Campanha antidroga nas Filipinas já fez 1.900 mortos em menos de dois meses

Ryan Lim / Wikimedia

O novo presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

O novo presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

A polícia das Filipinas defendeu a controversa campanha contra a droga impulsionada pelo novo Presidente do país, Rodrigo Duterte, e alvo de críticas de organizações como a ONU, que causou, desde 1 de julho, 1.900 mortos.

O chefe da polícia filipina, Ronald de la Rosa, disse no âmbito de uma comissão de investigação do Senado que 756 das mortes ocorreram durante operações policiais devido à resistência das vítimas em serem detidas.

De la Rosa atribuiu a autoria das restantes mortes a “grupos de vigilantes“, sem, no entanto, os identificar.

O chefe da polícia revelou também que mais de 670 mil pessoas se entregaram às autoridades e que mais de 11 mil foram detidas devido a casos de droga, naquela que foi a sua segunda comparência diante da referida comissão parlamentar transmitida pelas televisões locais.

De la Rosa assinalou que o número de pessoas que se entregaram por sua livre iniciativa demonstra a força de uma campanha que, a seu ver, tem contribuído para “uma descida significativa” do número total de crimes.

“A campanha revela a magnitude do problema, persuade personalidades do mundo da droga a entregarem-se e intensifica a ação policial com o resultado de uma redução do crime”, afirmou o chefe da polícia.

O mesmo responsável garantiu ainda que as operações contam com “o reconhecimento e o apoio” dos cidadãos, e acrescentou que a campanha favorece a “limpeza interna” na polícia, com aproximadamente 70 agentes identificados pela sua implicação com o narcotráfico.

“A polícia é mais agressiva na luta contra a droga agora com um Presidente que dá o seu apoio à campanha”, disse De la Rosa, negando ter ordens diretas para disparar a matar.

A comissão, em que familiares de vítimas também prestam declarações, é presidida pela senadora Leila de Lima, a qual denunciou que a campanha se tornou “numa desculpa para agentes e outros elementos cometerem assassínios com impunidade“.

Duterte, que tomou posse a 30 de junho, declarou guerra aberta contra a droga, tendo recebido inúmeras críticas de organizações como a ONU, tanto pelo elevado número de mortos como pelo que consideram violações de direitos e liberdades fundamentais.

Apesar da violenta campanha, Duterte mantém a sua popularidade, que se situa em 91% nas sondagens, a pontuação mais elevada granjeada por um chefe de Estado filipino.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

"Toupeira" do InSight termina a sua viagem em Marte

A sonda de calor desenvolvida e construída pelo Centro Aeroespacial Alemão (DLR) e implantada em Marte pelo lander InSight da NASA terminou a sua parte da missão. Desde 28 de fevereiro de 2019 que a …

Após injetar chá de cogumelos, homem começou a desenvolver fungo no sangue

Um homem preparou um chá de "cogumelos mágicos" e decidiu injetá-lo no corpo. Vários dias depois, acabou nas urgências devido ao crescimento de um fungo na sua circulação sanguínea. De acordo com o Live Science, o …

Ministro da Economia testa positivo ao novo coronavírus

O ministro da Economia e do Estado, Pedro Siza Vieira, testou positivo ao novo coronavírus que causa a covid-19, anunciou o ministério que tutela.  Em comunicado citado pelo jornal digital Observador, o ministério da Economia refere …

"Reis do esperma". Homens vendem e doam espermatozóides nas redes sociais (e a procura é surreal)

São muitos os norte-americanos que têm vendido ou doado o seu esperma nas redes sociais. A procura pelo material tem sido cada vez maior, e os bancos não estão a dar conta desta nova realidade, …

Sporting 2-1 FC Porto | Jovane Cabral entra para virar resultado e levar Sporting à final

O suplente Jovane Cabral ‘bisou’ esta terça-feira na vitória do Sporting frente ao FC Porto, por 2-1, em Leiria, consumando a reviravolta no clássico das meias-finais da Taça da Liga de futebol, depois de Marega …

Entrevista: "Amigos meus falam em dar um tiro na cabeça. Eu espero não fechar, mas..."

As novas medidas de confinamento estão quase a entrar em vigor e vão afetar muito a restauração. Contactámos o proprietário de um dos cafés mais conhecidos no Porto. 38 anos depois de ter começado a …

Escutas, cartas e chantagens. Como o FBI tentou minar reputação de Martin Luther King

Desde a Marcha sobre Washington por Trabalho e Liberdade em 1963 até aos seu assassinato em 1968, o FBI lançou-se numa intensa campanha para desacreditar Martin Luther King Jr., de acordo com o novo documentário …

Costa anunciou campanha de testes rápidos já esta quarta-feira. Escolas dizem nada saber

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta terça-feira, no Parlamento, que arrancará esta quarta-feira uma campanha de testes rápidos nas escolas, mas as instituições de ensino dizem nada saber sobre a iniciativa. O líder do Executivo …

Tando: O drone projetado para ser um segurança voador

Drones voadores já são usados para patrulhar áreas externas, mas não ambientes internos onde o GPS não funciona. Isto pode estar prestes a mudar com o lançamento do sistema Tando. Desenvolvido pela startup israelita Indoor Robotics, …

Jorge Jesus com sintomas de covid-19

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, também está a apresentar sintomas da covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus. A notícia foi avançada pelo desportivo O Jogo, que dá conta que em causa está uma …