CDS criticou Costa mas tem membros partidários com ligações a Vieira

Tiago Petinga / Lusa

O líder do CDS/PP, Francisco Rodrigues dos Santos

Embora Francisco Rodrigues dos Santos tenha criticado a presença de António Costa na comissão de honra de Luís Filipe Vieira, o próprio CDS também tem dois membros partidários com ligações ao presidente benfiquista.

Através das redes sociais, Francisco Rodrigues dos Santos criticou António Costa por integrar a comissão de honra da recandidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do SL Benfica. São exemplos como este que dão “oxigénio à fogueira que vai queimando a confiança no Estado de Direito Democrático”, escreveu o líder do CDS.

“Quando decidi candidatar-me à presidência do CDS PP, demiti-me de todas as funções que ocupava no meu clube”, lê-se na publicação.

Todavia, quando Francisco Rodrigues dos Santos era vogal da direção do Sporting CP, acumulava esse cargo com o de líder da Juventude Popular, de membro da comissão política do CDS e candidato a deputado.

“São precisamente os deveres éticos e morais, que encaro como tão ou mais relevantes do que a letra da lei, que devem orientar a decisão de não associação direta de um Primeiro Ministro — ou de qualquer outro político com papel de relevo na nossa democracia – a um presidente de um clube de futebol. Sobretudo, o presidente que apoia ficou a dever 225 M€, que foram pagos com o dinheiro de todos nós. Sem que isso motivasse qualquer auditoria para perceber porque é que a dívida não foi paga”, lê-se ainda.

O exemplo não é apenas a melhor forma de influenciar os outros. É a única. Quando decidi candidatar-me à presidência…

Publicado por Francisco Rodrigues Dos Santos em Terça-feira, 15 de setembro de 2020

O que ‘Chicão’ não considerou é que há também dois políticos dos democratas-cristãos com ligações ao presidente benfiquista. Telmo Correia, líder parlamentar do partido, também faz parte da comissão de honra. E Sílvio Cervan, vice-presidente do CDS, é também suplente de vice do emblema da Luz, escreve o Expresso.

“Se nessa comissão de honra estou eu e o António Costa, só demonstra que o António Costa tem razão: isto não tem nada a ver com política, porque se tivesse a ver com política era impensável eu e o António Costa, que nos conhecemos desde a faculdade e até antes disso, estarmos juntos”, disse Telmo Correia em sua defesa, em declarações à Antena 1.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. São governantes? Governam o País? É que o outro, quer eu tenha votado nele ou não, é o 1.º ministro do meu País. Não foi o próprio a afirmar que nem à mesa de um café o deixa de ser, ou só se aplicava aos ministros, especificamente, ao João Soares? Se alguém o encontrar à mesa de um café vai perguntar-lhe se está ali na qualidade de 1.º ministro ou de cidadão para saber como o deve tratar? Para saber se pode dizer “Porreiro, pá!” ou “Muito bem, Sr. Primeiro Ministro”?

  2. O CDS pode ter muitos membros com ligações a clubes de futebol, mas há uma coisa que ele não tem: Um Primeiro Ministro.
    O ACosta fez mal em aceitar esta situação, não por ser membro do PS, mas por ser Primeiro Ministro do Governo de Portugal. No caso do ACosta não se trata de promiscuidade entre Partido e Clube, mas entre Estado e Clube. E (até ver…) o Estado é um pouco mais importante que o Partido.

RESPONDER

Taiwan vende vacinas da AstraZeneca a 17 euros para evitar que expirem

Com lotes da vacina da AstraZeneca em risco de expirarem, devido a resistência à sua toma entre grupos prioritários, Taiwan começou esta segunda-feira a administrá-las a qualquer pessoa, por 17 euros. Horas depois de o sistema …

Mourinho: "Não preciso de fazer uma pausa, estou sempre no futebol"

O treinador português disse, esta segunda-feira, que "não necessita de fazer uma pausa", após deixar o comando técnico do Tottenham, e frisou estar "sempre no futebol". Embora não se tenha alongado muito, José Mourinho falou pela …

Regime sírio acusado de crimes contra a humanidade na Suécia

Quatro organizações não-governamentais apresentaram uma queixa junto da polícia da Suécia contra altos responsáveis do regime sírio por crimes contra a humanidade pelos ataques com armas químicas na Síria, em 2013 e 2017. A queixa foi …

Portugal, Lituânia e Malta são os únicos países da UE sem 5G

Portugal, Lituânia e Malta são os únicos países na União Europeia (UE) que ainda não têm qualquer oferta comercial de 5G, revelou o último relatório trimestral do Observatório Europeu do 5G, um organismo da Comissão …

Jair Bolsonaro diz que quem votar em Lula da Silva "merece sofrer"

No mês passado, o Supremo Tribunal Federal decidiu que Lula da Silva pode voltar a candidatar-se à presidência do Brasil e Jair Bolsonaro, o atual presidente do país, considera que quem votar em Lula "merece …

Covid-19. Plano Nacional inclui testes em centros comerciais ou empresas

O Plano Nacional para a Testagem Massiva prevê a realização generalizada de testes para deteção precoce do coronavírus, passando a estar disponível em centros comerciais, estações de transportes públicos ou empresas, e podendo pode ser …

Seul vai aceitar descarga de água radioativa de Fukushima (se o Japão cumprir certas condições)

A Coreia do Sul aceitará, caso sejam cumpridas algumas condições, o plano do Governo japonês para despejar gradualmente no mar águas tratadas, mas ainda radioativas, da central nuclear destruída de Fukushima, segundo o Governo sul-coreano. O …

CDS vai apresentar projeto sobre enriquecimento ilícito. PSD só apoia medida que seja "eficaz e constitucional"

O CDS-PP vai apresentar no Parlamento um projeto sobre o enriquecimento ilícito, anunciou o presidente do partido esta terça-feira, antecipando que a iniciativa se debruçará sobre o poder político, o poder judicial e o funcionamento …

Deputada Cristina Rodrigues propõe campanha contra pirataria de jornais

A deputada não inscrita Cristina Rodrigues recomendou, esta segunda-feira, ao Governo a divulgação de uma campanha nacional que promova o combate à pirataria de jornais e revistas e que aumente a fiscalização relativa ao crime …

Fuga a notificações judiciais deixa 15 mil pessoas à margem da lei

A Direção-Geral da Administração da Justiça (DGAJ) divulgou uma lista com 15.178 nomes de cidadãos e gerentes de empresas procurados por não prestarem contas dos crimes cometidos. Dessa lista, 7900 são homens, 1401 mulheres, 5665 pessoas …