Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu “compromisso com a Michelin acabou” e espera não ver renovada a distinção na edição de 2020.

Em julho passado, Henrique Leis tornou-se o primeiro ‘chef’ em Portugal a renunciar à classificação do Guia Michelin, decisão que justificou com “o cansaço” e com o desejo de “fazer outras coisas”, depois de 19 anos com uma estrela (‘uma cozinha de grande fineza, compensa parar’) no restaurante com o seu nome, em Almancil, Algarve.

“A Michelin pode ser dona da estrela, mas não é dona do meu restaurante. Eles deram-me a estrela como se fosse um empréstimo, enquanto eu merecesse”, comentou o chefe de cozinha brasileiro, em entrevista à agência Lusa.

“Eu acredito que eles não vão ter a coragem de me manter com a estrela, se eu pedi para sair. Quem é que lhes dá a garantia de que eu vou fazer o mesmo serviço? Eu disse que quero sair, eu saio. O meu compromisso com eles acabou”, referiu.

Henrique Leis garante, no entanto, que desde a decisão de abdicar da estrela nada mudou, e que é assim que pretende continuar. “Tudo igual. Vou usar os mesmos produtos, da melhor qualidade, a mesma equipa”, disse o chef, mencionando que também não notou alterações na clientela.

Caso a edição de 2020 do Guia Michelin Espanha e Portugal, que será apresentada na próxima quarta-feira em Sevilha, mantenha a estrela ao restaurante “Henrique Leis”, o ‘chef’ garante que a sua atitude será diferente.

“Não vou stressar mais”

“Mesmo que venha a estrela 2020, eu não vou stressar mais, vou tentar fazer o meu trabalho o melhor possível, dedicar-me como sempre me dediquei, ter os mesmos produtos, os mesmos fornecedores”, comentou.

Sobre a sua decisão, Henrique Leis justificou com o cansaço, afirmando que a distinção é “uma prisão – uma prisão leve, mas uma prisão” – e que pretende agora “fazer outras coisas”, nomeadamente ajudar as duas filhas em outro tipo de projetos, também na área da gastronomia.

Não quero entrar em litígio com a Michelin”, garantiu, antes de referir: “Durante muitos anos, fui muito feliz porque sempre tive orgulho de ter estrela, trouxe-me muita alegria para a minha família e para mim”

Na próxima quarta-feira será anunciada a edição de 2020 do Guia Michelin Espanha e Portugal, numa gala em Sevilha que assinala, também, os 110 anos do lançamento do ‘guia vermelho’. A manutenção ou perda da estrela do “Henrique Leis” é uma das principais incógnitas, até porque a posição oficial da Michelin quando ‘chefs’ anunciam a intenção de “devolver” as estrelas é a de que a decisão é dos inspetores e não dos cozinheiros.

Portugal tem, na edição de 2019 do ‘guia vermelho’, seis restaurantes com duas estrelas Michelin (‘uma cozinha excecional, vale a pena o desvio’), e 20 com uma estrela. Continua a não ter nenhum estabelecimento com a classificação máxima (três estrelas, ‘uma cozinha única, justifica a viagem’).

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Prefiro de longe um piquenique à noite a céu aberto, esse piquenique tem milhares de estrelas e acho que não são Michelin, talvez sejam Continental.

RESPONDER

Influente bispo alemão não vê "por que não" se pode abençoar casais homossexuais

"Se os homossexuais pedem alguma bênção, por que não?", disse, esta sexta-feira, um bispo alemão que foi recebido pelo papa Francisco no Vaticano, a propósito da delegação da Comissão Episcopal da União Europeia (Comece). Franz-Josef Overbeck, …

Mais 789 novos casos de covid-19 e uma morte em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais uma morte e 789 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 789 novos …

Organização dos Jogos Olímpicos estima cerca de sete casos diários

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 estimam que haverá cerca de sete casos de covid-19 por dia entre as pessoas envolvidas no evento, disse a emissora pública japonesa NHK. A estimativa foi …

Mais dois militares vão a julgamento por agressões em curso dos Comandos

Estão em causa dois cursos anteriores ao que levou à morte, em 2016, dos recrutas Hugo Abreu e Dylan da Silva. Um dos casos segue já para julgamento, o outro vai para a fase de …

Remodelação à vista (com saídas e trocas de pastas por "um Governo de combate")

O Governo de António Costa tem pela frente um mês de Julho decisivo que ficará marcado pela chegada dos fundos da bazuca europeia. E há dirigentes socialistas que acreditam que o primeiro-ministro deve aproveitar a …

Líderes da UE alertam Londres para respeitar acordo do Brexit

Os líderes da União Europeia (UE) alertaram o Governo britânico, este sábado, que os dois lados devem implementar o acordo do Brexit, numa reunião com o primeiro-ministro britânico à margem da cimeira do G7. A presidente …

Variante Delta está a crescer em Portugal. Lisboa e Vale do Tejo é a região mais afetada

As autoridades de saúde confirmam que já foi detetada, em Portugal, a transmissão comunitária da variante Delta do novo coronavírus. Esse cenário estará a ser mais evidente na região de Lisboa e Vale do Tejo. "Até …

Vírgula permite aos deputados receberem abono de exclusividade mesmo mantendo cargos em empresas

Um parecer da Comissão de Transparência permite aos deputados acumularem funções em empresas enquanto recebem o subsídio de exclusividade na Assembleia da República. Tudo por culpa de uma vírgula que desperta interpretações diversas. A situação é …

Grupo Espírito Santo só tem verbas para pagar 2,6% das dívidas

Os credores reclamam 11,5 mil milhões de euros em dívida, mas o império Espírito Santo só tem cerca de 300 milhões de euros. De acordo com o semanário Expresso, aquilo que resta do império Espírito Santo …

CTT reclamam dívidas de 67 milhões ao Estado

Os CTT iniciaram um processo de arbitragem contra o Estado, reclamando um total de 67 milhões de euros em compensações pelo impacto da pandemia de covid-19 e pela extensão unilateral do contrato de concessão. "Os CTT …