Centenas de raparigas quenianas vão passar o Natal na escola para evitar excisão

Centenas de raparigas quenianas preparam-se para passar o Natal nas escolas, e não com as famílias, para evitar que os pais as sujeitem à mutilação genital feminina (MGF) durante as férias, noticia esta quarta-feira a BBC.

Embora ilegal desde 2011 e sujeita a pesadas multas, a mutilação genital feminina (MGF) continua uma prática comum em muitas partes do Quénia, onde uma em cada cinco mulheres entre os 15 e os 49 anos são excisadas, segundo os números do governo.

Das mulheres excisadas com 20 e poucos anos, um quarto disse ter sido sujeita à prática entre os cinco a os nove anos, o que demonstra uma tendência para que as meninas sejam excisadas cada vez mais cedo.

As férias de dezembro são tradicionalmente um período de ritos de iniciação no país, tanto para rapazes como para raparigas.

As escolas, que deveriam ter fechado há mais de um mês para férias, estão ainda abertas para proteger as raparigas, enquanto outras ficam em igrejas no condado de Pokot, no noroeste.

Uma aluna de 14 anos, Alice Jebet, disse à BBC que existem razões financeiras e culturais para muitos pais promoverem a excisão das suas filhas.

Os meus pais forçam-nos a fazer a MGF porque querem o dote. Quando as raparigas são excisadas, os pais já planearam casá-las com alguém. Quando terminam a iniciação, os pais apresentam-nas ao marido, cuja família lhe dá vacas como dote”, explicou.

Os diretores das escolas têm ordens para acomodar as meninas e para assegurar que elas vão à escola ao longo do ano, para prevenir que sejam casadas ou sujeitas à MGF em segredo.

Na Escola de Meninas Saint Catherine Chepnyal, as alunas têm participado numa campanha contra a prática, cantando canções e apelando aos pais que parem com a MGF e as deixem viver as suas vidas em liberdade.

Mary Jepkemoi, que entra no ensino secundário no próximo ano, diz que a maioria das colegas da sua idade que foram excisadas está hoje casada.

“Temos pena delas. Têm crianças, mas elas próprias são crianças. Quando lhes perguntamos porquê, elas respondem: ‘O que é que eu faço? Não há ninguém que me pague a escola’. Elas também precisam de ajuda. Se não fosse eu adorar estes seminários, eu também estaria em casa. Eu nunca serei sujeita à MGF”, afirmou.

As meninas que fugiram de casa estão a ser apoiadas por muitos membros da comunidade local, que apoiam a campanha anti-MGF.

Uma campanha de sensibilização também decorreu na escola secundária de rapazes de Sook, perto da escola de Mary Jepkemoi.

Raparigas, rapazes e mesmo alguns pais, juntaram-se e marcharam em solidariedade com as meninas que fugiram de casa.

A MGF – que tem consequências físicas, psicológicas e sexuais graves, podendo até causar a morte – afeta 200 milhões de mulheres e meninas em mais de 50 países, de origem (sobretudo africanos) e de acolhimento.

A prática mantém-se, mesmo quando é proibida, porque as famílias acreditam que a excisão é exigida pela religião ou que serão ostracizados pela comunidade se não a praticarem.

O comissário Brian Njeru, no condado de Pokot, admite que serão precisos anos para que a prática seja erradicada e teme que as meninas continuem a estar vulneráveis.

“É um assunto muito enraizado que levará muito tempo a desaparecer. Atualmente não há cerimónias elaboradas para celebrar as meninas que foram excisadas. É muito secreto e isso torna difícil deter as pessoas por detrás da prática“, disse Njeru, que transformou todas as escolas da sua divisão em centros de resgate.

Segundo o responsável, o número de meninas a inscrever-se na escola primária e secundária aumentou drasticamente desde que a MGF foi proibida, há cinco anos.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O papa Francisco, deveria abster-se de dizer, que permite o perdão ás mulheres que abortaram, pela simples razão, que nenhum padre, tem o poder de perdoar seja o que fôr, se a causa do perdão, não lhe disser directamente respeito. Ou seja, relacionado com algo que tivesse acontecido consigo mesmo. Cada um, pode e deve perdoar alguém, que considere te-lo ofendido.Tudo o resto é pura ilusão, que só serve como impedimento ao desenvolvimento pessoal.
    Não me agrada isto do Papa Francisco, que sabe que é assim, e não tem coragem para o dizer, enfrentando aquela casta de mortos vivos que o rodeiam.

RESPONDER

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …

Covid-19. Hospitais da região de Lisboa pedem camas uns aos outros

Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo continuam a bater à porta uns dos outros a pedir camas para internar doentes com covid-19. Segundo a edição desta quinta-feira do jornal Público, os …

Vinícius perto do Tottenham de Mourinho

O avançado brasileiro deverá ser confirmado como reforço do Tottenham ainda esta quinta-feira, saindo do Benfica por empréstimo e com opção de compra que ronda os 40 milhões de euros. De acordo com o jornal Record, …

Navalny acusa Putin de estar por trás do seu envenenamento

O líder da oposição russa, que já deixou o hospital alemão onde estava a ser tratado, acusou o Presidente do país de ser a pessoa responsável pelo seu envenenamento. "Afirmo que Vladimir Putin está por trás …

Vírus está fora de controlo no Reino Unido, admitem peritos britânicos

Os especialistas britânicos de saúde pública admitem que o país está a ir na direção errada, à medida que o número de internamentos escala. Esta quarta-feira, os especialistas de saúde pública do Reino Unido admitiram que …