/

Universidade Católica anuncia aprovação do curso de Medicina

Dgcampos / wikimedia

Universidade Católica Portuguesa

A Universidade Católica Portuguesa (UCP) anunciou, esta terça-feira, ter recebido luz verde da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) para o seu curso de Medicina.

No Twitter, a reitora da Universidade Católica Portuguesa, Isabel Capeloa Gil, anunciou que o “curso de Medicina da Universidade Católica acaba de ser acreditado pela A3ES”, considerando que este é “um grande dia para o Ensino Superior e para o sistema científico nacional”.

A Católica pode vir a ser, assim, a primeira Universidade privada em Portugal a ter um curso de Medicina.

Em dezembro do ano passado, a Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior tinha chumbado a abertura de um curso de Medicina da UCP, decidindo acatar os dois pareceres negativos que recebeu relativos ao pedido de acreditação.

Um dos pareceres foi da comissão de avaliação de peritos nomeada pela agência para analisar este processo e o outro pertencia à Ordem dos Médicos (OM), que já se tinha publicamente manifestado contra a proposta da Universidade, apontando-lhe insuficiências.

Na altura, a instituição privada apresentou recurso da decisão e entregou uma nova proposta.

Em julho de 2019, o primeiro-ministro, António Costa, criticou o exercício dos poderes regulatórios de algumas ordens profissionais, em especial a dos médicos, para restringir a concorrência e limitar o acesso à formação, tendo considerado que isso impedia a resposta às carências.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.