.

A abordagem da China para controlar a pandemia foi criticada por ser draconiana. No início, o país isolou a cidade de Wuhan, onde os primeiros casos foram diagnosticados, durante mais de dois meses, para conter o vírus. As entradas e saídas foram interditadas e os moradores colocados em confinamento.

A China autoproclama a sua solução, no entanto, como uma lição a ser estudada por outros países. “Em todo o mundo, apenas a China tem a capacidade de chegar a zero casos. Outros países não têm esta capacidade”, disse Zeng Guang, epidemiologista chefe do Centro Chinês para o Controlo e Prevenção de Doenças.

“Chegar aos zero casos é realmente a forma economicamente mais eficaz de fazer a prevenção da epidemia”, explicou. “Usem mão mais pesada e cheguem aos zero casos, só então as pessoas se sentirão mais seguras”, acrescentou.

  // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Ai-Da, a robô artista, foi detida no Egito antes da sua mais recente exposição

Ai-Da, a primeira robô artista ultrarrealista do mundo, foi detida pelas autoridades egípcias na alfândega por "questões de segurança". De acordo com o jornal The Guardian, está previsto que Ai-Da apresente o seu último trabalho na …

Albertina Museum, em Viena, na Áustria

Cansados de ver posts removidos por nudez, museus de Viena aderiram ao OnlyFans

Cansados de ver as obras de arte que partilhavam nas redes sociais removidas por serem demasiado "explícitas", vários museus austríacos decidiram abrir uma conta na plataforma mais liberal OnlyFans. No passado, tanto o Conselho de Turismo …

O pior desastre nuclear da história dos EUA pode ter sido fruto de uma brincadeira

O SL-1 era um reator nuclear experimental de baixa potência, localizado no Idaho, nos EUA, que tinha como objetivo fornecer energia a pequenas instalações militares remotas no início dos anos 1960. O reator acabou por ficar …

PJ deteve quarto suspeito da morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, ao final da tarde desta quinta-feira, um quarto suspeito da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Durante a tarde de hoje, em conferência …

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, e a ministra da Saúde, Marta Temido

Saúde, Trabalho e Cultura. As medidas aprovadas pelo Governo para facilitar a negociação do OE

Novo Estatuto do Serviço Nacional de Saúde, Agenda do Trabalho Digno e a versão final do Estatuto dos Profissionais da Cultura foram os grandes destaques da conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta …

Banido do Facebook, Donald Trump aposta na criação da sua própria rede social

Nova rede social deverá estar disponível a partir do início do próximo ano e é uma resposta do antigo presidente às empresas que o decidiram banir. O antigo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump anunciou o …

Um cigarro aceso

"Fumar mata." Deputados britânicos querem que o aviso seja impresso em cada cigarro

Para desencorajar os fumadores, os deputados britânicos querem imprimir o slogan "Fumar mata" em cada cigarro de um maço de tabaco. Deputados britânicos apresentaram, no Parlamento, uma emenda à Lei de Saúde e Cuidados de Saúde …

Ludogorets 0-1 Braga | Horta bracarense dá frutos cedo

O Sporting de Braga conseguiu um importante triunfo por 1-0 na deslocação ao terreno do Ludogorets, no Grupo F da Liga Europa. A formação lusa não quis perder tempo e marcou logo aos sete minutos, por …

PJ admite mais pessoas envolvidas na morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) admitiu, esta quinta-feira, que estejam mais pessoas envolvidas na morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Os dados foram avançados esta tarde, em conferência de …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo continua a "desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o OE passar"

O Presidente da República afirmou, esta quinta-feira, que continua "a desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o Orçamento passar" e considerou que os próximos dias, com reuniões partidárias até ao fim-de-semana, "são …