Para a bastonária dos enfermeiros, o causador da crispação foi António Costa

Tiago Petinga / Lusa

Ana Rita Cavaco, Bastonária da Ordem dos Enfermeiros

Ana Rita Cavaco garante que não quer que se instale o “descontrolo” nas relações entre os enfermeiros e o poder político e acusa António Costa de ter sido o “causador” da crispação verbal.

Em entrevista à TSF e ao Diário de Notícias, Ana Rita Cavaco garantiu que não quer se instale o “descontrolo” nas relações entre os enfermeiros e o poder político e acusou o primeiro-ministro de ter sido o “causador” da crispação verbal.

A bastonária dos enfermeiros reconhece que as suas declarações, “que nunca são agressivas, o incomodem mas, de facto, ele foi muito agressivo com a Ordem dos Enfermeiros e isso provocou naturalmente uma revolta”.

“Houve, de facto, alguns episódios de grande tensão entre mim e o anterior ministro Adalberto Campos Fernandes, mas isso nunca fez que ele deixasse de cumprir as suas funções como ministro ou eu as minhas como bastonária. Nunca deixámos de falar, pese embora publicamente houvesse às vezes algumas coisas menos boas entre os dois, mas ele nunca deixou de cumprir o seu papel junto da Ordem e a Ordem nunca deixou de cumprir o seu”, afirmou.

Referindo que “os sindicatos já se disponibilizaram para fazer algumas concessões” e defendendo que “o Governo também o deve fazer”, a bastonária não se mostra desagradada com a hipótese de o conflito instalado ser mediado por Marcelo Rebelo de Sousa: “é uma pessoa bastante acarinhada pelo povo e tem também essa função”.

Além disso, a bastonária garantiu na entrevista que “daquilo que nós sabemos até aqui, sem falar com os enfermeiros diretores, a informação que temos é que não houve” violações dos serviços mínimos.

“A Ordem tem obrigação de falar com quem está no terreno também e é isso que procuramos fazer. Quando vemos, ou através da comunicação social ou de algum responsável de outra instituição ou de outra entidade homóloga, que existiu esta violação e quando dizem onde foi, a nossa preocupação é falar com quem está lá todos os dias dentro dos blocos e perceber aquilo que se passou“, explicou, acrescentando que “isto não é um dérbi, não é um Benfica-Sporting”.

Durante a entrevista, Ana Rita Cavaco adiantou ainda que quem está a financiar a greve são “maioritariamente os enfermeiros que se quotizaram”. “As contribuições não vieram, como eu sei que não vieram, de grupos de interesses”, afirmou.

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros não excluiu a possibilidade de se divulgarem os nomes de quem financiou a greve, através da plataforma de crowdfunding, mas há que ter cuidado com a questão legal dessa divulgação.

“Acho que essa questão tem de ser respondida pela Comissão Nacional de Proteção de Dados -, hoje há um novo regime, uma nova lei de proteção de dados, e por muito que eles queiram revelar quem são os contribuidores ou a PPL o queira fazer, por que esses têm toda a informação, eu acho que tem que haver aqui uma pronúncia da Comissão Nacional de Proteção de Dados para ninguém cair numa ilegalidade”, afirmou.

Ana Rita Cavaco deixou ainda claro que não tem acesso aos dados de quem financiou a greve. “Não tenho nem quero ter.”

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. … esta Sra. Bastonária tem toda a razão. Os governantes se queriam paz e harmonia não semeavam ventos, com todas estas “bocas” agora colhem tempestades, para ficarem bem na fotografia que satisfaçam as exigências dos enfermeiros e não fica por aqui este assunto.

RESPONDER

Cientistas criam algoritmo para identificar covid-19 a partir do som da tosse

Investigadores de vários países criaram um algoritmo que afirmam poder identificar se uma pessoa tem covid-19 a partir do som da sua tosse. Cientistas do México, Estados Unidos, Espanha e Itália, liderados por uma equipa do …

Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só "âncora"

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado …

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …