Casal raptado no Afeganistão regressou com três filhos nascidos em cativeiro

(dr) Twitter

A norte-americana Caitlan Coleman e o marido canadiano Joshua Boyle com os três filhos

O casal, sequestrado em 2012 no Afeganistão pelos talibãs, já está novamente em território canadiano. Os filhos nasceram todos durante o cativeiro e o pai admitiu que os talibãs mataram um dos filhos e que também violaram a mulher.

Esta sexta-feira, dois oficiais da segurança paquistanesa confirmaram que a norte-americana Caitlan Coleman e o seu marido Joshua Boyle, natural do Canadá, bem como os seus três filhos, deixaram a cidade de Islamabad a bordo de um avião.

Na quinta-feira, o exército paquistanês anunciou a libertação desta família, referindo na mesma ocasião que a operação de resgate tinha sido possível por causa de informações fornecidas pelos serviços de inteligência norte-americanos.

A família foi resgatada quando estava a ser transportada pelos insurgentes para uma zona tribal no Paquistão (Kurram), perto da fronteira afegã. De acordo com responsáveis locais, o exército paquistanês atirou aos pneus do carro que transportava a família e os sequestradores conseguiram fugiram a pé.

O casal foi raptado pela rede Haqqani (grupo armado aliado dos talibãs e responsáveis por vários ataques contra as forças estrangeiras e locais no Afeganistão), em outubro de 2012, quando faziam uma viagem de mochila às costas que passou pela Rússia, Cazaquistão, Tadjiquistão, Quirguistão e que os levou ao território afegão. Caitlan estava grávida quando foi sequestrada.

Este sábado, a imprensa avança que o casal está de volta ao Canadá e agora só quer um sítio seguro ao qual os filhos sobreviventes possam chamar de casa. De acordo com a agência Reuters, agora são só três mas já foram quatro crianças. O pai contou que os talibãs mataram um dos filhos e que também violaram a sua mulher.

“A estupidez e a maldade da rede Haqqani no sequestro de um peregrino foram eclipsadas pela estupidez e maldade de mandarem matar a minha filha bebé”, disse Boyle, lendo uma declaração, no Aeroporto Internacional Pearson de Toronto.

“E a estupidez e maldade da posterior violação da minha mulher, que não foi uma ação isolada de um militar, mas sim por ordem e observada pelo capitão da guarda, e supervisionada pelo comandante”, descreveu ainda.

O casal e dois dos seus três filhos tinham surgido em dezembro de 2016 num vídeo divulgado pelos insurgentes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Revelada finalmente a identidade do homem que trabalhou 18 meses em 15 anos

Foi revelada a identidade do auxiliar médico que, entre baixas e férias, só trabalhou 18 meses em 15 anos. Chama-se Juan Carlos, tem 60 anos e fez culturismo. Na semana passada, a imprensa espanhola contou a …

Duterte quer ser morto a tiro caso se torne um ditador

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, pediu para os militares o matarem a tiro caso tencione violar a Constituição e resolva permanecer no cargo mais do que o seu mandato lhe permite. "Caso permaneça no poder …

"The Shape of Water" lidera corrida aos Óscares com 13 nomeações

O filme "The Shape of Water" lidera as nomeações da 90.ª edição dos Óscares, que serão entregues a 4 de março, em Los Angeles, incluindo as categorias de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz, …

Queda de helicóptero da TV Globo faz duas vítimas mortais

Um helicóptero da Rede Globo caiu, esta terça-feira, na Praia do Pina, no Recife, provocando duas vítimas mortais. Um helicóptero da TV Globo caiu esta terça-feira na praia do Pina, em Boa Viagem, na zona sul …

Tribunal de Beja pediu exame psiquiátrico a um morto

A Directora de Psiquiatria do Hospital de Beja nem queria acreditar quando recebeu do tribunal da cidade uma solicitação para realizar uma perícia médico-legal psiquiátrica a um morto. "Obviamente, não é possível", foi a resposta. Ana …

Erupção violenta no vulcão Mayon pode estar iminente. 40 mil pessoas procuram abrigo

O monte Mayon, o vulcão mais ativo das Filipinas, continuou esta terça-feira a emitir lava e cinzas, obrigando cerca de 40 mil habitantes a procurar abrigo em centros de evacuação. A lava foi projetada até 700 …

Polícia quer enviar cães pisteiros à Casa dos Horrores para procurar cadáveres

A polícia norte-americana quer enviar cães pisteiros nas novas buscas à casa do casal Turpin, acusado de ter mantido em cativeiro durante vários anos os seus 13 filhos, em Perris, na Califórnia, para procurar eventuais …

Portugueses fogem da Venezuela e refazem a vida em Madrid

Madrid é uma cidade de refúgio de muitos luso-venezuelanos, principalmente jovens da segunda e terceira geração de emigrantes portugueses, que falam melhor castelhano e que tiveram de sair da Venezuela. "Viemos para Madrid devido à situação …

Corrida para evitar a nova lei já esgotou os eucaliptos nos viveiros

A semente de eucalipto mais recomendada pelas celuloses, por crescer mais depressa, está esgotada nos viveiros devido à corrida dos proprietários que tentam fazer novas plantações antes da entrada em vigor da nova lei que …

"Tinham que meter Manuel Vicente no processo"

Orlando Figueira, o ex-procurador do Ministério Público (MP) acusado de ter recebido subornos de Manuel Vicente, o ex-vice-presidente de Angola, negou todas as acusações de que é alvo. Em tribunal, Figueira ilibou Manuel Vicente e …