Os caranguejos eremitas estão a enfrentar uma crise habitacional inesperada

A população de caranguejos eremitas cresceu tanto, no sul da Tailândia, que estes crustáceos não encontram conchas para morar. Alguns chegaram mesmo a “mudar-se” para pedaços de lixo.

Com o aparecimento da pandemia da covid-19, a Tailândia viu os números de turistas reduzirem significativamente, o que, por sua vez, fez com que a população de caranguejos eremitas no sul do país explodisse.

Mas agora são tantos, conta a agência France-Presse (AFP), citada pelo site Science Alert, que o Mu Koh Lanta National Park está a apelar aos locais para doarem conchas para que estes crustáceos tenham um sítio onde morar (geralmente, vivem dentro das conchas descartadas por outros animais).

“A razão pela qual precisamos de conchas é o aumento do número de caranguejos eremitas. Penso que são dezenas de milhares“, disse o diretor do parque, Veerasak Srisatjung, à agência francesa.

A situação é tão inesperada que alguns caranguejos ‘mudaram-se’ para pedaços de lixo como, por exemplo, latas, garrafas de vidro ou tampas.

Com o apelo feito à população tailandesa, estima-se que, até agora, já tenham sido conseguidos 200 quilos de conchas. E, segundo a AFP, quem quiser poderá voluntariar-se para ajudar a distribuir as conchas num evento especial a 5 de dezembro, dia em que se celebra o Dia dos Pais na Tailândia.

A chegada do novo coronavírus trouxe alterações na vida animal. Em junho, a mesma agência também tinha noticiado que, com a falta das bananas tradicionalmente oferecidas pelos turistas, os macacos de Lopburi tornaram-se violentos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PAN rejeita "via verde" para o Governo (e admite travar próximo Orçamento "se necessário")

O PAN não pretende oferecer “uma via verde para o Governo fazer o que bem entender” e admite mesmo travar o Orçamento de Estado "se for necessário". As palavras são da presidente do Grupo Parlamentar do …

Bloco quer administração da RTP nomeada pela Assembleia da República

O Bloco de Esquerda fez várias propostas à revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão. Do lado dos trabalhadores da RTP, a proposta foi arrasada. O Governo colocou em consulta pública, …

Decisão da insolvência da Groundforce pode demorar dois meses. Salários de maio em risco

Os salários de maio de 2400 trabalhadores da Groundforce devem ser pagos dentro de duas semanas, mas é grande a probabilidade de que isso não aconteça, à semelhança do que ocorreu em fevereiro, elevando as …

Pedro Nuno Santos garante que investimento público em redes de nova geração vai avançar

Pedro Nuno Santos garantiu, na quinta-feira, que o “investimento público” em redes de comunicações eletrónicas “vai avançar”, de forma a levar conectividade às regiões do país onde as redes das operadoras privadas não chegam. O ministro …

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …