Confetis de papel e purpurinas biodegradáveis. Este ano, o Carnaval é amigo do ambiente

maique martens / Flickr

Um pouco por todo o país, as organizações dos corsos carnavalescos tentam reforçar a sustentabilidade ambiental dos eventos. Dos fatos aos confetis, também os foliões podem contribuir para um Carnaval mais amigo do ambiente.

Copos reutilizáveis é já uma das medidas adotadas pelas organizações dos corsos carnavalescos para reforçar a sustentabilidade ambiental dos eventos. Mas, numa altura em que o apelo ao consumo é grande, torna-se importante que as autarquias tomem medidas para transformar o Carnaval numa festividade amiga do ambiente.

No entanto, segundo o Diário de Notícias, a responsabilidade de fazer com que os festejos sejam mais sustentáveis está também nas mãos dos foliões.

Carmen Lima, coordenadora do Centro de Informação de Resíduos da Quercus, disse ao matutino que “esta é uma altura do ano em que há um pico de consumo. Há a aquisição de novos fatos, muitas vezes com preços competitivos, feitos em fibras sintéticas, geralmente em países onde não há controlo de aspetos ambientais”.

Sobre este assunto, a responsável lamenta ainda o facto de “nunca ter sido noticiado que há aproveitamento de fatos de uns anos para os outros nas grandes festas“. Desta forma, e para tornar o Carnaval mais sustentável este ano, Carmen Lima sugere que os foliões optem pela reutilização ou pelo aluguer dos fatos.

Confetis e serpentinas são outras das preocupações, uma vez que configuram uma grande fonte de lixo. Este problema agravou-se nos últimos anos com o aparecimento de confetis de plástico a preços acessíveis e, dado que são muito difíceis de apanhar do chão, “há o risco de contaminação do ambiente com produtos que não são biodegradáveis”.

Em alternativa, Carmen Lima destaca os confetis de papel. “É possível fazer confetis com as folhas das árvores que se apanham no chão, usando furadores. Desta forma, não têm um impacto negativo se forem libertados na rua. E não se gasta um recurso”, refere a engenheira do ambiente.

As purpurinas, como são plástico, são também uma ameaça para o ambiente. Regra geral, as purpurinas são feitas com pequenos pedaços de plástico (polietileno tereftalato) e alumínio – os chamados microplásticos.

“Normalmente, aplicam-se na pele. Deviam ser removidas com um material que as agarre e não através da lavagem. Quando a pessoa vai tomar banho, acabam por ir diretamente para o mar”, alerta Carmen Lima.

Mas há uma solução. Várias empresas têm vindo a desenvolver purpurinas e glitter biodegradáveis. No Brasil, por exemplo, as marcas Viva Purpurina Biodegradável e a Glitter Ecológico estão a comercializar produtos que garantem ser não tóxicos, ou seja, que não prejudicam os ecossistemas, avança o DN.

Autarquias conscientes

Nos últimos anos, várias autarquias anunciaram medidas com vista a reduzir o impacto ambiental dos seus eventos de Carnaval, uma consciência que tem vindo a aumentar à medida que o tempo passa a ameaça é maior.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Torres Vedras adiantou que irá manter o EcoCopo (copo reutilizável), um a medida já adotada em anos anteriores. Além disso, vai proibir a entrada e transação de garrafas de vidro e de plástico no evento.

Em Loulé, no Algarve, a organização do Carnaval informou que “uma das novidades passa pela utilização de copos de papel 100% biodegradáveis, reutilizáveis até quatro ou cinco vezes e compostáveis, que serão distribuídos pelos bares existentes no recinto”.

Já em Ovar, a autarquia anunciou que vai impor aos bares o uso de copos recicláveis, com um custo associado, o que permitirá reduzir a circulação desses recipientes em mais de 60%.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …

Sondagem: Livre caiu para metade, Montenegro lidera corrida ao PSD

O PS lidera as intenções de voto com 37,1% e um avanço de 10,2 pontos percentuais sobre o PSD numa sondagem em que o Livre surge com metade da votação alcançada nas legislativas em outubro. Num …

ONU chama a atenção para consumo de tramadol (erradamente considerado menos letal que fentanil)

A crise derivada do consumo excessivo de opóides e as mortes daí decorrentes já levaram empresas norte-americanas que os produzem a receber milhares de ações judiciais. Contudo, a Organização das Nações Unidas (ONU) chama a …

Mais de 50 jornalistas subscrevem abaixo-assinado em defesa de Maria Flor Pedroso

Mais de 50 jornalistas, entre os quais Adelino Gomes, Henrique Monteiro, Anabela Neves e Francisco Sena Santos, subscreveram esta sexta-feira um abaixo-assinado em defesa da jornalista Maria Flor Pedroso, diretora de informação da RTP. "Confrontados com …

O maior sítio arqueológico submerso do mundo mora no México (e está a surpreender os especialistas)

Uma equipa de especialistas está a explorar há cerca de quatro anos o Grande Aquífero Maia, localizado no México, e tem feito descobertas surpreendentes que vão desde numerosos sítios arqueológicos a vestígios de homens primitivos.  Durante …

Passes baixam para 70 e 80 euros para utentes da região Oeste

Os passes nos transportes públicos para Lisboa vão baixar para 70 euros para utentes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para 80 euros dos restantes concelhos da região. A …

Parar de comer quando se está cheio nem sempre é fácil (e há uma razão para isso)

Com alguns alimentos, parar de comer — mesmo quando se está cheio — nem sempre é fácil. Isto porque algumas destas comidas podem ter sido feitas de forma a que tal aconteça. Nenhum alimento é criado …

Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.   A descoberta foi feita como parte …

NASA apresenta "mapa do tesouro" para encontrar água em Marte

Uma equipa de cientistas da NASA elaborou um mapa da água congelada que existe em Marte e que se acredita estar a apenas 2,5 centímetros abaixo da superfície do Planeta Vermelho - isto é, à …

Já se sabe como é que planetas florescem a partir de pequenos pedaços de poeira

Uma equipa de investigadores validou uma teoria que pode explicar como é que os planetas crescem a partir de pequenos pedaços de poeira interestelar. O crescimento de um pequeno pedaço de poeira até um planeta inteiro …