Camiões a gás natural emitem mais óxido de azoto do que camiões a gasóleo

Scania / Flickr

Os camiões movidos a gás natural liquefeito (GNL) emitem até cinco vezes mais óxido de azoto (NOx) do que os camiões a gasóleo, indicaram testes na estrada pedidos pelo Governo holandês e esta quarta-feira divulgados.

Os resultados foram divulgados pela Federação Europeia dos Transportes e Ambiente (T&E) esta quarta-feira, que diz que os testes confirmam que os governos da União Europeia devem acabar com os incentivos ao GNL.

Em Portugal, o imposto especial sobre o consumo aplicado ao gás é de 1,86 euros por unidade de energia, enquanto no caso do gasóleo é de 13,54 euros, refere a associação ambientalista portuguesa Zero, que faz parte da T&E.

A Zero defende que “se o imposto sobre o gasóleo fosse aplicado na mesma medida ao gás, Portugal poderia beneficiar de receitas adicionais de impostos na ordem dos 7,98 milhões de euros”.

De acordo com a T&E, organização ambientalista não governamental que representa 58 entidades de 26 países, os resultados dos testes são contrários aos argumentos apresentados pelos fabricantes dos camiões movidos a GNL, que dizem que estes veículos reduzem as emissões de NOx em mais de 30%.

Nos testes a três camiões a GNL, em cidade ou em estrada, as emissões variaram entre dois a cinco vezes mais NOx do que num camião a gasóleo.

Em comunicado a Zero exige que o Governo deixe de promover o GNL e incentive o setor da logística na transição das frotas a GNL para frotas elétricas. Além disso, nota que apesar de o setor do gás tentar fazer crer que o GNL tem um benefício climático, “a verdade é que continua a tratar-se de um combustível fóssil, como o petróleo e o carvão, por isso contribui para as alterações climáticas”.

Nas cidades, acrescenta-se no comunicado, a poluição emitida pelos camiões a GNL “pode causar impactos na saúde ainda mais significativos do que os camiões a gasóleo”.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não vamos aqui tecer considerações científicas, porque apenas seriam entendidas por um número restrito de pessoas e o objectivo destes fóruns é o de abrangerem o maior número de leitores. Mas quem estuda as coisas ligadas à mobilidade há muito que sabe que há apenas um combustível que é absolutamente neutro para o meio ambiente, desde que seja descontado o transporte ou a mobilidade individual egoísta. Esse combustível é o hidrogénio. Se a intenção é mesmo salvar o planeta não há qualquer outra alternativa viável. Sejamos honestos de uma vez por todas, porque a jusante estão os nossos filhos e netos e os descendentes destes. Já de pouco, de muito pouco servem os mercedes, os audis, os jaguares, os porches, os maseratis, os land rovers, os ferraris e outras marcas jocosas que vemos aos domingos de tarde nas parques dos hiper, nas redondezas dos campos de futebol e onde quer que haja grandes aglomerações de pessoas. Quando vemos gente com esse tipo de equipamentos imediatamente se lhes associa analfabetismo e incúria, o desrespeito pelo planeta e pelos biliões de esfomeados que nele vivem já quase sem água e sem ar. Mudaram os tempos , não passe por pessoa com a mania das grandezas, que é um a doença mental… e perigosa nos tempos que correm. Troque o seu porsche ou jaguar por uma bicicleta a pedal e vai ver como há mais pessoas a gostarem de si.

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …