China. Mulher que adotou 118 crianças condenada a 20 anos de prisão por fraude e extorsão

Uma mulher de 54 anos, considerada filantropa por adotar 118 crianças, foi condenada, na China, a 20 anos de prisão por fraude, extorsão, falsificação e distúrbios da ordem pública.

Li Yanxia foi considerada culpada, na quarta-feira, de extorsão, fraude, falsificação e perturbação da ordem pública, noticiou na quinta-feira o Jornal de Notícias. A mulher de 54 anos foi também multada em 388 mil dólares (cerca de 347 mil euros).

Já o companheiro de Li Yanxia, Xu Qi, foi condenado a 12 anos e meio de prisão e a aproximadamente 156 mil euros de multa. As penas dos restantes 14 cúmplices vão até quatro anos de prisão.

Em 2006, Li Yanxia ficou conhecida por adotar dezenas de crianças na cidade de Wu’an, na China. Ao longo dos anos, acumulou uma riqueza elevada e tornou-se uma das mulheres mais ricas de Hebei, chegando a investir numa empresa de exploração de minas de ferro e tornando-se a principal acionista anos depois.

“Vi uma menina de cinco ou seis anos a correr pela mina. O pai tinha morrido, a mãe tinha fugido e decidi adotá-la. Foi a primeira pessoa que ficou à minha guarda”, disse a mulher ao jornal Yanzhao Metropolis Daily, na altura.

Continuou a adotar mais crianças até que decidiu abrir um orfanato, chamado Love Village. O número de crianças sob os seus cuidados atingiu o pico em 2017, com 118 adoções.

Foi nesse ano que as autoridades receberam denúncias públicas, alertando para atividades suspeitas. Em maio de 2018, descobriram que a mulher possuía cerca de três milhões de euros divididos em várias contas bancárias e possuía veículos de luxo como Land Rover e Mercedes Benz. Li Yanxia estaria a realizar atividades ilegais desde 2011.

Algumas das crianças eram sujeitas a trabalhos de força. Quando a mulher estava interessada em alguma propriedade, exigia que estas se deixassem atropelar pelas carrinhas dos construtores para interromper as obras, chantageando as empresas.

Há dois meses, ainda se encontravam 74 crianças no orfanato, que foram então transferidas para instituições governamentais.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …