Presidente das Filipinas desafia o povo a matar toxicodependentes

Ryan Lim / Wikimedia

O novo presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

Rodrigo Duterte, o polémico novo presidente das Filipinas, já tomou posse no cargo. E, numa das suas primeiras declarações, incita os filipinos a matar os toxicodependentes.

O advogado de 71 anos ganhou as eleições com um discurso polémico, assente na ideia de uma verdadeira guerra contra o crime que levou a polícia filipina a abater mais de 20 traficantes em duas semanas.

No dia em que tomou posse no cargo, nesta quinta-feira, 30 de Junho, Duterte manteve a tónica na luta contra os traficantes, mas também desafiou os filipinos a matarem os toxicodependentes.

“Se sabem de algum viciado, vão em frente e matem-no vocês mesmos, já que ter os seus pais a fazê-lo seria muito doloroso”, disse Duterte em declarações divulgadas pelo jornal inglês The Guardian.

O governante já tinha desafiado o povo, noutra ocasião, a matar traficantes prometendo-lhes “uma medalha”.

“Estes filhos de meretriz estão a destruir as nossas crianças. Aviso-vos, não se metam nisso, mesmo que sejam polícias, porque vou matá-los mesmo”, diz agora Duterte que tem insinuado que há agentes da autoridade envolvidos no tráfico de droga.

O seu discurso no palácio presidencial assentou ainda na luta contra a corrupção no governo e contra a criminalidade nas ruas.

Ex-presidente de Câmara de Davao durante duas décadas e defensor da pena de morte, em especial por enforcamento, há rumores de que Duterte esteja ligado aos esquadrões de morte de vigilantes que mataram mais de mil pessoas naquela cidade filipina.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Orlando Figueira exige 15 milhões a Proença de Carvalho e Carlos Silva

O procurador Orlando Figueira avançou com uma ação cível contra o advogado Proença de Carvalho e o banqueiro Carlos Silva. Pede uma indemnização de 15 milhões de euros. O procurador do Ministério Público que foi condenado …

Caixa Geral de Depósitos deu 125 milhões a Isabel dos Santos

O banco público emprestou a Isabel dos Santos, em dezembro de 2009, 125 milhões de euros para que a empresária pudesse comprar ações da ZON. Parte dessas ações era da própria Caixa Geral de Depósitos. No …

O Pentágono admitiu (finalmente) que investiga OVNIs

Numa declaração sem precedentes e que alguns consideram "bombástica", o Departamento de Defesa dos EUA admitiu que investiga OVNIs (Objectos Voadores Não Identificados). Uma posição oficial que reforça a importância militar de estudar este tipo …

Em 2010, Berardo já não tinha dinheiro para pagar a dívida

Em 2010, o Banco de Portugal (BdP) não encontrou provas de que o grupo Berardo tivesse capacidade financeira para pagar a dívida à Caixa Geral de Depósitos (CGD). Em 2010, a Fundação Berardo e a Metalgest …

A polícia vai deixar de lhe pedir para soprar ao balão

A partir de 2022, a polícia vai deixar de pedir aos condutores para "soprar no balão". A União Europeia prepara-se para implementar novos sistemas de segurança obrigatórios nos novos modelos de automóveis.  Os veículos vão passar …

MH370. Investigador diz que foi usado um avião chamariz durante "desaparecimento forjado"

Andre Milne acredita que foi usada uma aeronave chamariz para enganar e causar a impressão de que os Estados Unidos foram responsáveis pelo sequestro do voo MH370 da Malaysia Airlines. O investigador voluntário Andre Milne afirma …

Grandes devedores levam Ferro Rodrigues a convocar reunião

Na próxima terça-feira, dia 28 de maio, a mesa da Assembleia da República vai ter uma reunião para discutir o acesso à lista dos grandes devedores dos bancos. O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro …

Arqueólogos descobrem o que estava no cardápio dos camponeses medievais

Há 30 anos, arqueólogos escavaram uma das primeiras aldeias medievais na Inglaterra e descobriram os restos de 73 recipientes usados na altura. Mas encontraram algo mais: os restos minúsculos da sua última refeição. Investigadores da Universidade …

Falta de pessoal cria "graves problemas" à ADSE

O Conselho Geral e de Supervisão da ADSE alerta que a falta de recursos humanos no instituto que gere o sistema de assistência na doença da função pública coloca "graves problemas de gestão". No parecer aprovado …

Marcelo aceita passagem do hospital de Braga para o SNS

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o fim da PPP, reforçando o seu argumento sobre a nova Lei de Bases da Saúde. "A escolha política" do Governo foi "a da criação de uma Entidade Pública Empresarial". O …