Casal passou 20 anos a replantar uma floresta com 4 milhões de árvores

Sebastião Salgado regressou ao Brasil em 1994 após passar anos no exterior. Como fotógrafo, acabara de voltar de uma experiência angustiante, tendo documentado o genocídio de Ruanda.

Ao voltar, esperava encontrar conforto no paraíso das florestas tropicais que deixara para trás. No entanto, quando voltou a Minas Gerais, descobriu que a floresta que pertencia aos seus pais tinha secado completamente e morrido devido ao desmatamento e à exploração descontrolada dos seus recursos naturais, especialmente o minério de ferro.

Sebastião e a sua esposa adquiriram a terra e passaram os 20 anos seguintes a replantar toda a floresta. “A terra estava tão doente como eu – tudo foi destruído”, disse ao jornal The Guardian. “Apenas cerca de 0,5% da terra estava coberta de árvores. A minha esposa teve uma ideia fabulosa de replantar esta floresta. Quando começamos a fazê-lo, todos os insetos, pássaros e peixes voltaram e, graças ao aumento das árvores, eu também renasci – este foi o momento mais importante”.

O casal criou o Instituto Terra com o nobre objetivo de restaurar a propriedade de 6879 hectares ao seu estado natural. Criaram a organização e recrutaram parceiros e voluntários. Juntos, planearam plantar quatro milhões de árvores.

Cuidando das plantas, conseguiram restaurar a floresta, que floresceu nos 20 anos seguintes. Mas não foi fácil. A terra estava seca e as chuvas não voltaram até 1999. Primeiro, tiveram de restaurar o nitrogénio no solo, plantando leguminosas, antes que pudessem plantar as árvores. Mesmo assim, após o primeiro plantio, a maioria das plantas morreu no solo.

“Fizemos os buracos muito apertados”, disse Salgado ao Smithsonian. “Durante semanas estive doente – doente por ver este desastre.”

As plantações melhoraram e, no ano seguinte, perderam apenas 20% das plantas. Hoje, é apenas cerca de 10%. A floresta, agora restaurada e lar de todos os tipos de animais selvagens locais, incluindo cobras e pássaros, é uma reserva natural e sem fins lucrativos. O casal, agora, treina jovens ecologistas, que plantam e nutrem milhões de árvores no viveiro.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Normalmente as pessoas estão tão preocupadas com a sua vida, tal como animais, que esquecem que a espécie humana é a única capaz de atos destes, salvadores da Natureza e do planeta.

  2. È a prova de que afinal é possível fazer melhor e que ainda há esperança. Comprova o dito popular de que a “esperança é a última a morrer”.

RESPONDER

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …

Conquistas da seleção renderam 140 milhões em menos de 20 anos

As conquistas da seleção portuguesa renderam já mais de 140 milhões de euros à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em menos de 20 anos. Os números são avançados esta terça-feira pelo O Jogo, que dá …

Rosa Grilo acusa PJ de "agarrar em dois idiotas" para acusar de homicídio

A arguida acusou a Polícia Judiciária (PJ), esta terça-feira, de "agarrar em dois idiotas que estavam a jeito", em alusão a si e a António Joaquim, para os incriminar da morte do marido, reiterando que …

Aeroporto de Lisboa encerra de madrugada entre janeiro e junho

O Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai fechar para obras de alargamento da pista de janeiro a junho, entre as 23h30 e as 05h30 da manhã. De acordo com a TSF, o Aeroporto Humberto Delgado, em …