Carta aberta pede fim de iniciativas que viram população contra profissionais de saúde

Rodrigo Antunes / Lusa

A carta, assinada por mais de 120 pessoas, apela ao reconhecimento dos direitos dos enfermeiros e defende uma discussão centrada no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Mais de 120 pessoas assinaram uma carta aberta que pede o reconhecimento dos direitos dos enfermeiros e defende uma discussão centrada no Serviço Nacional de Saúde (SNS), e não em iniciativas que viram a população contra os profissionais de saúde.

Na carta, a que a Lusa teve acesso e que é assinada por personalidades como a ex-ministra da Saúde Ana Jorge, o ex-diretor-geral da Saúde Constantino Sakellarides e o antigo presidente do Instituto Português do Sangue Álvaro Beleza, os subscritores defendem um Serviço Nacional de Saúde forte e soberano.

“O Serviço Nacional de Saúde é o garante do direito fundamental da proteção da saúde a todas as pessoas, sem exceção. O SNS deve ser forte e soberano, não funcionando em SOS, atirando para o privado os que têm capacidade de pagar, e do privado para o público quem deixa de ter essa capacidade”, escrevem.

Na missiva, que partiu de um grupo de profissionais, mas já foi assinada por mais de 120 pessoas, lembram que o SNS “existe para os cidadãos” e não conseguiria manter-se sem os seus profissionais, que o têm defendido “em todos os períodos difíceis que o país atravessou”.

“As profissões que suportam o SNS foram bastante fustigadas durante os anos da troika com a perda de rendimentos, com uma consequente debandada de profissionais para o estrangeiro e com uma excessiva carga de trabalho por falta de recursos”, recordam.

A carta aberta surge no dia em que deveria começar uma nova greve convocada pelo Sindicato Democrático dos Enfermeiros (Sindepor) – que foi suspensa até dia 4 — e defende que é preciso garantir a adequada valorização das competências destes profissionais, a carreira e as progressões, o tratamento igual entre profissionais com diferentes vínculos e a contratação de mais enfermeiros.

“Consideramos ser urgente encontrar soluções que garantam a correção de injustiças relativas e a prevenção de novas injustiças”, referem os subscritores.

Além disso, afirmam ser igualmente “imperativo ir ao encontro das necessidades dos cidadãos e do SNS”, recentrando a discussão, sem permitir que se perca em “questões estéreis” que “acentuam a clivagem entre profissões” ou em “iniciativas que viram a população contra os profissionais de saúde”.

Os signatários da carta – com o título “Construir mais SNS. Com todos e para todos” e que é subscrita também por personalidades da área da Cultura – dizem ainda que são defensores de “um SNS mais forte e com mais qualidade” e que veem com preocupação a instalação de “um clima que em nada beneficia o SNS, os profissionais ou os utentes”.

Na passada quinta-feira, o Governo aprovou em Conselho de Ministros a nova carreira de enfermagem, cuja negociação já levou à realização de duas greves prolongadas e centradas nos blocos operatórios. No mesmo dia, o Sindepor anunciou a suspensão dos primeiros dias da greve, que deveria ter começado hoje, por ter sido marcada nova reunião de negociação com a tutela para dia 4.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Adolescente italiana libertada depois de matar pai abusivo. Autoridades alegaram legítima defesa

Uma adolescente italiana que matou o seu pai abusivo foi libertada da prisão domiciliária que as autoridades lhe tinham imposto depois de os promotores considerarem que a jovem agiu em legítima defesa. De acordo com …

Asteróide gigante com lua própria vai passar muito próximo da Terra este sábado

Um asteróide com sua própria "lua" potencialmente perigoso passará este sábado no ponto mais próximo em relação ao nosso planeta pela primeira vez desde que foi descoberto em 1999. Segundo o portal Cnet, trata-se de um …

Adolescente encontra (por acaso) mandíbula de um mastodonte com 34 mil anos

Enquanto procurava relíquias do período neolítico, uma estudante fez uma descoberta surpreendente: encontrou uma mandíbula de um mastodonte com 34 mil anos. Uma adolescente do estado norte-americano de Iowa encontrou uma mandíbula de um mastodonte com …

Encontrado o navio que transportou os últimos escravos africanos para os EUA. Estava num rio

Afundado há 160 anos, um navio emergiu do fundo das águas de um rio do Alabama para contar a história dos últimos escravos africanos nos Estados Unidos. O Clotilda terá sido o último navio de sempre …

Banca. Aumento das comissões é "inevitável"

A diretora-geral da Associação Portuguesa de Bancos disse esta sexta-feira ser "inevitável" que se verifique um aumento do peso relativo das comissões no produto bancário, assinalando que o próprio Banco Central Europeu tem reconhecido …

Presidente do PSG indiciado por corrupção ativa

O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaïfi, foi indiciado por corrupção ativa num âmbito de um processo judicial que investiga suspeitas relativas à atribuição da organização dos Mundiais de Atletismo a Doha, no Qatar. De acordo com …

Incêndios: Governo decreta Situação de Alerta até 30 de maio

O território continental está desde as 20:00 desta sexta-feira e até às 23:59 de 30 de maio, quinta-feira, em Situação de Alerta, devido às previsões meteorológicas que “apontam para um significativo agravamento do risco de …

Vivia numa habitação social. De repente, herdou uma propriedade de 50 milhões

Um teste de ADN mudou a vida de Jordan Rogers para sempre. O britânico, de 31 anos, promete tentar ajudar outras pessoas que vivem na situação que ele próprio sentiu na pele. Jordan Rogers trabalhava como …

Terramoto no Bernabéu. Sergio Ramos pode estar de saída

Sergio Ramos, central e capitão do Real Madrid, pode estar prestes a abandonar emblema espanhol, avança a imprensa internacional esta sexta-feira. De acordo com a A Marca, na origem da eventual saída estará uma acesa discussão que …

Já há data para o lançamento do novo livro da saga A Guerra dos Tronos

A série terminou no passado fim-de-semana, mas o fenómeno de A Guerra dos Tronos continua a fervilhar. O autor da saga que inspirou a série, George R. R. Martin, revelou agora que o próximo livro …