Campanha lança balões com leds para convencer os jovens emigrantes a regressarem

Balões

Uma campanha que visa fazer regressar os jovens que deixaram Portugal, em busca de melhores condições profissionais no estrangeiro, arranca, nesta segunda-feira, no Porto, com o lançamento de centenas de balões com leds.

Uma “forma simbólica” de “levar uma mensagem a cada um dos jovens que está fora de Portugal”, conforme constata o presidente da Fundação AEP, Paulo Nunes de Almeida, em declarações à TSF.

A campanha “Empreender 2020 – Regresso de uma Geração Preparada”, lançada pela Fundação da Associação Empresarial de Portugal, visa “ajudar a criar condições para o regresso dos jovens que abandonaram o país à procura de emprego e promover o empreendedorismo”, destaca Paulo Nunes de Almeida.

Este elemento lembra na TSF que “mais de 43 mil jovens saem do país”, todos os anos, dos quais “26 mil são licenciados”. “Segundo dados da OCDE, cada jovem licenciado custa 100 mil euros ao país“, aponta ainda o presidente da Fundação AEP.

“Muitos destes jovens são altamente qualificados, criaram redes de conhecimentos e querendo regressar podem ser uma mais-valia para o país“, destaca, concluindo que é preciso “saber quem são, o que fazem” e depois, “desenvolver um modelo para os acolher e criar condições para que possam regressar”.

Mas, antes disso, a campanha arranca com o “lançamento de centenas de balões verdes e brancos, iluminados com leds“, atesta a TSF, num evento marcado para esta segunda-feira, às 18:30 horas, junto à Reitoria da Universidade do Porto.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Esta iniciativa roça a ridículo.
    Então agora querem que estes jovens qualificados regressem ao país e venham alavancar a economia nacional, a troco de fabulosos ordenados de … 530 euros?
    Benza-os Deus com a graça deste bem-aventurada geringonça!

  2. Esta iniciativa roça o ridículo.
    Então agora querem que estes jovens qualificados regressem ao país e venham alavancar a economia nacional, a troco de fabulosos ordenados de … 530 euros?
    Benza-os Deus com a graça deste bem-aventurada geringonça!

  3. Ingenuidade e Ignorância.
    Ingenuidade porquanto a evolução das condições económicas internas reais não permitem valorizar os muitos que tiveram que ir para fora procurar um futuro que aqui não tinham.
    Ignorância com a parolice da medida folclórica programada. As largadas de balões, ademais incorporando “led’s” têm um impacto ambiental perverso. São materiais de longo, muito longo, prazo de degradação com um real impacto ambiental negativo, além do fabrico industrial do próprio gás para enchimento dos balões !
    Uma entidade com a responsabilidade social da AEP não deveria embarcar com uma acção deste tipo. Não seria tão chamativo, mas aplicar o dinheiro deitado fora com o lançamento de balões poluentes com uma acção de limpeza de resíduos seria duplamente mais eficaz.

    • E o pior nem são os LEDs, o pior são as pilhas porque em cada balão vai uma pilha tipo botão. Essa prática é crime ambiental. Se querem ver luzinhas no céu… olhem para as estrelas!!!!

  4. Rídiculo! Os jovens seguiram a sugestão/convite (porque no emigras?) dito por alguém ‘cá do burgo’… e agora voltam porquê e para quê?

  5. E vim para Alemanha para ter um trabalho melhor pago e para dar melhores condições à minha família (saúde, educação, segurança). Só volto para Portugal quando me reformar, e mesmo assim não sei. Por outro lado nem me considero 100% emigrante porque Portugal já não é um país, é apenas um estado membro dum novo país chamado CEE, e continuo a viver no meu país que é a CEE.

  6. Com tanto estrangeiro que entrou no ultimo ano,que o governo chama de turistas,(porque chegam do Brasil e de outros países com esse visto)não acredito que tenhamos espaço para os que saíram regressarem.Se o governo fosse gente séria por cada português que regresse a casa ,expulsava-se 2 ilegais.Onde já se viu os meus filhos saírem de casa e depois deixar entrar estranhos e ainda lhes dar comida ,subsidos,saúde,etc?!Só neste país governado por fantoches…!!!

RESPONDER

O Bosão de Higgs foi apanhado a fazer algo inesperado

Uma equipa de cientistas do Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN) observou o Bosão de Higgs, a fazer algo inesperado: à medida que caía, esta parecia decompor-se numa combinação inesperada de partículas. De acordo com …

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …