Miguel Barros é o candidato da Iniciativa Liberal à Câmara de Cascais

(dr) Iniciativa Liberal

Miguel Barros, o candidato da Iniciativa Liberal à Câmara de Cascais

O engenheiro, de 52 anos, é o candidato escolhido pelo Núcleo Territorial de Cascais da Iniciativa Liberal (IL) para concorrer à presidência do município, do distrito de Lisboa, nas próximas eleições autárquicas.

Em comunicado, a estrutura concelhia de Cascais do IL ressalva que os nomes indicados ainda serão sujeitos a aprovação pelo Conselho Nacional do partido, a realizar no sábado.

Além de Miguel Barros, que é proposto como cabeça de lista, é indicada também a gestora Joana Matias, de 43 anos, como número dois.

“Temos de trazer Cascais para o século XXI. É tempo de acabar com problemas que se arrastam há décadas. É fundamental pensar a gestão autárquica de forma diferente. Queremos que Cascais seja um concelho de oportunidades para todos, sem exceções“, afirma o engenheiro, citado na nota.

O candidato promete ainda “maior justiça fiscal” para as famílias e as empresas, a “eliminação da burocracia” e o “fim de gastos desnecessários”, cita o semanário Expresso, assim como uma maior aposta no ambiente e na mobilidade sustentável.

Miguel Barros, de 52 anos, é residente no concelho de Cascais, onde passou toda a sua infância e completou o ensino secundário. É licenciado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior Técnico e possui experiência profissional no setor financeiro em Portugal e no estrangeiro.

A nível político, é membro do Conselho Nacional da IL e do grupo de coordenação local de Cascais.

Por seu turno, Joana Matias é formada em Marketing e Publicidade e “participante ativa em várias ações de voluntariado dedicadas a causas cívicas com residentes carenciados e idosos em Cascais”.

De acordo com o mesmo semanário, é CEO em Portugal de uma multinacional e já desempenhou vários cargos de gestão de projetos e departamentos em companhias de grande consumo.

O atual Executivo de Cascais, presidido pelo social-democrata Carlos Carreiras, é formado por cinco vereadores (mais o presidente) da coligação Viva Cascais (PSD/CDS-PP), quatro do PS e um da CDU.

  ZAP // Lusa

 

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE