/

Casas impressas em 3D vão formar uma comunidade sustentável na Califórnia

A empresa Mighty Buildings está a criar uma nova comunidade habitacional na Califórnia, Estados Unidos, adotando uma abordagem pré-fabricada em que os painéis são impressos em 3D e enviados como kits para uma construção mais eficiente.

Com a ajuda da empresa Palari, a Mighty Buildings está a construir uma comunidade impressa em 3D, num terreno com dois hectares em Rancho Mirage, na Califórnia. O empreendimento de 15 milhões de dólares consistirá em 15 casas, que serão cobertas por painéis solares para formar uma comunidade de energia líquida zero.

De acordo com o NewAtlas, estas casas possuem três quartos, duas casas de banho, quintais e piscinas.

Os painéis solares podem ser complementados com baterias Tesla Powerwall opcionais e portas de carregamento de veículos elétricos. Além disso, há outros extras disponíveis, como banheiras de hidromassagem, fogueiras e chuveiros ao ar livre.

Algumas casas também têm configurações com uma residência secundária mais pequena na propriedade, adicionando mais dois quartos e uma casa de banho.

Várias comunidades em todo o mundo já foram construídas com impressão 3D, oferecendo soluções de habitação de baixo custo a pessoas na América Latina e no Texas.

Estas casas podem ser feitas de forma barata e eficiente, sendo que as impressoras 3D são usadas para extrudir uma argamassa de um bico, construindo as estruturas básicas da casa camada a camada. Os humanos apenas adicionam os retoques finais, como é o caso das janelas e portas.

Em vez disso, o Mighty Buildings imprime as peças em 3D para as suas casas nas suas instalações em Oakland. Segundo a empresa, estes painéis pré-fabricados, que combinam estruturas de aço com materiais de isolamento, barreiras de ar, humidade e fogo e acabamentos internos e externos, substituem até oito camadas de materiais de construção convencionais e eliminam 99% dos resíduos típicos.

Em seguida, são enviados como kits e montados no local, onde reduzem as horas de trabalho em 95%.

“Esta será a primeira atualização local da nossa visão para o futuro da habitação – capaz de ser implantada de forma rápida, acessível, sustentável e capaz de aumentar as comunidades vizinhas com uma dinâmica positiva”, disse Alexey Dubov, cofundador e COO da Mighty Buildings.

Com o local garantido, o desenvolvimento está em andamento. As casas estão disponíveis em pré-venda com preços a partir de 595 mil dólares para um modelo básico e até 950 mil dólares para a configuração com duas casas.

  Maria Campos, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE