Descoberto na China novo vírus da gripe com potencial pandémico

Uma equipa de cientistas chineses descobriu uma variante do vírus da gripe suína. Esta variante é transportada por porcos, mas pode infetar humanos. Embora garantam que, para já, não há razão para alarme, os investigadores salientam que o vírus, designado G4 EA H1N1, tem um “potencial pandémico”.

Um estudo com os resultados da investigação foi publicado esta segunda-feira na revista científica PNAS.

O G4 EA H1N1 é semelhante ao vírus da gripe suína, que causou uma pandemia em 2009, e já infetou um em cada 10 trabalhadores de gado suíno da China, escreve o Observador. Os cientistas chineses alertam que o vírus já tem a capacidade de infetar humanos.

“Não há qualquer evidência de que o G4 esteja a circular em humanos, mesmo após cinco anos de exposição extensiva ao vírus. Este é o contexto chave que é preciso ter em mente”, diz Carl Bergstrom, biólogo da Universidade de Washington, ao The Guardian.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) já está a par da descoberta e realça que isto serve para mostrar que “não podemos baixar a guarda, precisamos de continuar a vigilância, mesmo durante a pandemia de coronavírus”.

“Neste momento, estamos distraídos com o coronavírus e com razão. Mas não devemos perder de vista novos vírus potencialmente perigosos”, disse, por sua vez, o coautor do estudo Kin-Chow Chang, em declarações à BBC.

Também o professor James Wood, chefe do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Cambridge, disse que este estudo “surge como um lembrete” de que estamos constantemente em risco de um novo aparecimento de patógenos e que animais de criação podem atuar como fonte de importantes vírus pandémicos.

Neste mais recente estudo, os investigadores concluíram que o vírus G4 EA H1N1 é altamente infecioso, de fácil crescimento e replicação nas células humanas e causa sintomas mais sérios do que outros vírus. A vacina para a gripe também não mostrou ser suficiente para conferir imunidade às pessoas.

Telmo Pina Nunes, epidemiologista na Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa, diz que devemos estar atentos, embora não haja motivos para entrar em pânico. “Não implica ter uma resposta imediata, mas implica preparar essa resposta de forma eficaz”, disse o especialista ao jornal Público.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Ainda não acabou o negocio do corona, e já começam a espalhar outro “novo virus”. Nada como manter o medo bem vivo para manter o negócio activo. Há muitos testes, mascaras, gel e medicamentos para vender.
    Não há-de faltar muito para começarem a surgir os primeiros lares e doentes em uci “infetados” com mais um novo virus.

  2. Eu acho que devemos equacionar muito bem a atual globalização e a inclusão da China no comércio global, à luz da atual pandemia, de outras do passado e de outras que já se falam para o futuro.

  3. Deixem de comer animais e fica tudo resolvido. Qual é a dificuldade em perceber que essa é a raiz do problema ? As piores doenças são todas Zoonóticas (origem nos animais). Todos têm culpa, porque “exigem” um cadaverzito no prato diariamente…

    • Simplicidade, coma lá as suas ervasitas e deixe os omnivoros em paz. Respeite os outros, a principal questão aqui é a produção em grande escala, ou melhor a inspecção a essa produção.

CGTP volta à rua com concentrações nos distritos e greves e plenários nas empresas

A CGTP vai voltar à rua pela valorização dos salários e do emprego e o respeito pelos direitos individuais e coletivos. A CGTP volta à rua com uma Jornada Nacional de Luta descentralizada para exigir melhores …

27 reúnem-se numa videocimeira para discutir restrições e a aceleração do processo de vacinação

Esta quinta-feira, os 27 reúnem-se virtualmente, numa cimeira coordenada, a partir de Bruxelas, pelo presidente do Conselho Europeu Charles Michel.  Segundo apurou a TSF, na videocimeira desta quinta-feira, os governos deverão reconhecer que a situação epidemiológica …

Em risco de perder a imunidade, Puigdemont fala em "pressão espanhola"

Carles Puigdemont, Toni Comín e Clara Ponsati estão em risco de perder imunidade. O ex-presidente do governo da Catalunha fala em "pressão espanhola" no Parlamento Europeu. O levantamento da imunidade de Carles Puigdemont e de dois …

Plano de desconfinamento a circular nas redes sociais é falso. Governo faz denúncia ao Ministério Público

Esta quinta-feira, começou a circular nas redes sociais um alegado plano de desconfinamento que teria início já no mês de março. O Governo já veio avisar que o documento é falso e vai fazer uma …

Carlos Carreiras diz que "Passos Coelho não é passado, é presente"

O presidente da Câmara de Cascais voltou a criticar a liderança do líder do PSD e, em sentido contrário, deixou rasgados elogios ao seu antecessor. Numa entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença, Carlos Carreiras …

PSP diz que jovem que se gabou de violação no Instagram pode ter "fantasiado"

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Viseu afirma que "tudo leva a crer" que o jovem que assumiu, em direto no Instagram, ter violado uma rapariga estivesse a fantasiar. A PSP de Viseu identificou o …

Termina hoje o prazo para validar faturas para apresentar no IRS

Os contribuintes têm até esta quinta-feira para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir de base no cálculo das deduções no IRS. Há já vários anos que as deduções …

“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa. A princesa Latifa, filha do …

Pelo menos oito mortos após golpe de Estado em Myanmar. ONG pedem embargo ao fornecimento de armas

Pelo menos oito pessoas morreram em Myanmar, como resultado da violência desencadeada após o golpe de Estado realizado pelos militares a 1 de fevereiro, segundo a Associação de Assistência aos Prisioneiros Políticos (AAPP). Até agora, o …

24 mil milhões até 2025 e 100% renovável até 2030. Eis o novo plano estratégico da EDP

A EDP apresenta esta quinta-feira o seu novo plano estratégico, comprometendo-se a investir 24 mil milhões de euros até 2025 na transição energética e anunciando o objetivo de até 2030 se tornar 100% verde. Na nota …