“Um abandonar dos utentes”. Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações.

Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde continuam a exigir o agendamento de consultas, pedidos de receitas e outros atos por telefone e email. No entanto, à Entidade Reguladora da Saúde chegaram 1237 reclamações, desde o início do ano até 18 de setembro. Muitos denunciam constrangimentos no atendimento telefónico, escreve o JN, este domingo.

O problema é transversal a todo o território nacional e, mesmo que a Direção-Geral da Saúde já tenha reconhecido o problema há meses, ainda continua sem uma solução prática.

“É uma enorme preocupação, isto tem sido um abandonar dos utentes, as pessoas estão perdidas, nem conseguem renovar as receitas”, diz Fernando Queiroga, presidente da Comissão Distrital da Proteção Civil do Distrito de Vila Real e autarca de Boticas, citado pelo JN.

Assim, muitos utentes acabam por se dirigir ao privado, pagando por serviços de saúde que sairiam muito mais em conta no Serviço Nacional de Saúde (SNS). Há ainda quem recorra às farmácias “para medir a tensão ou mudar pensos porque no centro de saúde ninguém atende”.

Enquanto isso, as urgências dos hospitais públicos vão enchendo, já que os pacientes não conseguem receber atenção nos cuidados primários. Em último caso, há até quem vá às urgências pedir a renovação de receitas.

Em Matosinhos, estudam-se soluções para o problema. O presidente da Unidade Local de Saúde vai avançar com a entrada em funcionamento de uma central de atendimento e devolução de chamadas e a criação de um espaço específico para atendimento covid-19 fora dos centros de saúde.

Muitos utentes optam também por se dirigir aos centros de saúde, onde se formam filas com pessoas à procura de uma resposta mais célere. O Jornal de Notícias escreve que, embora usem máscara, o distanciamento nem sempre dá para cumprir e muitos acabam por voltar para casa de mãos a abanar.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. é Indecente o que se está a passar nos centros de saude. No inicio da Pandemia ligava-se para o Centro Saude melhor ou pior la atendiam e conseguia falar com medico da familia. Agora em vez de melhorar piorou? Qual a justificaçaõ?Só encontro uma que serão ordens para proceder desta forma para o Estado não pagar baixas medicas e afins. Estao a acabar com o serviço nacional de saude. Estes politicos de M—- o que querem é Roubar. Não querem saber do povo. Cada vez é Pior. Vamos voltar ao tempo do Salazar ou pior?

    • Ainda acredita que com outro “Club” seria diferente ?…. Chama-se a isto Selecção Natural, quem tem posses desenrasca-se quem não tem morre no mar da indiferença !…sempre assim foi de forma mais ou menos evidente, agora será cada vez mais evidente. Vote em quem quiser, mudam-se as moscas mas fica a M,,,,a. Disso não tenha duvida!

  2. RECLAMEM, eu assim fiz, e momentaneamente resultou. Mandem email para arsn@arsnorte.min-saude.pt,
    e para as delegações de cada região e em cópia para o vosso centro de saúde. Assim quantas mais queixas melhor, eu fiz e no dia seguinte eram eles que me ligavam.
    Enquanto nos calarmos eles fazem o que querem e lhes apetece.

    • As pessoas reclamaram contra o estado, o estado investigou-se a ele próprio e concluiu que não fez nada de mal pelo que continua tudo na mesma, pelo que temos de continuar a pagar os mesmos impostos para o SNS.

  3. E isto é apenas o início de uma situação catastrófica que há de chegar em breve, se em anos anteriores os corredores de hospitais estavam atulhados com doentes com gripe, imagine-se agora o que irá acontecer e nós cada vez menos a percebermos para que servem afinal os Centros de Saúde se nem já atendem um doente. Os hospitais privados é vê-los aparecer cada vez em maior número, depois é ver doentes a serem enviados para os mesmos porque o SNS não tem capacidade de resposta, mas uma vez lá chegados são rejeitados porque o Estado não vai para além de um determinado valor por intervenção, portanto estamos simplesmente a ser enganados e condenados ao pior dos sacrifícios, no entanto, a propaganda da geringonça continua a dar frutos.

  4. Lembram-se do Centro de Saúde de Cantanhede onde a primeira utente suspeita de Covid foi encerrada na casa de banho?
    Não há mais gente a ir aos centros de saúde, há sim centros de saúde que simplesmente não querem atender doentes porque os médicos têm medo de ficar infectados. Não se trata de ordens do governo (embora alguns idiotas vejam conspirações em todo o lado), os centros de saude e as unidades de saúde familiares gerem-se a si próprios.

  5. Descontar para o SNS deveria ser opcional. A minha família não tem médico de família, não conseguimos prescrições para especialidades do Hospital Público pelo mesmo motivo, desconto para quê? Para sustentar outros sem fazerem nenhum?!?

Responder a bino Cancelar resposta

"Ponte" biodegradável pode curar lesões nervosas do sistema nervoso periférico

Investigadores da Universidade de Pittsburgh descobriram recentemente uma "ponte" biodegradável que poderá ajudar no tratamento de lesões nos nervos e a recuperar cerca de 80% da função nervosa. As lesões superficiais que ocorrem no sistema nervoso …

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …