Carta aberta defende legalização da canábis para fins medicinais

Uma carta aberta pede a legalização da canábis para fins medicinais. O documento já recolheu cerca de cem assinaturas, na sua maioria profissionais de saúde. O Parlamento vai discutir o tema esta quinta-feira.

A carta aberta em defesa da legalização da canábis para fins de medicinais conta com cerca de cem subscritores, praticamente todos ligados à área da saúde. No documento, a que a Lusa teve acesso e que foi divulgado pelo Público, os subscritores lembram os “inúmeros feitos medicinais” da planta.

“A investigação científica tem revelado dados consistentes sobre os efeitos benéficos desta planta no controlo da dor, na regulação do apetite, no controlo de sintomas associados a doenças neuromusculares, na diminuição dos efeitos secundários negativos que resultam de tratamentos oncológicos, entre muitas outras situações”, recordam.

Os signatários salientam ainda que a legalização permitiria o acesso em condições reguladas e com garantia de qualidade e segurança. “Por tudo isto, consideramos que a legalização da canábis para fins medicinais deve avançar rapidamente e tornar-se uma realidade em Portugal”, defendem.

Os subscritores, entre eles o médico João Semedo, o primeiro presidente do Infarmed, José Aranda da Silva, e o médico e presidente do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, Henrique Barros, recordam que muitos países já legalizaram a prescrição da canábis, como o Canadá, a Dinamarca a Argentina e o México.

“Nestes países, a canábis pode ser utilizada pelos médicos como uma ferramenta terapêutica eficaz e segura. Infelizmente, esta ainda não é uma realidade em Portugal”, afirmam numa carta aberta divulgada na semana em que a Assembleia da República vai debater projetos de lei do BE e do PAN sobre a matéria.

O médico oncologista Jorge Espírito Santo e o advogado e professor de psicologia criminal Carlos Poiares também fazem parte da lista de subscritores, além de diversos investigadores e utilizadores de canábis para fins terapêuticos.

Segundo o Público, Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, não quis comentar uma carta que não conhece, assim como os projetos de lei que vão a debate.

Ainda assim, lembrou que “a Ordem tem em estudo um parecer do conselho nacional da política do medicamento, que será votado pelo conselho nacional executivo, com as situações em que o uso de canábis medicinal pode ser benéfico e com evidência científica e que questões devem ser salvaguardadas”.

Esta é uma medida “baseada em evidência científica e na experiência internacional, que irá acrescentar uma opção importante ao arsenal terapêutico disponível para as situações em causa”, insistem os signatários, apelando aos partidos representados na Assembleia da República para que “tornem esta medida possível“.

A carta surge na mesma semana em que o Parlamento se prepara para debater, esta quinta-feira, dois projetos de lei e um projeto de resolução para a despenalização da canábis para fins medicinais.

O tema ganhou visibilidade quando, no final do ano passado, o BE deu a conhecer que ia avançar com um projeto de lei e promoveu uma audição pública sobre a legalização.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu defendo o uso medicinal e recreativo!!
    Com a legalização, o Estado da Califórnia estima receitas de 1,4 mil milhões de dólares só em 2018!!
    Uma receita que vai ajudar a equilibrar as contas públicas da Califórnia (que estão muito más) e também ajudaria as contas publicas portugueses – além de regular o mercado (que toda a gente sabe que existe)!!

RESPONDER

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …

Memória ou glorificação? Discurso escrito à mão por Hitler vendido na Alemanha por 34.000 euros

Um discurso que o ditador Adolf Hitler escreveu em 1939 foi vendido em leilão, na semana passada, na Alemanha, por 34.000 euros, noticia a agência noticiosa AP. De acordo com a revista norte-americana Vice, que cita …