Cavalos à solta provocam acidentes rodoviários em todo o país

Observe The Banana / Flickr

-

O acidente perto de Évora no dia de Natal, que causou quatro mortos e quatro feridos graves, foi o mais grave provocado por um cavalo em Portugal, mas por todo o país há registo de sinistros do mesmo género.

O oficial de relações públicas do Comando de Évora da GNR, Rogério Copeto, que está a compilar os acidentes provocados por animais no ano passado, na área desta força de segurança, revelou à agência Lusa que, até Outubro de 2013, ocorreram 1.700 sinistros em todo o país, dos quais cerca de 50 envolveram cavalos.

“O cão é o animal que provoca mais acidentes”, mas, normalmente, “os danos são apenas materiais”, enquanto uma colisão com um cavalo “é mais grave, devido ao porte” do animal, assinalou.

O responsável precisou que, entre Janeiro e Outubro de 2013, registaram-se nove acidentes com cavalos no distrito de Faro, oito em Braga e em Beja e sete em Setúbal, tendo resultado, dos cerca de 50 desastres com equídeos, quatro feridos ligeiros.

Nestas contas da GNR não entra o acidente perto de Évora, que aconteceu a 25 de Dezembro de 2013. A colisão, em que um automóvel ligeiro de passageiros embateu com um cavalo que atravessou a faixa de rodagem e, depois, com outro ligeiro que seguia em sentido contrário, ocorreu na zona de jurisdição da PSP.

Também no distrito de Évora, perto de Reguengos de Monsaraz, a GNR registou, em meados de Dezembro, outro acidente provocado por um grupo de cerca de 20 cavalos que andava à solta por “negligência do proprietário”, que resultou em danos materiais no automóvel.

Ainda esta sexta-feira, a Guarda identificou também 20 equídeos sem documentação e respectivo ‘microchip’, durante uma acção de fiscalização em Reguengos de Monsaraz, incorrendo os proprietários em coimas que variam entre os 250 e os 3.740 euros por cada animal.

Igualmente segundo a GNR, em Viana do Castelo, mas já contabilizados os dados de todo o ano passado, contabilizou-se nove acidentes provocados por cavalos, sobretudo garranos, uma raça típica da região, criada por norma em regime de semi-liberdade, cuja presença na estrada costuma surpreender os automobilistas.

“Muitas vezes não é possível identificar os seus proprietários, nomeadamente quando os animais não possuem marcas que permitam essa identificação”, disse à Lusa fonte do comando de Viana do Castelo da GNR.

Já este ano, no Algarve, a GNR registou o atropelamento de dois cavalos, tendo um deles sido trucidado por um comboio que fazia a ligação entre Faro e Olhão, enquanto o outro equídeo foi abalroado por um camião na mesma zona.

Noutro caso ocorrido na semana passada, militares da GNR retiraram 10 cavalos da Estrada Nacional 125, na zona de Faro e Olhão, adiantou à Lusa uma fonte do Comando de Faro desta força de segurança.

Várias famílias “utilizam os campos próximos da estrada ou da linha do comboio [linha do Algarve] para deixarem os animais a pastar”, mas, apesar de estarem presos, os cavalos rebentam as amarras e “vão para as vias, podendo provocar acidentes”, disse.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …