Execuções estão a aumentar na campanha antidroga nas Filipinas

Keith Bacongco / VisualHunt

O novo presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

O novo presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

As Nações Unidas denunciaram esta quinta-feira o “preocupante” aumento de execuções de alegados traficantes e toxicodependentes nas Filipinas, numa campanha que já causou centenas de mortos desde maio passado.

Segundo uma contagem da emissora ABS-CBN, 810 pessoas morreram desde 10 de maio, um dia depois das eleições gerais, no âmbito da guerra contra as drogas iniciada pelo novo Presidente do país, Rodrigo Duterte.

No dia em que tomou posse no cargo, a 30 de junho, Duterte desafiou os filipinos a matarem os toxicodependentes. “Se sabem de algum viciado, vão em frente e matem-no vocês mesmos, já que ter os seus pais a fazê-lo seria muito doloroso”, afirmou na altura.

Das 810 pessoas assassinadas desde então, 496 morreram em operações policiais e 240 foram executadas por homens armados não identificados. Foram ainda encontrados outros 74 cadáveres com letreiros que os acusavam de serem traficantes.

O diretor executivo da agência da ONU contra a Droga e o Crime (UNODC), Yury Fedotov, condenou “o aparente apoio às execuções extrajudiciais” que estão a ocorrer no país.

Fedotov classificou como uma “violação de direitos e liberdades fundamentais” a campanha contra a droga de Duterte, que na campanha eleitoral prometeu matar milhares de delinquentes e toxicodependentes para acabar com a criminalidade no país nos primeiros seis meses de mandato.

“Este tipo de respostas são contrárias às disposições das convenções internacionais de controlo de drogas, não servem para trazer justiça e não ajudam a assegurar que toda a gente viva com saúde, paz e dignidade, segurança e prosperidade”, acrescentou Fedotov.

O representante da UNODC afirmou que a organização está preparada para ajudar as Filipinas a “levar à justiça traficantes de droga com as garantias legais que estão em linha com as normas e padrões internacionais”.

Apesar das críticas de vários organismos internacionais, Duterte garantiu em julho que não vai ceder no empenho de matar todos os envolvidos no narcotráfico.

Nessa mesma intervenção, sobre o estado da Nação, acrescentou que já tinham sido detidas mais de 3.600 pessoas relacionadas com as drogas e que 120 mil toxicodependentes se tinham entregado às autoridades.

O novo Presidente, empossado a 30 de junho, goza de grande popularidade nas Filipinas e as mais recentes sondagens indicam que 91% dos entrevistados confiam em Duterte, a percentagem mais elevada obtida por chefe de Estado do país.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois, isto porque as pessoas de bem estão fartas do crime e da impunidade e parasitismo dos criminosos. Melhor que morram 1.000.000 de criminosos e 1 inocente, do que morram 1000 inocentes por actos criminosos e nenhum criminoso pague com a vida.
    De qualquer meio vai haver sempre inocentes mortos quer seja por alguém que se aproveite da “onda de limpeza” pra praticar alguma vingança e rotular a vítima de traficante ou tóxico-dependente ou qualquer outro motivo.
    Agora se não se fizer nada para erradicar/minimizar os criminosos, e dissuadir a população da vida do crime, os inocentes vão pagar maioritariamente com a vida e com impostos eternamente!
    É simples, que se escolha o mal menor para os inocentes e o bem maior para a população em geral e que se pare com a hipocrisia dos “direitos humanos”, direitos humanos deve defender quem é oprimido, subjugado pelos bandidos e criminosos e as famílias das vítimas, não deve defender o criminoso, o bandido o opressor, o assassino, direitos humanos pra quem respeita os direitos humanos. Quem pensa o contrário ou é hipócrita, ou burro, ou estupidamente ingénuo! Não quer morrer, simples que trabalhe e seja honesto, quanta gente não tem trabalho e chegou no ponto de pedir esmola, “ahh não é digno e não quero chegar nesse ponto por isso roubo (mas não comida, telemóveis, carros, motos, etc etc)”, se calhar é mais digno, mais fácil, melhor e mais humano matar e levar famílias ao desespero quando perdem um ente querido.

    DEIXEM DE SER HIPÓCRITAS!

  2. Eu faço minhas as suas palavras.

    IPSIS VERBIS

    “Pois, isto porque as pessoas de bem estão fartas do crime e da impunidade e parasitismo dos criminosos. Melhor que morram 1.000.000 de criminosos e 1 inocente, do que morram 1000 inocentes por actos criminosos e nenhum criminoso pague com a vida.
    De qualquer meio vai haver sempre inocentes mortos quer seja por alguém que se aproveite da “onda de limpeza” pra praticar alguma vingança e rotular a vítima de traficante ou tóxico-dependente ou qualquer outro motivo.
    Agora se não se fizer nada para erradicar/minimizar os criminosos, e dissuadir a população da vida do crime, os inocentes vão pagar maioritariamente com a vida e com impostos eternamente!
    É simples, que se escolha o mal menor para os inocentes e o bem maior para a população em geral e que se pare com a hipocrisia dos “direitos humanos”, direitos humanos deve defender quem é oprimido, subjugado pelos bandidos e criminosos e as famílias das vítimas, não deve defender o criminoso, o bandido o opressor, o assassino, direitos humanos pra quem respeita os direitos humanos. Quem pensa o contrário ou é hipócrita, ou burro, ou estupidamente ingénuo! Não quer morrer, simples que trabalhe e seja honesto, quanta gente não tem trabalho e chegou no ponto de pedir esmola, “ahh não é digno e não quero chegar nesse ponto por isso roubo (mas não comida, telemóveis, carros, motos, etc etc)”, se calhar é mais digno, mais fácil, melhor e mais humano matar e levar famílias ao desespero quando perdem um ente querido.

    DEIXEM DE SER HIPÓCRITAS!”

RESPONDER

Vírus da China faz nona vítima mortal. Já há casos em Macau e nos Estados Unidos

O número de mortes causadas por um novo tipo de pneumonia na China subiu esta quarta-feira para nove, com a morte de mais três pacientes, enquanto o número total de infetados é já superior a …

A cura para todos os tipos de cancro pode estar no nosso sistema imunitário

Em laboratório, uma equipa de cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, conseguiu usar células do nosso próprio corpo para matar células cancerígenas. O nosso sistema imunitário é a defesa natural do nosso organismo contra …

Foi um asteróide (e nada mais do que um asteróide) que dizimou os dinossauros

Uma equipa internacional de cientistas acaba de reafirmar que foi um asteróide - e nada mais do que este corpo rochoso - que dizimou os dinossauros da face da Terra há cerca de 66 milhões …

Descoberta classe de objetos bizarros perto do enorme buraco negro da Via Láctea

Astrónomos da Iniciativa Órbitas do Centro Galáctico da UCLA (Universidade da Califórnia) descobriram uma nova classe de objetos bizarros no centro da Via Láctea, não muito longe do buraco negro supermassivo chamado Sagitário A*. "Estes objetos …

David Lynch lança curta-metragem no Netflix em dia de aniversário

O realizador norte-americano lançou no Netflix, esta segunda-feira, uma curta-metragem de 17 minutos. David Lynch lançou, esta segunda-feira, no dia do seu 74.º aniversário, uma curta-metragem de 17 minutos no Netflix, escreve o jornal Público. "What Did …

Dois homens confessam ter roubado (e depois devolvido) quadro de Klimt

A dupla de assaltantes disse que tinha roubado a pintura, em fevereiro de 1997, e que a devolveu "como um presente para a cidade". Dois homens confessaram ter roubado, e logo depois devolvido, a pintura de …

Ozzy Osbourne revela que tem Parkinson

O músico britânico, de 71 anos, revelou, esta terça-feira, que foi diagnosticado com a doença de Parkinson. De acordo com o The Guardian, Ozzy Osbourne fez esta revelação durante uma entrevista no programa Good Morning America, …

Jorja Smith regressa ao NOS Alive em 2020

A cantora britânica é a mais recente confirmação do NOS Alive 2020. O Passeio Marítimo de Algés volta assim a receber Jorja Smith pelo segundo ano consecutivo. “A artista que fez história com um dos concertos …

Confirmada a autenticidade de um raro auto-retrato de Van Gogh

Os principais especialistas holandeses da obra de Van Gogh concluíram que um auto-retrato de 1889 foi realmente pintado pelo artista. A notícia é avançada pelo jornal local holandês Dutch News, que recorda que a autenticidade desta …

Serviço de streaming Disney+ chega a Portugal no verão

O serviço de streaming da Disney chega à Europa a 24 de março. Reino Unido, Irlanda, França, Alemanha, Itália, Espanha, Áustria e Suíça serão os primeiros países a receber o Disney+. Em Portugal, a plataforma …