Centeno manda primeira versão do Orçamento para Bruxelas nove dias depois das eleições

Tiago Petinga / Lusa

A 15 de outubro, nove dias depois das legislativas, o Governo em gestão mandará uma primeira versão do Orçamento para 2020 à Comissão Europeia. Centeno quer passar mensagem de estabilidade interna, marcando diferenças face a Passos Coelho.

Ao contrário do que fez Passos Coelho em 2015, António Costa e Mário Centeno vão entregar à Comissão Europeia uma proposta de Orçamento do Estado para 2020. A decisão carrega um grau de risco político: o prazo para a entrega do documento é 15 de outubro, nove dias após as legislativas – quando ainda não estará um novo Governo formado.

Se António Costa, ganhando eleições sem maioria, estiver a negociar um acordo de governação com outros partidos, o que ficar escrito no documento pode condicionar as negociações.

Mesmo assim, Mário Centeno segue determinado, passando uma mensagem de estabilidade interna. “Em 2015 vivíamos num momento de enorme indefinição”, afirmou, em declarações ao Jornal de Negócios. Em seu favor, as regras fixadas por Bruxelas para casos como o de Portugal permitem neutralizar parte dos riscos.

“Esta será uma versão do OE em políticas constantes”, explicou uma fonte do Governo ao Expresso. Não incluirá as medidas já previstas no Programa de Estabilidade – entregue em abril à Comissão – que ainda não tenham sido aprovadas. Os dados inerentes ao novo exercício orçamental estarão atualizados, incluindo as novas estimativas de 2019 – como a execução orçamental, que pode dar nova folga para o ano seguinte.

Nesta fase, Costa e Centeno já têm definida a estrutura do primeiro orçamento da nova legislatura. Não só pelas medidas previstas no último Programa de Estabilidade, mas também pelos investimentos já anunciados para o próximo ano que, na perspetiva do próximo Governo, vão condicionar muito a margem de manobra para novas propostas.

“Será de continuidade”, assumiu ao Expresso uma fonte do Executivo, admitindo que o essencial do documento fará com que não demore muito tempo até que o novo Governo entregue o Orçamento final no Parlamento nacional.

Na quinta-feira, Centeno já tinha dado essa indicação, quando baixou a expectativa sobre os aumentos salariais para a função pública no próximo ano. “Há espaço para aumentos à taxa de inflação”, disse. “A inflação é o que for. Se continuarmos a descer impostos e esses impostos tiverem como consequência baixar os preços, o benefício já foi dado através da redução de impostos”.

Em entrevista ao Jornal de Negócios, Mário Centeno mostrou-se disponível para se manter como ministro das Finanças. No entanto, para já, fixou apenas uma meta: acabar o mandato no Eurogrupo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Conquistas da seleção renderam 140 milhões em menos de 20 anos

As conquistas da seleção portuguesa renderam já mais de 140 milhões de euros à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em menos de 20 anos. Os números são avançados esta terça-feira pelo O Jogo, que dá …

Rosa Grilo acusa PJ de "agarrar em dois idiotas" para acusar de homicídio

A arguida acusou a Polícia Judiciária (PJ), esta terça-feira, de "agarrar em dois idiotas que estavam a jeito", em alusão a si e a António Joaquim, para os incriminar da morte do marido, reiterando que …

Aeroporto de Lisboa encerra de madrugada entre janeiro e junho

O Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai fechar para obras de alargamento da pista de janeiro a junho, entre as 23h30 e as 05h30 da manhã. De acordo com a TSF, o Aeroporto Humberto Delgado, em …

Fase de Instrução do processo Hells Angels começa no dia 27

A fase de instrução do processo Hells Angels vai começar no dia 27 deste mês, no Tribunal Central de Instrução Criminal, e já há sessões marcadas até 19 de dezembro. Fonte judicial referiu à agência Lusa …

Horacio Cartes, ex-Presidente do Paraguai, alvo de mandado de prisão no Brasil

Um juiz do Brasil emitiu esta terça-feira uma ordem de prisão contra o ex-Presidente paraguaio Horacio Cartes (2013-2018), num caso relacionado com a Operação Lava Jato, informaram fontes oficiais. A decisão foi tomada pelo juiz brasileiro …

Ex-futebolista Koke detido em operação contra tráfico de droga

O antigo futebolista espanhol do Sporting é um dos 20 detidos pelas autoridades espanholas numa operação contra o tráfico de drogas. Esta operação foi desencadeada com 11 buscas simultâneas em Sevilha, Málaga e Granada, envolvendo 150 …

Brasil. Técnica que esteriliza o mosquito do zika e dengue será aplicada em 2020

O Brasil irá usar a partir do próximo ano mosquitos estéreis da espécie 'Aedes aegypt' para controlar a reprodução deste agente que transmite doenças como dengue e zika, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU). A …

FC Porto encaixa até 50 milhões com novo adiantamento de receitas televisivas

A SAD do FC Porto encaixou 30 milhões de euros com uma nova emissão de obrigações pela Sagasta, envolvendo a cedência de receitas futuras de direitos televisivos, e podem entrar mais 20 milhões em janeiro. Em …

Verdes denunciam depósito ilegal de amianto em aterros para resíduos não perigosos

Os Verdes questionaram o Governo sobre casos de depósito de amianto em aterros para resíduos não perigosos. Esta é uma prática ilegal segundo a legislação portuguesa. O Partido Ecologista "Os Verdes" entregou na Assembleia da República …

Autarquias desperdiçaram 128 litros de água por dia em 2018

A Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros encabeça a lista de entidades gestoras que mais água desperdiçam diariamente: 538 litros diários por ramal. Em 2018, a média de perda de água em Portugal continental situou-se nos …