/

Viatura onde seguia Eduardo Cabrita atropela uma pessoa na A6

António Cotrim / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Esta sexta-feira, um homem morreu após ter sido atropelado pelo automóvel em que seguia o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, num acidente na autoestrada A6.

Numa nota enviada às redações, o Ministério da Administração Interna adiantou que, esta sexta-feira, “no regresso de uma deslocação oficial a Portalegre, a viatura que transportava o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, sofreu um acidente de viação, do qual resultou a morte, por atropelamento, de um cidadão na autoestrada A6″.

“O acidente em causa foi participado pela Guarda Nacional Republicana (GNR) e será naturalmente investigado, de acordo com os procedimentos em vigor”, lê-se.

Ao que o Observador apurou, junto do Comando Territorial de Évora da GNR, a vítima mortal era um homem de 43 anos que procedia a trabalhos de manutenção na estrada.

O acidente aconteceu por volta das 13h00, ao quilómetro 77 da A6 (Azambuja), no sentido Estremoz-Lisboa. A GNR não avança com mais detalhes e refere que caberá ao Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV) apurar o que esteve na origem do acidente.

O mesmo comunicado acrescenta ainda que “o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, lamenta profundamente o sucedido e apresenta sentidas condolências à família enlutada”.

O governante deslocou-se, na manhã desta sexta-feira, ao Centro de Formação de Portalegre da GNR para presidir à Cerimónia do Juramento de Bandeira dos formandos do 43.º Curso de Formação de Guardas da GNR.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.