Há caranguejos mutantes e zangados a invadir a costa dos EUA (e são verdes)

(CC0/PD) David Reed / Pixabay

Carcinus maenas é uma espécie nativa da Europa

Uma espécie agressiva de caranguejo verde está a invadir as águas do estado norte-americano de Maine, deixando um rasto de destruição nos habitats e ecossistemas aquáticos.

Os caranguejos (Carcinus maenas) ameaçam várias espécies, como mexilhões azuis, moluscos de casca mole e os canteiros de eelgrass da costa rochosa de Maine.

Além dos estragos no ambiente, os crustáceos são ainda extremamente desagradáveis, tendo sido várias vezes apelidados de zangados ou até mesmo furiosos. Os investigadores que trabalham com a espécie explicam que os caranguejos ,em vez de se esconder face às ameaças, apressam-se a mostrar as suas pinças.



“Sempre que preparava para apanhar um caranguejo, estes tentavam atacar-me”, disse Louis Logan, da University of New England, em Maine, em declarações à Associated Press.

Markus Frederich, professor no mesmo estabelecimento de enino, acrescentou: “O que nós estamos a ver são níveis insanos de agressividade“.

Espécie invasora

Os caranguejos, que medem cerca de 13 centímetros de comprimento, pertencem a uma mesma espécie que vive há muito tempo nas águas de Maine. No entanto, nos últimos anos uma população geneticamente distinta desta espécie viajou desde o sul da Nova Escócia e do Canadá até Maine, aponta uma pesquisa liderada por Frederich.

De acordo com o Departamento de Recursos Marinhos de Maine, estes caranguejos não-nativos alimentam-se de animais marinhos que são importantes para a economia do estado – como mexilhões e moluscos. Além disso, os invasores destroem o habitat de algumas espécies de plantas nativas, como o eelgrass.

Os especialistas estimam que a espécie tenha chegado à América do Norte em 1800 através de água dos lastros de navios oriundos da Europa. Contudo, foi na última década que a população de caranguejos verdes explodiu em Maine, um fenómeno associado provavelmente ao aumento da temperatura dos oceanos. Um padrão semelhante a este ocorreu na década quente de 1950.

O Departamento de Recursos Marinhos está agora a tentar deter os danos causados, incentivando os municípios a capturar e a remover os caranguejos da zona. A iniciativa, que está a ser articulada com o Corpo de Engenheiros do Exército norte-americano, pretende instalar cercas, de forma a manter os caranguejos invasores longe dos leitos onde vivem outros crustáceos particularmente valiosos.

Em simultâneo, a equipa de investigação está a trabalhar para perceber por que motivo são os “recém-chegados” da Escócia tão mais agressivos do que os caranguejos verdes que já vivam em Maine. Os investigadores estão a tentar perceber de que forma a temperatura e a salinidade das águas altera os comportamentos desta espécie.

ZAP ZAP // LiveScience

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Em Portugal também havia uma espécie de presidente de clube, zangado e mutante, que invadia tudo e mais alguma coisa, e também era verde.

  2. Se fosse eu que lá vivesse, desde que fossem comestíveis e saborosos, controlava a população num instante…. ahahahahahahahahaha

  3. Penso que se enganaram na origem desses verdinhos…..cá para mim foram enviados por um tal ex presidente de um clube tuga, para eliminar a nova direcção desse mesmo clube, mas não se sabe porquê, foram parar aos EUA…..GPS avariados??? hahahaha…há que pôr o pessoal bem disposto.

  4. Bemmmm na Figueira da Foz de onde sou, existem aos milhares por todas as águas do Mondego (água doçe) e zonas envolventes e posso confirmar que são um grande petisco! Com umas Minis a acompanhar e esta uma festa orientada! Mas são realmente furiosos!

RESPONDER

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …

Salvini vai a julgamento em Itália por bloqueio de migrantes em navio

Matteo Salvini, líder do partido de extrema-direita italiano Liga, vai ser julgado por acusações de sequestro pela sua decisão de impedir o desembarque de 147 migrantes resgatados no Mediterrâneo pela Open Arms, em agosto de …