Inspirada pelo presidente, polícia Filipina abateu mais de 20 traficantes em duas semanas

dma-hawaii / Flickr

Militares da PNP, a Polícia Nacional das Filipinas

Militares da PNP, a Polícia Nacional das Filipinas

A polícia das Filipinas revelou que matou mais de 20 alegados traficantes de droga nas últimas duas semanas em todo o país, encorajada pelo discurso do Presidente eleito, Rodrigo Duterte, noticia hoje a agência AFP.

Na capital filipina, Manila, polícias armados têm ainda feito operações noturnas, durante as quais têm sido detidas centenas de pessoas e interpeladas crianças sozinhas ou adultos alcoolizados, segundo a AFP.

Rodrigo Duterte ganhou as presidenciais de maio com um discurso securitário e polémico, focado na alegada ameaça de o país estar à beira de se transformar num narco-estado.

Entre outras coisas, prometeu que milhares de criminosos seriam abatidos.

O presidente eleito instou as forças de segurança a começarem a agir antes mesmo da sua tomada de posse, agendada para 30 de junho, e prometeu recompensas aos polícias.

Depois da vitória nas eleições, Duterte anunciou que vai instaurar o recolher obrigatório noturno para as crianças e que vai proibir, durante a noite, a venda de álcool e o karaoke, extremamente popular no país.

A polícia de Manila tem demonstrado zelo na aplicação destas diretrizes e centenas de pessoas foram detidas nas últimas semanas.

Os agentes falam mesmo numa “Operação Rody”, que é ao mesmo tempo o acrónimo do slogan “rid the streets of drinkers and youths”, ou seja, “tirar das ruas bebedolas e jovens” e o diminutivo por que é tratado Rodrigo Duterte.

O Presidente eleito avisou, por outro lado, os pais culpados “de abandono” de que serão detidos e os filhos entregues a serviços sociais.

Presidente cessante apela à defesa das liberdades

O Presidente cessante das Filipinas, Benigno Aquino, apelou hoje à resistência a todas as tentativas de limitação das liberdades, num momento que se prepara para passar o cargo ao presidente eleito, o polémico Rodrigo Duterte.

Benigno Aquino, que falava nas celebrações do 118.º aniversário da independência do país, afirmou que é necessário evitar o regresso aos tempos da ditadura de Ferdinand Marcos.

“Lembremo-nos de que há apenas uma geração, o Governo filipino suprimiu as liberdades dos nossos cidadãos”, afirmou.

Foi um filipino como nós que nos privou de liberdade. Isso significa que se não estivermos atentos, se pode repetir”, sublinhou.

Durante a campanha eleitoral, Aquino considerou que Rodrigo Duterte é um ditador em potência.

“Agora que vamos virar mais uma página da nossa história, não esqueçamos de que as liberdades devem ser defendidas e alimentadas. Devemos bater-nos por todas as coisas que contam”, acrescentou o Presidente cessante.

Para que o mal triunfe, basta que os homens de bem não façam nada“, disse ainda, citando o político britânico Edmund Burke.

Duterte toma posse no próximo dia 30 de junho.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A longo prazo, o distanciamento social pode até ser melhor para a economia

O isolamento social durante uma pandemia, como é o caso da covid-19, que já fez mais de 48.000 vítimas mortais por tudo o mundo, pode revelar-se melhor para a economia a longo prazo, revelou uma …

Elon Musk doou 1.000 ventiladores a hospitais (mas eram do tipo errado)

Nos últimos dias, Elon Musk, CEO da Tesla, recebeu muitos elogios por ter doado mil ventiladores a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Porém, os ventiladores não eram do …

Coronavírus pode replicar-se na boca e nariz durante uma semana antes de infetar pulmões

O coronavírus pode permanecer e replicar-se na boca e no nariz durante uma semana antes de infetar aos pulmões, à traqueia e aos brônquios, revela um estudo, que mostra igualmente que é expulso do organismo …

PSP vai utilizar câmaras portáteis em drones no estado de emergência

A PSP vai utilizar 20 câmaras portáteis de videovigilância, 18 das quais vão ser instaladas em ‘drones’, durante o estado de emergência devido à pandemia de covid-19, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna …

Em Nova Iorque, prisioneiros são usados para cavar valas comuns

Nova Iorque está a oferecer seis dólares por hora e material de proteção individual aos prisioneiros de Rikers Island que aceitem ajudar a cavar valas comuns. Projeções da Fundação Gates apontam que, em Nova Iorque, o …

EUA estará a pagar para desviar carregamentos de máscaras adquiridas por França

As autoridades francesas estão a acusar os Estados Unidos de terem pago para desviar um carregamento de máscaras faciais oriundo da China. Este episódio é apenas mais um na saga sobre a escassez de máscaras de …

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados antecipadamente para prevenir a propagação da pandemia de covid-19 no meio prisional, revelou esta quinta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, em declarações à RTP3. A …

OMS e EUA ponderam alargar recomendação para uso de máscaras

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com covid-19, disse esta quinta-feira o presidente do grupo de especialistas que vai discutir o …

Covid-19. Mais de 95% das vítimas mortais na Europa tinham mais de 60 anos

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS), Hans Kluge, revelou esta quinta-fera que mais de 95% das vítimas mortais da covid-19 na Europa têm mais de 60 anos de idade. Em …

Curva portuguesa mostra abrandamento de novos casos (mas é preciso "cautela")

Portugal tem assistido desde o dia 25 de março a um abrandamento do aumento percentual diário de novos casos de covid-19, segundo dados divulgados pelo Barómetro Covid-19 da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Segundo Carla …