Casal passou 20 anos a replantar uma floresta com 4 milhões de árvores

Sebastião Salgado regressou ao Brasil em 1994 após passar anos no exterior. Como fotógrafo, acabara de voltar de uma experiência angustiante, tendo documentado o genocídio de Ruanda.

Ao voltar, esperava encontrar conforto no paraíso das florestas tropicais que deixara para trás. No entanto, quando voltou a Minas Gerais, descobriu que a floresta que pertencia aos seus pais tinha secado completamente e morrido devido ao desmatamento e à exploração descontrolada dos seus recursos naturais, especialmente o minério de ferro.

Sebastião e a sua esposa adquiriram a terra e passaram os 20 anos seguintes a replantar toda a floresta. “A terra estava tão doente como eu – tudo foi destruído”, disse ao jornal The Guardian. “Apenas cerca de 0,5% da terra estava coberta de árvores. A minha esposa teve uma ideia fabulosa de replantar esta floresta. Quando começamos a fazê-lo, todos os insetos, pássaros e peixes voltaram e, graças ao aumento das árvores, eu também renasci – este foi o momento mais importante”.

O casal criou o Instituto Terra com o nobre objetivo de restaurar a propriedade de 6879 hectares ao seu estado natural. Criaram a organização e recrutaram parceiros e voluntários. Juntos, planearam plantar quatro milhões de árvores.

Cuidando das plantas, conseguiram restaurar a floresta, que floresceu nos 20 anos seguintes. Mas não foi fácil. A terra estava seca e as chuvas não voltaram até 1999. Primeiro, tiveram de restaurar o nitrogénio no solo, plantando leguminosas, antes que pudessem plantar as árvores. Mesmo assim, após o primeiro plantio, a maioria das plantas morreu no solo.



“Fizemos os buracos muito apertados”, disse Salgado ao Smithsonian. “Durante semanas estive doente – doente por ver este desastre.”

As plantações melhoraram e, no ano seguinte, perderam apenas 20% das plantas. Hoje, é apenas cerca de 10%. A floresta, agora restaurada e lar de todos os tipos de animais selvagens locais, incluindo cobras e pássaros, é uma reserva natural e sem fins lucrativos. O casal, agora, treina jovens ecologistas, que plantam e nutrem milhões de árvores no viveiro.

ZAP // IFL Science

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Normalmente as pessoas estão tão preocupadas com a sua vida, tal como animais, que esquecem que a espécie humana é a única capaz de atos destes, salvadores da Natureza e do planeta.

  2. È a prova de que afinal é possível fazer melhor e que ainda há esperança. Comprova o dito popular de que a “esperança é a última a morrer”.

RESPONDER

ESA escolhe a revolucionária EnVision para missão a Vénus

A Agência Espacial Europeia ESA selecionou esta quinta-feira a sonda EnVision para uma missão a Vénus, programada para 2030, com o objetivo de entender como o planeta se tornou um inferno tóxico inabitável. A decisão surge …

Advogado avança com ação judicial para destituir Luís Filipe Vieira

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, vai ter de responder em tribunal numa ação judicial, interposta pelo advogado Jorge Mattamouros, sócio do clube, que visa a sua destituição, revelou esta quinta-feira o Expresso. Segundo o …

Dados enviados para a Rússia. Medina pediu auditoria a outras manifestações em Lisboa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, anunciou hoje que pediu uma auditoria sobre a realização de manifestações no município nos últimos anos, no seguimento da partilha indevida de dados de ativistas russos. Em …

Um McDonald's abandonado dá comida a milhares de famílias carenciadas em França

Um antigo McDonald's foi reconvertido num banco alimentar que dá comida a milhares de família carenciadas em Marselha, França. Fati Bouarua, de ascendência argelina, cresceu nos bairros mais negligenciados de Marselha, em França. Agora, ajudou a …

Floresta fóssil no Peru guarda segredos sobre a história da América do Sul

Nas colinas fora da pequena aldeia de Sexi, Peru, uma floresta fóssil guarda segredos sobre os últimos milhões de anos da América do Sul. Quando os investigadores visitaram as árvores petrificadas pela primeira vez, há mais …

Uma famosa ilusão pode ajudar a tratar o transtorno obsessivo-compulsivo

Um famoso truque psicológico chamada "ilusão da mão de borracha" pode ser útil para tratar pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo. O que é a "ilusão da mão de borracha"? Nesta experiência, os participantes são colocados com a …

Macron agredido com bofetada. Agressor condenado a 18 meses de prisão

Um tribunal francês condenou esta quinta-feira a uma pena de prisão de 18 meses de prisão o homem que esbofeteou o presidente da França, Emmanuel Macron, na terça-feira, durante uma viagem ao sudeste do país. Segundo …

A nova tendência em Nova Iorque? Mesas separadas para clientes vacinados

Muitos proprietários do setor da restauração estão a criar zonas especiais para pessoas que já foram vacinadas contra a covid-19. O motivo? Os clientes querem sentir que estão novamente a viver no mundo antes da …

Todos os dias, ao meio-dia, uma arma é disparada em Hong Kong

Todos os dias, ao meio-dia, uma grande arma antiga é disparada em Hong Kong. E não, não tem nada a ver com guerra, conflitos ou protestos. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, a Jardine Noonday …

Dados de manifestantes em Lisboa enviados para a Rússia. "É muito grave"

O secretário-geral do PCP afirmou hoje, em Santarém, que, a confirmar-se, "tem gravidade" o envio, pela Câmara de Lisboa, de informação à Rússia sobre cidadãos daquele país que organizaram uma manifestação na capital portuguesa. Fernando …