Execuções estão a aumentar na campanha antidroga nas Filipinas

Keith Bacongco / VisualHunt

O novo presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

O novo presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

As Nações Unidas denunciaram esta quinta-feira o “preocupante” aumento de execuções de alegados traficantes e toxicodependentes nas Filipinas, numa campanha que já causou centenas de mortos desde maio passado.

Segundo uma contagem da emissora ABS-CBN, 810 pessoas morreram desde 10 de maio, um dia depois das eleições gerais, no âmbito da guerra contra as drogas iniciada pelo novo Presidente do país, Rodrigo Duterte.

No dia em que tomou posse no cargo, a 30 de junho, Duterte desafiou os filipinos a matarem os toxicodependentes. “Se sabem de algum viciado, vão em frente e matem-no vocês mesmos, já que ter os seus pais a fazê-lo seria muito doloroso”, afirmou na altura.

Das 810 pessoas assassinadas desde então, 496 morreram em operações policiais e 240 foram executadas por homens armados não identificados. Foram ainda encontrados outros 74 cadáveres com letreiros que os acusavam de serem traficantes.

O diretor executivo da agência da ONU contra a Droga e o Crime (UNODC), Yury Fedotov, condenou “o aparente apoio às execuções extrajudiciais” que estão a ocorrer no país.

Fedotov classificou como uma “violação de direitos e liberdades fundamentais” a campanha contra a droga de Duterte, que na campanha eleitoral prometeu matar milhares de delinquentes e toxicodependentes para acabar com a criminalidade no país nos primeiros seis meses de mandato.

“Este tipo de respostas são contrárias às disposições das convenções internacionais de controlo de drogas, não servem para trazer justiça e não ajudam a assegurar que toda a gente viva com saúde, paz e dignidade, segurança e prosperidade”, acrescentou Fedotov.

O representante da UNODC afirmou que a organização está preparada para ajudar as Filipinas a “levar à justiça traficantes de droga com as garantias legais que estão em linha com as normas e padrões internacionais”.

Apesar das críticas de vários organismos internacionais, Duterte garantiu em julho que não vai ceder no empenho de matar todos os envolvidos no narcotráfico.

Nessa mesma intervenção, sobre o estado da Nação, acrescentou que já tinham sido detidas mais de 3.600 pessoas relacionadas com as drogas e que 120 mil toxicodependentes se tinham entregado às autoridades.

O novo Presidente, empossado a 30 de junho, goza de grande popularidade nas Filipinas e as mais recentes sondagens indicam que 91% dos entrevistados confiam em Duterte, a percentagem mais elevada obtida por chefe de Estado do país.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois, isto porque as pessoas de bem estão fartas do crime e da impunidade e parasitismo dos criminosos. Melhor que morram 1.000.000 de criminosos e 1 inocente, do que morram 1000 inocentes por actos criminosos e nenhum criminoso pague com a vida.
    De qualquer meio vai haver sempre inocentes mortos quer seja por alguém que se aproveite da “onda de limpeza” pra praticar alguma vingança e rotular a vítima de traficante ou tóxico-dependente ou qualquer outro motivo.
    Agora se não se fizer nada para erradicar/minimizar os criminosos, e dissuadir a população da vida do crime, os inocentes vão pagar maioritariamente com a vida e com impostos eternamente!
    É simples, que se escolha o mal menor para os inocentes e o bem maior para a população em geral e que se pare com a hipocrisia dos “direitos humanos”, direitos humanos deve defender quem é oprimido, subjugado pelos bandidos e criminosos e as famílias das vítimas, não deve defender o criminoso, o bandido o opressor, o assassino, direitos humanos pra quem respeita os direitos humanos. Quem pensa o contrário ou é hipócrita, ou burro, ou estupidamente ingénuo! Não quer morrer, simples que trabalhe e seja honesto, quanta gente não tem trabalho e chegou no ponto de pedir esmola, “ahh não é digno e não quero chegar nesse ponto por isso roubo (mas não comida, telemóveis, carros, motos, etc etc)”, se calhar é mais digno, mais fácil, melhor e mais humano matar e levar famílias ao desespero quando perdem um ente querido.

    DEIXEM DE SER HIPÓCRITAS!

