Casal passou 20 anos a replantar uma floresta com 4 milhões de árvores

Sebastião Salgado regressou ao Brasil em 1994 após passar anos no exterior. Como fotógrafo, acabara de voltar de uma experiência angustiante, tendo documentado o genocídio de Ruanda.

Ao voltar, esperava encontrar conforto no paraíso das florestas tropicais que deixara para trás. No entanto, quando voltou a Minas Gerais, descobriu que a floresta que pertencia aos seus pais tinha secado completamente e morrido devido ao desmatamento e à exploração descontrolada dos seus recursos naturais, especialmente o minério de ferro.

Sebastião e a sua esposa adquiriram a terra e passaram os 20 anos seguintes a replantar toda a floresta. “A terra estava tão doente como eu – tudo foi destruído”, disse ao jornal The Guardian. “Apenas cerca de 0,5% da terra estava coberta de árvores. A minha esposa teve uma ideia fabulosa de replantar esta floresta. Quando começamos a fazê-lo, todos os insetos, pássaros e peixes voltaram e, graças ao aumento das árvores, eu também renasci – este foi o momento mais importante”.

O casal criou o Instituto Terra com o nobre objetivo de restaurar a propriedade de 6879 hectares ao seu estado natural. Criaram a organização e recrutaram parceiros e voluntários. Juntos, planearam plantar quatro milhões de árvores.

Cuidando das plantas, conseguiram restaurar a floresta, que floresceu nos 20 anos seguintes. Mas não foi fácil. A terra estava seca e as chuvas não voltaram até 1999. Primeiro, tiveram de restaurar o nitrogénio no solo, plantando leguminosas, antes que pudessem plantar as árvores. Mesmo assim, após o primeiro plantio, a maioria das plantas morreu no solo.

“Fizemos os buracos muito apertados”, disse Salgado ao Smithsonian. “Durante semanas estive doente – doente por ver este desastre.”

As plantações melhoraram e, no ano seguinte, perderam apenas 20% das plantas. Hoje, é apenas cerca de 10%. A floresta, agora restaurada e lar de todos os tipos de animais selvagens locais, incluindo cobras e pássaros, é uma reserva natural e sem fins lucrativos. O casal, agora, treina jovens ecologistas, que plantam e nutrem milhões de árvores no viveiro.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Normalmente as pessoas estão tão preocupadas com a sua vida, tal como animais, que esquecem que a espécie humana é a única capaz de atos destes, salvadores da Natureza e do planeta.

  2. È a prova de que afinal é possível fazer melhor e que ainda há esperança. Comprova o dito popular de que a “esperança é a última a morrer”.

"A lei não pode exigir esse tipo de heroísmo". Presidente polaco recua na oposição ao aborto

O Presidente da Polónia defendeu esta quinta-feira que as próprias mulheres deveriam ter o direito de abortar em caso de fetos com problemas congénitos, rompendo com a liderança conservadora, que apoiou uma proibição que levou …

Advogados ligados à PLMJ contestam interesse público de revelações de Rui Pinto

A invocação de interesse público dos documentos e das informações expostas por Rui Pinto na Internet foi contestada, esta quarta-feira, por advogados ligados à sociedade PLMJ, na 18.ª sessão do julgamento do processo "Football Leaks". Na …

Microempresas do turismo do Norte com maior adesão a apoios

As microempresas de turismo do Norte foram as que mais dinheiro receberam da linha de apoio à tesouraria criada em resposta ao impacto da pandemia nesse setor, ficando com 29,3% (15,3 milhões de euros) do …

Migrantes marroquinos "desesperados e assustados" em greve de fome. Entre eles está uma mulher grávida

Seis dos migrantes marroquinos que chegaram ilegalmente em setembro estiveram em greve de fome, entre os quais uma grávida. Dizem não serem autorizados a falar com as famílias há mais de 40 dias. O protesto é …

TAP precisa de mais de 100 milhões por mês até final de 2020

O Plano de Tesouraria da TAP para 2020 revela que a empresa precisa, em média, mais de 100 milhões de euros por mês até ao final do ano para suprir as necessidades de liquidez. De acordo …

Fafe declara estado de emergência municipal devido à "rapidez" da propagação da covid-19

O concelho de Fafe está em estado de emergência municipal devido à “evolução grande” do número de infetados com o novo coronavírus e à “rapidez” da propagação, anunciou o presidente da Câmara. Em vídeo publicado nas …

Ameaça iminente. FBI alerta que hackers vão atacar sistema de saúde dos Estados Unidos

O Departamento Federal de Investigação (FBI) e duas agências federais anunciaram que cibercriminosos estão a desencadear um grande ataque de resgate contra o sistema de saúde dos Estados Unidos. Num alerta conjunto, o FBI e duas …

Multidão para ver ondas gigantes na Nazaré. Câmara corta acesso ao Farol

A Câmara e a Capitania da Nazaré decidiram cortar o acesso pedonal à estrada do Farol, para conter a excessiva concentração de público que assiste às ondas gigantes e garantir condições de segurança, informou o …

"Os números falam por si". Fauci critica reação dos Estados Unidos à pandemia e politização das máscaras

O principal epidemiologista norte-americano, Anthony Fauci, criticou a política errática do Governo do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em relação à covid-19, e lamentou o escasso uso de máscaras devido a motivações políticas. Durante uma …

Turistas podem circular entre concelhos apesar das restrições

Apenas os turistas estão autorizados a circular entre concelhos, apesar das restrições que vigoram entre 30 de outubro e 3 de novembro, indicou a AHRESP, citando um esclarecimento do Executivo. Segundo o esclarecimento enviado pelo gabinete …