Ex-Presidente peruano Alan García suicida-se antes de ser detido

O ex-Presidente peruano Alan García suicidou-se esta quarta-feira em sua casa, em Lima, pouco antes de ser preso por alegados crimes de corrupção relacionados com o caso da construtora brasileira Odebrecht.

Fontes médicas citadas pela agência de notícias EFE disseram que o antigo Presidente deu entrada num hospital com uma ferida de arma de fogo no lado direito da cabeça.

Segundo a agência EFE, o ex-Presidente foi internado no hospital Casimiro Ulloa, em Lima, para onde foi levado pelos polícias que foram a sua casa para o prender. Testemunhas ouvidas pela televisão peruana indicaram que Garcia entrou naquela unidade de saúde coberto por uma manta vermelha. Pouco tempo mais tarde depois, o filho do ex-presidente entrou apressadamente no hospital.

O advogado de Alan García confirmou também que o ex-Presidente tentou suicidar-se quando ia ser detido, de acordo com a agência de notícias AP.

De acordo com o El Mundo, Alan García acabou por morrer. O ex-presidente ainda foi operado e reanimado depois de sofrer três paragens cardíacas. Contudo, García não resistiu aos ferimentos.

O suicídio ocorreu quando agentes da Divisão de Investigação Criminal de Alta Complexidade foram a casa de Alan García – sobre o qual pesa desde 2018 uma ordem judicial que o interdita de sair do país -, para o deterem a garantir o cumprimento de 10 dias de prisão preventiva, ordenada pelo poder judiciário.

Além de García, foi ordenada a prisão de Luis Nava e Miguel Atala, ambos colaboradores próximos do ex-Presidente e conhecidos como seus testas-de-ferro.

A situação jurídica García complicou-se depois de, no domingo, ter sido noticiado que a Odebrecht, no âmbito do acordo de cooperação que tem com o sistema judicial peruano, revelou que Luis Nava e o filho, José Antonio, receberam quatro milhões de dólares para ganhar o concurso de construção de uma linha do metro de Lima.

A Odebrecht está a ser investigada no Peru por ter pago subornos para ganhar contratos de obras de infraestrutura. Os casos de suborno da Odebrecht no Peru já levaram à prisão do ex-Presidente Pedro Pablo Kuczynski e da líder da oposição peruana, Keiko Fujimori, filha do ex-Presidente Alberto Fujimori.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Hospital Santa Maria abre inquérito a morte de Ruben Carvalho

A administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte decidiu abrir um processo de inquérito na sequência de notícias sobre eventual negligência hospitalar no internamento do histórico dirigente do PCP. Fonte oficial do Centro Hospitalar, que integra o …

Nós, Cidadãos! convida Aliança para coligação. Partido de Santana ainda está "a examinar"

O partido Nós, Cidadãos! desafiou a Aliança para uma coligação eleitoral “ao centro”, mas fonte oficial da força política liderada por Santana Lopes esclareceu que ainda está “a examinar”. O presidente do Nós, Cidadãos!, Mendo Castro Henriques, confirmou à …

Benfica desmente negociações com Atlético de Madrid por João Félix

O Benfica desmentiu, em nota divulgada esta segunda-feira, todas as notícias que dão conta de uma transferência iminente de João Félix para o Atlético de Madrid. João Félix tem feito capa em vários jornais espanhóis, que insistem …

Não havia tantos pré-avisos de greve desde o tempo da troika

Nas próximas semanas, são poucos os dias úteis que não têm pelo menos uma greve. Se o ritmo se mantiver, este será o ano da legislatura com mais pré-avisos. Dos hospitais aos tribunais, passando pelos transportes …

“Maré vermelha” interdita banhos em várias praias do Algarve

As praias entre a Ilha do Farol e Vilamoura, no Algarve, estão interditadas a banhos devido a uma concentração de uma alga marinha que pode ser perigosa para a saúde. As praias algarvias entre a Ilha …

Gulbenkian vende petrolífera Partex por 555 milhões de euros

A Fundação Gulbenkian assinou, esta segunda-feira, um acordo para a venda da Partex com a PTT Exploration and Production por 555 milhões de euros. Em comunicado hoje divulgado, a Fundação Gulbenkian informou que "a operação terá um …

Ex-diretor revela carta que desmente Berardo sobre créditos na CGD

O ex-diretor de grandes empresas da CGD afirmou que José Berardo enviou uma carta dirigida a Carlos Santos Ferreira, ex presidente do banco, a solicitar a abertura do crédito de 350 milhões de euros para …

Suecos burlaram multinacionais em 1,7 milhões de euros a partir de Setúbal

Um casal de suecos burlou várias empresas multinacionais com um esquema de roubo de emails praticado a partir de Setúbal. Estas empresas chegaram a transferir 1,7 milhões de euros até à detenção do casal. Michel M., …

Huawei admite quebra de receitas superior a 26 mil milhões de euros

O fundador da Huawei admitiu esta segunda-feira uma quebra de receitas em 30.000 milhões de dólares (26.760 milhões de euros), face à pressão de Washington, que acusa o grupo de telecomunicações de estar exposto à …

Relação agrava pena de subcomissário da PSP que agrediu adeptos do Benfica

O Tribunal da Relação de Guimarães agravou para três anos e meio a pena de prisão, suspensa na sua execução, de um subcomissário da PSP por agressão a dois adeptos do Benfica naquela cidade, em …