Carlos Tavares sabia da crise no GES antes do aumento de capital

Manuel de Almeida / Lusa

Carlos Tavares já tinha conhecimento da desconformidade nas contas da Espírito Santo Internacional, a principal holding do GES, antes do aumento de capital do BES.

Em fevereiro de 2014, o então presidente da Comissão do Mercado de Valores Imobiliários (CMVM), Carlos Tavares, foi informado de que a Espírito Santo Internacional (ESI), a principal holding do Grupo Espírito Santo (GES), apresentava desconformidade nas suas contas. Isto numa altura em que o banco se preparava para um aumento de capital de mais de mil milhões de euros.

Assim, Carlos Tavares foi informado quatro meses antes da data em que disse aos deputados ter sabido da crise no GES, avança o Público.

No despacho de acusação no caso BES lê-se que, em fevereiro de 2014, Carlos Tavares esteve reunido com dois sócios da auditora KPMG, que o puseram a par da “situação da ESI, os ajustamentos identificados na sua situação patrimonial, a necessidade de constituição de provisão ao nível da Espírito Santo Financial Group (ESFG), o seu valor, e o mecanismo da garantia concedida pela ESFG”.

Além disso, o problema foi dado a conhecer ao Banco de Portugal no final de 2013. O BdP avançou com medidas para separar o GES do BES a 4 de fevereiro de 2014.

O Ministério Público conclui ainda que Ricardo Salgado ordenou a falsificação das contas da ESI, fazendo parecer que a holding era lucrativa, que permitiu à ESI continuar a financiar-se junto dos clientes BES. O Público escreve que, em setembro de 2013, a ESI tinha colocado 5,6 mil milhões de euros de dívida aos balcões do banco, embora não tivesse capacidade de a pagar.

A situação foi comunicada a Carlos Tavares a fevereiro de 2014, apesar de na comissão parlamentar de inquérito ao BES, em novembro do mesmo ano, o então presidente da CMVM ter dito que “desconhecia os factos”.

“Há uma carta que nós recebemos a 10 de Junho que é uma comunicação muito importante dos auditores” a revelar o “aumento da exposição do BES ao GES”, disse Carlos Tavares.

Carlos Tavares disse também que se tivesse conhecimento que haveria risco de crédito para o BES, então “não teria autorizado” o banco a realizar o aumento de capital em maio de 2014. Questionado sobre porque é que não suspendeu a operação de mercado, disse que “a CMVM não pode suspender emissões de capital”.

“Em resultado desta auditoria limitada, foram identificadas irregularidades materialmente relevantes nas demonstrações financeiras da ESI, pondo em causa a completude e veracidade dos seus registos contabilísticos, e que consistem, designadamente, na não preparação de contas consolidadas, não contabilização de passivos financeiros de elevada dimensão, sobrevalorização de ativos, não reconhecimento de provisões para riscos e contingências diversas, suporte inadequado de registos contabilísticos e transações cuja forma não corresponde à respetiva substância”, lê-se num comunicado da ESFG, em maio de 2014, via CMVM.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …