Centeno manda primeira versão do Orçamento para Bruxelas nove dias depois das eleições

Tiago Petinga / Lusa

A 15 de outubro, nove dias depois das legislativas, o Governo em gestão mandará uma primeira versão do Orçamento para 2020 à Comissão Europeia. Centeno quer passar mensagem de estabilidade interna, marcando diferenças face a Passos Coelho.

Ao contrário do que fez Passos Coelho em 2015, António Costa e Mário Centeno vão entregar à Comissão Europeia uma proposta de Orçamento do Estado para 2020. A decisão carrega um grau de risco político: o prazo para a entrega do documento é 15 de outubro, nove dias após as legislativas – quando ainda não estará um novo Governo formado.

Se António Costa, ganhando eleições sem maioria, estiver a negociar um acordo de governação com outros partidos, o que ficar escrito no documento pode condicionar as negociações.

Mesmo assim, Mário Centeno segue determinado, passando uma mensagem de estabilidade interna. “Em 2015 vivíamos num momento de enorme indefinição”, afirmou, em declarações ao Jornal de Negócios. Em seu favor, as regras fixadas por Bruxelas para casos como o de Portugal permitem neutralizar parte dos riscos.

“Esta será uma versão do OE em políticas constantes”, explicou uma fonte do Governo ao Expresso. Não incluirá as medidas já previstas no Programa de Estabilidade – entregue em abril à Comissão – que ainda não tenham sido aprovadas. Os dados inerentes ao novo exercício orçamental estarão atualizados, incluindo as novas estimativas de 2019 – como a execução orçamental, que pode dar nova folga para o ano seguinte.

Nesta fase, Costa e Centeno já têm definida a estrutura do primeiro orçamento da nova legislatura. Não só pelas medidas previstas no último Programa de Estabilidade, mas também pelos investimentos já anunciados para o próximo ano que, na perspetiva do próximo Governo, vão condicionar muito a margem de manobra para novas propostas.

“Será de continuidade”, assumiu ao Expresso uma fonte do Executivo, admitindo que o essencial do documento fará com que não demore muito tempo até que o novo Governo entregue o Orçamento final no Parlamento nacional.

Na quinta-feira, Centeno já tinha dado essa indicação, quando baixou a expectativa sobre os aumentos salariais para a função pública no próximo ano. “Há espaço para aumentos à taxa de inflação”, disse. “A inflação é o que for. Se continuarmos a descer impostos e esses impostos tiverem como consequência baixar os preços, o benefício já foi dado através da redução de impostos”.

Em entrevista ao Jornal de Negócios, Mário Centeno mostrou-se disponível para se manter como ministro das Finanças. No entanto, para já, fixou apenas uma meta: acabar o mandato no Eurogrupo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nem um carro consegue esmagar este besouro indestrutível

O diabólico besouro de ferro tem um dos mais resistentes exoesqueletos naturais. A forma como este animal consegue sobreviver pode inspirar o desenvolvimento de novos materiais com a mesma dureza. Engenheiros da Universidade da Califórnia e …

OSIRIS-REx recolheu demasiadas amostras do Bennu (e está a perder parte delas)

A NASA revelou que a sonda OSIRIS-REx conseguiu recolher uma grande amostra de partículas do asteróide Bennu - tanto material que fez com que a tampa do compartimento não fechasse corretamente. Na semana passada, a sonda …

Cientistas captam atmosfera de um extraordinário exoplaneta que não deveria existir

Uma equipa de cientistas da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, captou a atmosfera de um exoplaneta "que não deveria existir" ao analisar dados do telescópio TESS da agência espacial norte-americana (NASA). O planeta em causa …

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …