Descoberto na China novo vírus da gripe com potencial pandémico

Uma equipa de cientistas chineses descobriu uma variante do vírus da gripe suína. Esta variante é transportada por porcos, mas pode infetar humanos. Embora garantam que, para já, não há razão para alarme, os investigadores salientam que o vírus, designado G4 EA H1N1, tem um “potencial pandémico”.

Um estudo com os resultados da investigação foi publicado esta segunda-feira na revista científica PNAS.

O G4 EA H1N1 é semelhante ao vírus da gripe suína, que causou uma pandemia em 2009, e já infetou um em cada 10 trabalhadores de gado suíno da China, escreve o Observador. Os cientistas chineses alertam que o vírus já tem a capacidade de infetar humanos.

“Não há qualquer evidência de que o G4 esteja a circular em humanos, mesmo após cinco anos de exposição extensiva ao vírus. Este é o contexto chave que é preciso ter em mente”, diz Carl Bergstrom, biólogo da Universidade de Washington, ao The Guardian.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) já está a par da descoberta e realça que isto serve para mostrar que “não podemos baixar a guarda, precisamos de continuar a vigilância, mesmo durante a pandemia de coronavírus”.

“Neste momento, estamos distraídos com o coronavírus e com razão. Mas não devemos perder de vista novos vírus potencialmente perigosos”, disse, por sua vez, o coautor do estudo Kin-Chow Chang, em declarações à BBC.

Também o professor James Wood, chefe do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Cambridge, disse que este estudo “surge como um lembrete” de que estamos constantemente em risco de um novo aparecimento de patógenos e que animais de criação podem atuar como fonte de importantes vírus pandémicos.

Neste mais recente estudo, os investigadores concluíram que o vírus G4 EA H1N1 é altamente infecioso, de fácil crescimento e replicação nas células humanas e causa sintomas mais sérios do que outros vírus. A vacina para a gripe também não mostrou ser suficiente para conferir imunidade às pessoas.

Telmo Pina Nunes, epidemiologista na Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa, diz que devemos estar atentos, embora não haja motivos para entrar em pânico. “Não implica ter uma resposta imediata, mas implica preparar essa resposta de forma eficaz”, disse o especialista ao jornal Público.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Ainda não acabou o negocio do corona, e já começam a espalhar outro “novo virus”. Nada como manter o medo bem vivo para manter o negócio activo. Há muitos testes, mascaras, gel e medicamentos para vender.
    Não há-de faltar muito para começarem a surgir os primeiros lares e doentes em uci “infetados” com mais um novo virus.

  2. Eu acho que devemos equacionar muito bem a atual globalização e a inclusão da China no comércio global, à luz da atual pandemia, de outras do passado e de outras que já se falam para o futuro.

  3. Deixem de comer animais e fica tudo resolvido. Qual é a dificuldade em perceber que essa é a raiz do problema ? As piores doenças são todas Zoonóticas (origem nos animais). Todos têm culpa, porque “exigem” um cadaverzito no prato diariamente…

    • Simplicidade, coma lá as suas ervasitas e deixe os omnivoros em paz. Respeite os outros, a principal questão aqui é a produção em grande escala, ou melhor a inspecção a essa produção.

RESPONDER

Fortuna de Jeff Bezos não pára de engordar. Acabou de atingir um novo recorde

A fortuna do fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezzos, acaba de quebrar um novo recorde ao atingir os 182,6 mi milhões de dólares. Os números foram avançados esta semana pela revista Forbes, que detalha que …

Portugal não pode chegar ao inverno com a situação atual, alerta epidemiologista

Portugal corre o risco de não conseguir responder a um ressurgimento de casos de covid-19 no inverno, afirmou este sábado o médico de Saúde Pública Ricardo Mexia, considerando que o país não pode chegar a …

Pela primeira vez, nasceu um raro par de elefantes gémeos no Sri Lanka

Um raro par de elefantes gémeos foi encontrado num parque nacional no Sri Lanka. É a primeira vez que o país regista crias gémeas, que são extremamente raros em elefantes. Os dois animais, que terão entre …

Teste aos forcados e lotação reduzida. Publicadas as novas regras para as touradas

A temporada taurina retoma com praças com lotação de 50%, uma reivindicação do sector que viu este sábado ser publicada pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) uma acualização às normas discutidas com a DGS. “O que …

Trump propôs "vender" Porto Rico após a passagem do furacão Maria, revela ex-funcionária

Elaine Duke, ex-secretária adjunta de Segurança Interna do presidente dos EUA disse que Donald Trump propôs "alienar" ou "vender" a Comunidade de Porto Rico depois de a ilha ser atingida pelo furação Maria, em 2017. "As …

Catarina Martins atira-se a Rio. Líder do PSD está a fazer "um favor" a Costa no fim dos debates

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez este sábado um duro ataque ao líder do PSD, que acusou de fazer um favor ao primeiro-ministro. Catarina Martins considerou “extraordinário” que o líder do maior partido da oposição …

Fraudes em subsídios europeus atingem 2,3 mil milhões. Dava para salvar a TAP (duas vezes)

Uma investigação levada a cabo pela Polícia Judiciária (PJ) concluiu que os casos de fraude na obtenção e desvio de fundos públicos, nos últimos dez anos, ascendem a cerca de 2,3 mil milhões de euros. Os …

Sem ganho económico e muitas mortes. O que dizem os dados da controversa estratégia sueca

A estratégia relaxada da Suécia contra a covid-19 gerou várias críticas. Os números mostram que tanto a nível sanitário como económico, o país saiu a perder. O Governo sueco não impôs um confinamento à população e, …

Irão diz que avião ucraniano foi abatido devido a erro humano

Um erro humano relacionado com um mau ajuste do radar militar foi a causa do acidente com o boeing ucraniano abatido em 8 de janeiro perto de Teerão, Irão, provocando 176 mortos, concluiu o relatório …

Mais seis mortes, 291 novos casos e 252 recuperados

Portugal regista este domingo mais seis mortes e 291 novos casos de infeção confirmados de covid-19 por comparação a sábado, segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o boletim diário da …