  2. Eu faço minhas as suas palavras.

    IPSIS VERBIS

    “Pois, isto porque as pessoas de bem estão fartas do crime e da impunidade e parasitismo dos criminosos. Melhor que morram 1.000.000 de criminosos e 1 inocente, do que morram 1000 inocentes por actos criminosos e nenhum criminoso pague com a vida.
    De qualquer meio vai haver sempre inocentes mortos quer seja por alguém que se aproveite da “onda de limpeza” pra praticar alguma vingança e rotular a vítima de traficante ou tóxico-dependente ou qualquer outro motivo.
    Agora se não se fizer nada para erradicar/minimizar os criminosos, e dissuadir a população da vida do crime, os inocentes vão pagar maioritariamente com a vida e com impostos eternamente!
    É simples, que se escolha o mal menor para os inocentes e o bem maior para a população em geral e que se pare com a hipocrisia dos “direitos humanos”, direitos humanos deve defender quem é oprimido, subjugado pelos bandidos e criminosos e as famílias das vítimas, não deve defender o criminoso, o bandido o opressor, o assassino, direitos humanos pra quem respeita os direitos humanos. Quem pensa o contrário ou é hipócrita, ou burro, ou estupidamente ingénuo! Não quer morrer, simples que trabalhe e seja honesto, quanta gente não tem trabalho e chegou no ponto de pedir esmola, “ahh não é digno e não quero chegar nesse ponto por isso roubo (mas não comida, telemóveis, carros, motos, etc etc)”, se calhar é mais digno, mais fácil, melhor e mais humano matar e levar famílias ao desespero quando perdem um ente querido.

    DEIXEM DE SER HIPÓCRITAS!”

RESPONDER

"Lupin". Livros originais regressam aos mais vendidos com série na Netflix

Novo fenómeno da Netflix, a série francesa Lupin estreou a bater recordes no ecrã… e não só. Com o sucesso da adaptação moderna da história clássica do ladrão Arsène Lupin, os livros originais voltaram aos …

Escavações revelam canibalismo azteca durante invasão espanhola

Centenas de invasores espanhóis capturados na localidade azteca de Tecoaque em 1520 terão sido sacrificados e devorados pelos indígenas, motivando um posterior massacre ordenado pelo "conquistador" Hernan Cortés. Um estudo publicado pelo Instituto Nacional de Antropologia …

A carrinha NV350 da Nissan inaugura uma nova forma de teletrabalho

O teletrabalho pode tornar-se menos aborrecido graças à Nissan. A fabricante japonesa apresentou a sua carrinha NV350 através do YouTube, na semana passada. A empresa destacou a principal caraterística deste veículo: pode ser formatado para …

Hospitais estão no limite. Modelos computacionais podem ajudar a manter as portas abertas

Modelos computacionais podem ser aplicados para ajudar a fazer uma melhor gestão das camas disponíveis para o internamento de doentes infetados com o novo coronavírus. A covid-19 está a causar pressão nos serviços de saúde em …

Guardas diabólicas. Mulheres comuns pertenceram à SS (e torturaram outras em campo de concentração)

Prosseguir, torturar e matar judeus não foi uma ação impulsionada apenas por homens. Na altura da Segunda Guerra Mundial foram muitas as mulheres que se juntaram à SS para fiscalizar e realizar tarefas nos campos …

Sp. Braga 2-1 Benfica | Braga bate Benfica no jogo aéreo e volta à final da Taça da Liga

O Sporting de Braga venceu esta quarta-feira o Benfica por 2-1, com dois golos de cabeça, e vai defender o título na Taça da Liga em futebol na final de sábado, frente ao Sporting, em …

EUA. Com medo da covid-19, homem esconde-se em aeroporto durante três meses

Com receio de ir para casa devido à covid-19, um homem de 36 anos ficou durante três meses no Aeroporto Internacional O'Hare, em Chicago, nos Estados Unidos (EUA), sem ser descoberto. De acordo com um artigo …

Congeladores em vez de assentos. Empresa remodela avião para transportar vacinas contra a covid-19

O transporte de vacinas contra a covid-19 acabou de se tornar mais fácil graças a uma empresa aeronáutica italiana que remodelou uma avião para o efeito. A empresa italiana Tecnam normalmente fabrica peças de aeronaves para fabricantes, além …

Netanyahu tem a seringa com que foi vacinado contra a covid-19 exposta no seu escritório

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, guardou a seringa com que foi vacinado contra a covid-19. O objeto está agora exposto no seu escritório no interior de uma caixa de vidro com uma base em …

Presidente da Câmara de Pedrógão Grande acusado de 11 crimes

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande foi acusado de 11 crimes na sequência dos incêndios de junho de 2017, sete de homicídio por negligência e quatro de ofensa à integridade física por negligência. Numa informação …