Há caranguejos mutantes e zangados a invadir a costa dos EUA (e são verdes)

(CC0/PD) David Reed / Pixabay

Carcinus maenas é uma espécie nativa da Europa

Uma espécie agressiva de caranguejo verde está a invadir as águas do estado norte-americano de Maine, deixando um rasto de destruição nos habitats e ecossistemas aquáticos.

Os caranguejos (Carcinus maenas) ameaçam várias espécies, como mexilhões azuis, moluscos de casca mole e os canteiros de eelgrass da costa rochosa de Maine.

Além dos estragos no ambiente, os crustáceos são ainda extremamente desagradáveis, tendo sido várias vezes apelidados de zangados ou até mesmo furiosos. Os investigadores que trabalham com a espécie explicam que os caranguejos ,em vez de se esconder face às ameaças, apressam-se a mostrar as suas pinças.

“Sempre que preparava para apanhar um caranguejo, estes tentavam atacar-me”, disse Louis Logan, da University of New England, em Maine, em declarações à Associated Press.

Markus Frederich, professor no mesmo estabelecimento de enino, acrescentou: “O que nós estamos a ver são níveis insanos de agressividade“.

Espécie invasora

Os caranguejos, que medem cerca de 13 centímetros de comprimento, pertencem a uma mesma espécie que vive há muito tempo nas águas de Maine. No entanto, nos últimos anos uma população geneticamente distinta desta espécie viajou desde o sul da Nova Escócia e do Canadá até Maine, aponta uma pesquisa liderada por Frederich.

De acordo com o Departamento de Recursos Marinhos de Maine, estes caranguejos não-nativos alimentam-se de animais marinhos que são importantes para a economia do estado – como mexilhões e moluscos. Além disso, os invasores destroem o habitat de algumas espécies de plantas nativas, como o eelgrass.

Os especialistas estimam que a espécie tenha chegado à América do Norte em 1800 através de água dos lastros de navios oriundos da Europa. Contudo, foi na última década que a população de caranguejos verdes explodiu em Maine, um fenómeno associado provavelmente ao aumento da temperatura dos oceanos. Um padrão semelhante a este ocorreu na década quente de 1950.

O Departamento de Recursos Marinhos está agora a tentar deter os danos causados, incentivando os municípios a capturar e a remover os caranguejos da zona. A iniciativa, que está a ser articulada com o Corpo de Engenheiros do Exército norte-americano, pretende instalar cercas, de forma a manter os caranguejos invasores longe dos leitos onde vivem outros crustáceos particularmente valiosos.

Em simultâneo, a equipa de investigação está a trabalhar para perceber por que motivo são os “recém-chegados” da Escócia tão mais agressivos do que os caranguejos verdes que já vivam em Maine. Os investigadores estão a tentar perceber de que forma a temperatura e a salinidade das águas altera os comportamentos desta espécie.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Em Portugal também havia uma espécie de presidente de clube, zangado e mutante, que invadia tudo e mais alguma coisa, e também era verde.

  2. Se fosse eu que lá vivesse, desde que fossem comestíveis e saborosos, controlava a população num instante…. ahahahahahahahahaha

  3. Penso que se enganaram na origem desses verdinhos…..cá para mim foram enviados por um tal ex presidente de um clube tuga, para eliminar a nova direcção desse mesmo clube, mas não se sabe porquê, foram parar aos EUA…..GPS avariados??? hahahaha…há que pôr o pessoal bem disposto.

  4. Bemmmm na Figueira da Foz de onde sou, existem aos milhares por todas as águas do Mondego (água doçe) e zonas envolventes e posso confirmar que são um grande petisco! Com umas Minis a acompanhar e esta uma festa orientada! Mas são realmente furiosos!

RESPONDER

Afinal comer um ovo por dia é mau outra vez

Afinal, comer um ovo por dia não é assim tão bom para a saúde como estudos recentes sugeriam. O maior consumo de ovos e colesterol pode aumentar o risco de doenças cardíacas e de morte …

Na Colômbia, há um "arco-íris líquido" que é descrito como a 8ª maravilha do mundo

Escondido nos confins da Serra da Macarena, na Colômbia, está o rio Caño Cristales. De dezembro a maio, o curso de água é como outro qualquer, apesar de estar rodeado de um dos ecossistemas mais …

Com uma nova interface neural, a telepatia já é possível

Uma equipa internacional de cientistas deu um passo adiante no desenvolvimento de interfaces neuronais para propor uma interface que envolve a transferência de informação entre as pessoas diretamente. As interfaces cérebro-computador podem melhorar as habilidades individuais …

Bombeiros profissionais ameaçam deixar de prestar serviço voluntário nas corporações

Os bombeiros voluntários das associações humanitárias admitem deixar de prestar serviço voluntário nas corporações, caso a Liga dos Bombeiros Portugueses continue por concluir o acordo coletivo de trabalho, que está em negociação há mais de …

Baleia encontrada morta nas Filipinas com 40 quilos de plástico no estômago

Uma baleia foi encontrada morta na sexta-feira, na costa sudeste das Filipinas, com 40 quilos de plástico no estômago, informou a imprensa local. O cetáceo, uma baleia-bicuda-de-cuvier, apareceu na sexta-feira à beira-mar no município de Mabini, …

Macron convoca reforços após novos confrontos de coletes amarelos

A nova manifestação de "coletes amarelos", no sábado, registou distúrbios violentos na capital francesa. Como resposta, o presidente francês Emmanuel Macron convocou um reforço das forças de segurança. O dia de sábado marcou mais um protesto …

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …