/

Carro do ministro do Ambiente apanhado a 200 km/h

3

No passado dia 5 de julho, um carro que transportava o ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, foi apanhado a circular a 200 km/h na Autoestrada 2 (A2).

De acordo com o Jornal de Notícias, na segunda-feira da semana passada, Matos Fernandes marcou presença num evento para assinalar a reabilitação da Estação de Tratamento de Águas (ETA) do Roxo, em Aljustrel, e estaria a regressar a Lisboa quando o carro que o transportava foi apanhado a circular a 200 km/h.

As imagens, reveladas pela TVI, mostram o BMW Série 5 de 2021, conduzido pelo motorista do gabinete do ministro, a circular a cerca de 160 km/h na estrada nacional que dá acesso à A2, à saída de Beja, cujo limite máximo é de 90 km/h, por volta das 15h30.

Segundo o diário, trata-se de uma contraordenação grave, que pode implicar a perda de dois pontos na carta de condução e uma coima entre os 120 e os 600 euros.

Além disso, as filmagens mostram ainda o veículo já na A2 a acelerar dos 170 até aos 200 km/h, velocidade que mantém durante vários quilómetros — uma infração muito grave que prevê a perda da carta de condução por um período mínimo de dois meses e máximo de dois anos, a perda de quatro pontos da carta e uma coima entre os 300 e os 1500 euros.

Apesar de, quase uma hora depois o motorista ligar as luzes para assinalar marcha de urgência, até ao momento não parece haver qualquer justificação para o excesso de velocidade.

Há cerca de um mês, um homem morreu após ter sido atropelado pelo automóvel em que seguia o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, num acidente na autoestrada A6. No entanto, ainda não se sabe a que velocidade seguia o carro oficial.

  Sofia Teixeira Santos, ZAP //

3 Comments

  1. Estes tipos em vez de serem bons exemplos para uma nação, não… Fazem igual ou pior que o cidadão comum ainda e depois admiram-se de termos o país e a sociedade que temos…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.