Líder da IL diz que candidatura de Moedas “não vai ter força” para mudar a Câmara de Lisboa

António Cotrim / Lusa

João Cotrim de Figueiredo, Iniciativa Liberal

O presidente da Iniciativa Liberal considerou, este domingo, que a candidatura do ex-comissário europeu, que tem o apoio formal do PSD e CDS, “não vai ter força” para mudar a Câmara de Lisboa.

Em declarações ao jornal Público, João Cotrim de Figueiredo assumiu que o objetivo do partido em Lisboa não é só “tirar Fernando Medina”, mas também “mudar o sistema por dentro” e, para isso, o líder da IL acredita que a candidatura de Carlos Moedas “não vai ter força”.

“Não tenho motivos para acreditar que não fosse possível obter um programa bastante mais liberal para Lisboa do que com Fernando Medina – mesmo integrando uma outra frente eleitoral – mas a forma de o fazer, ligado aos aparelhos dos partidos, dos interesses dos partidos, a forma como as pessoas são nomeadas para determinados cargos, isso percebi que esta candidatura não vai ter força para alterar a forma como funciona a Câmara de Lisboa”, explicou.

“Melhorar a Câmara, tirando de lá Fernando Medina pode ser uma coisa boa, conseguir que algumas das políticas sejam diferentes pode ser uma coisa boa, mas não chega se o sistema continuar a funcionar da mesma maneira”, considerou.

Questionado se isso poderia mudar com a entrada da IL na candidatura de Moedas, apoiada por PSD e CDS-PP, Cotrim de Figueiredo disse que o partido não tem “massa crítica para mudar a Câmara de Lisboa”.

No sábado passado, o fundador da Iniciativa Liberal, Bruno Horta Soares, foi apresentado como o novo candidato escolhido pela estrutura local dos liberais para encabeçar a lista à capital, substituindo Miguel Quintas, que saiu da corrida autárquica por “motivos pessoais”.

O deputado liberal admitiu que este é um “óbvio risco eleitoral”, uma vez que o fundador da IL é desconhecido do grande eleitorado, mas Cotrim de Figueiredo acredita que os liberais poderão, mesmo assim, “roubar mais votos a Fernando Medina” com uma candidatura própria do que integrada numa “frente”.

IL aprova coligações na Covilhã, Matosinhos e Olhão

A Iniciativa Liberal aprovou, este sábado, a participação do partido em coligações autárquicas na Covilhã, em Matosinhos e em Olhão e candidaturas próprias em municípios como Lisboa, Braga, Setúbal, Viana do Castelo ou Almada.

O comunicado divulgado no final do 14.º Conselho Nacional não faz referência à Câmara do Porto, depois de, na semana passada, em declarações à agência Lusa, Cotrim de Figueiredo ter assumido que esta é uma das “exceções previsíveis à regra” das candidaturas próprias nas autárquicas e revelado que tem havido contactos com o movimento de Rui Moreira.

Na reunião deste sábado, que decorreu em formato digital, o partido aprovou integrar uma coligação na Covilhã com PSD e CDS-PP, encabeçada por um independente, depois de os dois partidos terem divulgado que o candidato à Câmara será o presidente da Federação de Desportos de Inverno, Pedro Farromba, enquanto o ex-secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, será candidato à Assembleia Municipal da Covilhã.

Em Olhão, o partido decidiu integrar uma coligação com o CDS-PP, PPM e MPT, para apoiar um candidato independente. A IL irá ainda dinamizar uma coligação com o partido Aliança em Matosinhos, com um cabeça de lista independente, cujo nome não é divulgado no comunicado.

“A Iniciativa Liberal aponta neste momento para alcançar presença num total de 50 candidaturas em municípios que representarão no território nacional mais de 60% da população”, refere o partido.

Quanto a candidaturas próprias, o Conselho Nacional da IL formalizou e aprovou candidaturas próprias, listas e programas em Cascais, liderada pelo engenheiro Miguel Barros, e em Setúbal, mas sem divulgar o nome do candidato, que será um independente, segundo fonte do partido.

No comunicado, refere-se ainda que existem “algumas candidaturas em desenvolvimento”, tendo sido confirmada a intenção de avançar com listas próprias da IL em Almada, Braga, Felgueiras, Lisboa, Montijo, Oeiras, Viana do Castelo à Câmara e Assembleia Municipais (e várias freguesias), e em Portimão à Assembleia Municipal.

Na Região Autónoma da Madeira, a IL confirmou candidaturas autárquicas no Funchal, Ponta do Sol e Santa Cruz, com o partido a remeter a divulgação dos nomes para os núcleos territoriais.

O partido fez ainda um balanço das eleições Presidenciais, que contou com a participação do candidato Tiago Mayan Gonçalves, tendo sido “unânime o reconhecimento da Iniciativa Liberal pela coragem, trabalho e prestação” na representação dos valores liberais.

Foi aprovada, com uma abstenção, uma moção de “agradecimento e reconhecimento a Tiago Mayan Gonçalves pelo esforço, empenho e coragem demonstrados na sua candidatura à Presidência da República, contribuindo assim para uma maior divulgação dos ideais liberais em Portugal, com uma abstenção”.

O comunicado refere ainda que os conselheiros nacionais da IL debateram a questão do novo aeroporto de Lisboa, referindo que se tratou de um “debate rico” e que continuará a ser “aprofundado” pelas estruturas do partido.

“A defesa do dinheiro dos contribuintes, a boa gestão de investimentos públicos, o respeito por contratos assumidos e a possibilidade da respetiva renegociação, os impactos na coesão territorial, com foco na descentralização, e temas de segurança e ambientais, foram aspetos cuja salvaguarda as soluções técnicas e operacionais deverão assegurar”, refere a IL.

Os conselheiros elegeram Mariana Leitão como a nova presidente do Conselho Nacional da IL, substituindo no cargo Nuno Santos Fernandes, que o ocupava desde a função do partido.

O partido aprovou ainda as suas contas de 2020 e o Orçamento para o ano atual, que foi apresentado “com o objetivo de habilitar o partido para continuar a crescer, com a frugalidade, a imaginação e a eficácia já demonstradas pela Iniciativa Liberal”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Quem vai ter força é este artista que escolhe um candidato que deixou de ser 3 dias depois! Agora tenta arranjar justificativas para a burrice que fez!
    Há cada cromo!

RESPONDER

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …

"Nunca se pode tirar Messi" (mas há um gesto que pode explicar a sua substituição)

A substituição de Messi, e a forma como reagiu, no jogo entre o Paris Saint-Germain e o Lyon da Liga francesa, continua a dar que falar. E agora avança-se a possibilidade de o craque argentino …

Médicos querem que norma de isolamento tenha em conta a atual taxa de vacinação

Com o regresso às aulas, médicos de saúde pública defendem a revisão da norma referente ao isolamento de contactos de risco, para que esta tenha em consideração a elevada taxa de vacinação. O ano letivo arrancou …

Com Moedas como alvo e Temido como "guardiã", Medina prometeu um novo futuro para Lisboa

O candidato da coligação PS/Livre à presidência da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, acusou a direita de ambicionar nas autárquicas de domingo “a segunda volta do jogo que perdeu na disputa do poder legislativo”. Fernando Medina …

Descoberto sistema de esgotos intacto construído por romanos há 2.000 anos

Uma equipa de arqueólogos turcos encontrou um sistema de esgotos perfeitamente intacto na antiga cidade de Tripolo no Meandro. A infraestrutura foi construída por romanos. A antiga cidade de Tripoli no Meandro — também conhecida por …

De calculadora em riste, PSD faz contas para evitar um resultado "igual, pior ou muito pouquinho melhor" nas autárquicas

PSD tenta recuperar de duas eleições autárquicas menos conseguidas, agarrando-se aos municípios em que a obra feita pelos autarcas do PS não recebe nota positiva de forma unânime da população ou onde haverá uma transição …

Um Barcelona "de juniores" quebrou um recorde (mas quase perdia em casa)

Domingos Duarte marcou cedo e Granada esteve a ganhar em Camp Nou até perto dos 90 minutos. Equipa muito jovem do Barcelona mas mais uma exibição modesta. Quinta jornada da Liga espanhola de futebol, mais uma …

Galp recusou proposta para salvar empregos em Matosinhos (mas é Costa quem está "no olho do furacão")

O Governo tentou evitar o despedimento colectivo na refinaria da Galp em Matosinhos, desafiando a empresa a pagar uma formação feita "à medida" dos trabalhadores abrangidos. Mas a Galp recusou. Pelo meio, António Costa também …

Análise de ADN revela que japoneses modernos são descendentes de três povos diferentes

O território que hoje dá lugar ao Japão está ocupado desde o período do Paleolítico Superior. Até agora pensava-se que a ancestralidade genética japonesa era dupla, mas uma nova pesquisa vem trazer novos detalhes.  Um novo …