Portugal e Canadá vão assinar acordo para mobilidade de jovens

cor-photos / Flickr

José Luís Carneiro, secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

Os Governos português e canadiano vão assinar um acordo sobre mobilidade para estudos e trabalho de jovens entre os 18 e os 25 anos.

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, falava à Lusa antes de o primeiro-ministro participar numa receção no Centro Português Recreativo Lusitânia, em Otava, primeiro ponto da visita oficial de quatro dias de António Costa ao Canadá.

Na quarta-feira, o grupo parlamentar do PSD apresentou um requerimento no qual se exige ao Governo que resolva várias questões da comunidade portuguesa no Canadá, desde a existência de um elevado número de cidadãos indocumentados, até a questões de atrasos no relacionamento com os serviços de Segurança Social.

José Luís Carneiro defendeu que todas as questões levantadas pelos sociais-democratas “têm sido objeto de tratamento sistemático” por parte do atual Governo e salientou que esta visita ao Canadá do primeiro-ministro permitirá “dar um passo significativo ao nível da mobilidade de cidadãos”, sobretudo dos mais jovens.

“No que respeita à Segurança Social, a questão terá uma evolução com uma declaração comum dos governos de Portugal e do Canadá”, adiantou o secretário de Estado, que também referiu que este tipo de problemas de morosidade “já existia com o Executivo anterior”. “É um problema que os deputados do PSD conhecem há vários anos”, completou.

Quanto ao assunto relativo aos cidadãos indocumentados, José Luís Carneiro considerou “incompreensível que o PSD “levante este tema de grande sensibilidade”. “Temos mantido um diálogo permanente com o poder legislativo e com o ministro da emigração canadiano. É uma questão complexa – e o PSD sabe isso perfeitamente. Já há medidas de flexibilização para a sua regularização”, disse o membro do Governo.

O secretário de Estado das Comunidades também recusou a crítica do PSD sobre uma alegada degradação dos serviços consulares portugueses em Toronto, onde reside o maior número de portugueses (um total de 450 mil no Canadá).

“Os serviços consulares de Toronto têm sido reforçados. Não se pode falar em degradação”, contrapôs José Luís Carneiro, antes de acrescentar que, durante a visita do primeiro-ministro, serão também adotadas medidas para o reforço do ensino da língua portuguesa.

Visita oficial de quatro dias

Além de Otava, António Costa estará também em Toronto e Montreal, num programa em que será acompanhado em várias ocasiões pelo primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, que se assume como adversário do protecionismo económico e defensor do multilateralismo político no sistema de relações internacionais.

Com o líder do Executivo português viajam também o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, os secretários de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, e da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, bem como o presidente da AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal), Luís Castro Henriques.

Num país que é considerado a décima economia mundial e em que residem cerca de 450 mil portugueses e lusodescendentes, na sua maioria de origem açoriana, o primeiro-ministro também convidou o presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, para integrar a sua comitiva oficial.

Também o antigo comissário europeu e ministro socialista António Vitorino, que é candidato ao cargo de diretor geral da Organização Internacional para as Migrações, acompanha António Costa nesta visita oficial.

Os encontros institucionais com o primeiro-ministro canadiano e com outras autoridades políticas deste país acontecerão esta quinta-feira, dia em que ao fim da tarde António Costa também visitará, em Kingston, a fábrica da empresa agroalimentar portuguesa Frulact, que abriu no ano passado e que produz iogurtes para o mercado canadiano.

Em Toronto, na sexta-feira, o primeiro-ministro terá sobretudo uma agenda económica, e em Montreal, no sábado, o dia vai ser dedicado à língua, ao ensino e à arquitetura portuguesa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo vira-se para Rio para mudar a Lei e garantir o novo aeroporto

O Governo está a preparar uma alteração à Lei para evitar que o projecto do novo aeroporto do Montijo seja chumbado. Uma medida que passará, necessariamente, pela necessidade de um entendimento entre PS e PSD …

"Entretenimento saudável". Santa Casa desvaloriza estudo sobre raspadinhas

O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desvalorizou a investigação da Universidade do Minho que aponta para o vício das raspadinhas. Esta sexta-feira, um artigo científico publicado na The Lancet alertou para …

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …

CM Lisboa vai negociar avenças em parques para moradores da envolvente da Baixa

O presidente da Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que a autarquia irá tentar acordar com os operadores dos parques de estacionamento da envolvente da Zona de Emissões Reduzidas da Baixa-Chiado a criação de "avenças …