Castração química. Bloco de Esquerda é contra veto a projeto de lei do Chega (e explica porquê)

Tiago Petinga / Lusa

O deputado do partido Chega, André Ventura

A Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias considerou que o projeto de lei do Chega “não preenche os requisitos do ponto de vista constitucional”. O Bloco de Esquerda votou contra e explicou porquê.

O projeto de lei do Chega não vai ser discutido no plenário da Assembleia da República na próxima sexta-feira. Uma deliberação na Comissão Parlamentar dos Assuntos Constitucionais determinou que o diploma “não preenche os requisitos para subida ao plenário”. Ainda que a decisão final de agendamento tenha sido remetida para o presidente da AR, Eduardo Ferro Rodrigues, este retirou o debate do agendamento.

Em causa está o facto de o projeto de lei determinar a criação da pena acessória de castração química temporária para pessoas condenadas por abusos sexuais a menores, o que, alegadamente, fere a Constituição da República Portuguesa, no n.º 2 do artigo 25.º (“Direito à integridade pessoal”): “Ninguém pode ser submetido a tortura, nem a tratos ou penas cruéis, degradantes ou desumanos.”

Segundo o Diário de Notícias, a deliberação da Comissão Parlamentar foi aprovada com os votos a favor do PS, PCP e da deputada Joacine Katar Moreira, e com a abstenção do PSD e do PAN. Por sua vez, o Bloco de Esquerda, o CDS e o Chega votaram contra.

No Facebook, o líder parlamentar bloquista Pedro Filipe Soares justificou o voto contra. “Deve uma comissão parlamentar vetar projetos de lei e impedir a sua discussão e votação em plenário? Não deve. Uma comissão parlamentar não é a primeira instância do Tribunal Constitucional.”

“As comissões parlamentares são compostas por deputados e deputadas e reproduzem a representação partidária do plenário. Isto significa que, em situações de maioria absoluta, uma comissão parlamentar também tem uma maioria absoluta de membros eleitos pelo mesmo partido. Para garantir a liberdade de iniciativa, nenhuma maioria absoluta deve poder vetar iniciativas legislativas de outros partidos sob o argumento constitucional”, escreveu.

Uma Comissão Parlamentar deliberou hoje que um Projeto de Lei do CHEGA não será discutido em plenário. Apresento aqui as…

Publicado por Pedro Filipe Soares em Quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

“Nestas e noutras situações, era indicado que os projetos poderiam conter inconstitucionalidades mas cumpriam os preceitos regimentais, possibilitando o debate e a votação em plenário, ao qual se seguirá o processo de especialidade. A avaliação da conformidade constitucional é feita apenas no final do processo e pelo Tribunal Constitucional”, acrescentou o líder da bancada do BE.

Desta forma, o partido entende que chumbar o projeto de lei do Chega numa comissão parlamentar “é a forma errada de responder à iniciativa”. Para Pedro Filipe Soares, importa expor o projeto e discuti-lo, porque o que prevê “é uma aberração política que atenta contra a dignidade humana”, o que faz da proposta “um dos melhores exemplos da nulidade do contributo” do Chega.

Além disso, “este veto do projeto de lei facilita a vitimização de André Ventura e isso é um favor que lhe é feito”.

ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Constituição da República Portuguesa, no n.º 2 do artigo 25.º (“Direito à integridade pessoal”): “Ninguém pode ser submetido a tortura, nem a tratos ou penas cruéis, degradantes ou desumanos.”

    e o que provocaram as pessoas condenadas por abusos sexuais a menores e afins? tortura, maus tratos.
    secalhar então devam ser empaulados.

    • Subscrevo integralmente. Aparentemente, o BE acha que “Ninguém pode ser submetido a tortura, nem a tratos ou penas cruéis, degradantes ou desumanos.” E os abusados? Sofreram o que? Francamente.

  2. Castração não diria, mas cortar o “bicho” em fatias MUITO fininhas, e a uma pena bem longa (perpétua). Uma tirinha por dia….. 😐

  3. Provavelmente talvez haja pedófilos em cargos de chefia ou mesmo presidenciais que se tenham sentido ameaçados… castração sim, química não …

  4. Reitero na integra a posição do ALEXANDRE OLIVEIRA e acrescento: Se eu fosse pedófilo, imploraria que a lei fosse aprovada e aplicada, a começar por mim! Não conseguiria viver em paz com a minha consciência, sabendo que tinha molestado uma criança e que poderia vir a ser reincidente. Aceitaria de bom grado a castração. Há – estou seguro – muitos pedófilos que agradeceriam esta punição.

  5. AS pessoas que não concorda com André Ventura é têm medo porque alguns podem ser da mesma raça, eu sou a favor da castracção dado que tanto mal fazem esses abutres a crianças desde bébes e a outras crinaças que o trauma fica para toda a vida.
    Quem não concorda é porque está com medo de ficar sem o menino..
    MALDITOS ABUTRES E HIENAS, E ABERRAÇÃO DA NATUREZA…

  6. Haja alguém que pensa nas VITIMAS se faz favor, porque só vejo leis que se lembram e defendem os CRIMINOSOS, mas em defesa das VITIMAS … nada. Eu queria ver se fosse com os juristas, com familiares dos legisladores se não iriam pedir leis para elas. Falam que “o projeto lei determinar a criação da pena acessória de castração química temporária (deveria ser definitiva – amputação) fere a Constituição da República Portuguesa, no n.º 2 do artigo 25.º (“DIREITO Á INTEGRIDADE PESSOAL???”) SÓ TEM DIREITOS? E OBRIGAÇÕES de se portar bem e respeitar a referida INTEGRIDADE PESSOAL das vítimas??? onde está isso salvaguardado na CONSTITUIÇÂO??? As vítimas ficam marcadas para todo o resto das suas vidas, então porque não marcar o CRIMINOSO?
    JUSTIÇA!!! Só a Divina, bem dizem que a justiça é cega, e a favor dos criminosos, corruptos, etc.

    sexuais a menores, o que, alegadamente, : “Ninguém pode ser submetido a tortura, nem a tratos ou penas cruéis, degradantes ou desumanos.”

  7. Aberração política é o BE, toda a Esquerda no geral e alguma Direita e seus apoiantes que apoiam as politicas de morte!!! Alias é preciso ter gente e uma mente muito perversa para estarem mais preocupados com os agressores do que com as Vitimas dos mesmos e de arranjar uma forma desse malucos não voltarem a fazer o mesmo,,, aproveitem agora para chumbar reaccionária e anti-Democraticamente as propostas do CHEGA, que nas próximas eleições legislativas o vosso reinado já era, por isso vão mostrando a vossa “”Democracia”” ao povo!!!

RESPONDER

Miranda do Corvo decreta três dias de luto municipal por morte de bombeiro

A Câmara de Mirando do Corvo decretou três dias de luto municipal em memória do bombeiro da corporação de voluntários da vila José Augusto Dias Fernandes, que morreu no sábado, durante o combate a um …

Bill Gates pede que medicamento para a covid-19 vá para os mais necessitados (e não para o "maior apostador")

O co-fundador da Microsoft Bill Gates pediu esta semana que os medicamentos e uma eventual vacina que possa surgir para a covid-19 sejam disponibilizados para quem mais precisa, e não para o "maior apostador". Citado pela …

Dois (ou três) jogadores do Flamengo podem chegar ao Benfica à boleia de Jesus

Os jogadores do Flamengo Gerson e Bruno Henrique podem chegar ao Benfica à boleia de Jorge Jesus, que tem sido apontado à Luz para suceder a Bruno Lage. Apesar de já se ter noticiado a …

Ensino Superior tem 2.370 vagas para alunos do profissional

O próximo ano letivo terá 2.370 vagas no Ensino Superior direcionadas para alunos do ensino profissional, avança o jornal Público este sábado, detalhando que, ao todo, 456 licenciaturas. As vagas em causa fazem parte do …

Horta Osório não exclui regresso a Portugal (e trabalhar fora da banca)

António Horta Osório, que em breve vai deixar a presidência executiva do banco britânico Lloyds, não exclui um regresso a Portugal no seu futuro profissional. “O meu futuro profissional [pós-Lloyds] está totalmente em aberto e …

Parede de estação de comboio na Polónia escondia carta escrita por trabalhadores forçados da 2ª Guerra

Uma carta escrita por dois trabalhadores forçados durante a II Guerra Mundial foi encontrada dentro de uma garrafa escondida na estação de comboios de Nowe Skalmierzyce, um cidade na Polónia. A carta foi descoberta por trabalhadores durante …

No século XVIII, um em cada cinco londrinos tinha contraído sífilis até aos seus 35 anos

Há 250 anos, pelo menos um em cada cinco londrinos tinha contraído "a varíola" (sífilis), causada pela bactéria Treponema pallidum, até aos seus 35 anos. Este estudo, com base em registos de internação, relatórios de inspeção e …

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …