Caso do camião do Reino Unido leva à detenção de quatro pessoas no Vietname

(cv)

A imprensa internacional avança, esta segunda-feira, que quatro pessoas foram detidas no Vietname, no seguimento da descoberta do camião com 39 corpos em Essex, no Reino Unido.

O El Mundo, citado pelo semanário Expresso, avança que quatro pessoas, com idades entre os 40 e os 60 anos, foram detidas no Vietname, acusadas de tráfico de pessoas. As autoridades estarão ainda à procura de um quinto elemento.

A operação policial aconteceu, no último sábado, na província de Nghe An. De acordo com o jornal espanhol, 24 famílias daquela região e também de Ha Tinh deram conta do desaparecimento de familiares, depois de ser conhecido o caso do camião de Essex, no Reino Unido, descoberto com 39 mortos no seu interior.

Esta segunda-feira, o Governo vietnamita disse que recebeu das autoridades britânicas documentos de quatro das pessoas encontradas mortas, a fim de determinar se alguma delas é vietnamita.

Os documentos, que não foram especificados, foram entregues ao ministério da Segurança Pública do Vietname e serão usados para ajudar a identificar as vítimas, afirmou o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros, Pham Thanh Son, citado pelo site de notícias do VNExpress.

A polícia britânica anunciou inicialmente que as vítimas eram chinesas, mas depois reconheceu que estava a analisar mais detalhes sobre os corpos.

As autoridades vietnamitas colheram cabelo e outras amostras forenses de famílias que relataram o desaparecimento de parentes para poderem comparar com os corpos e ajudar nos esforços de identificação.

Segundo a polícia britânica, todos os corpos foram já retirados do camião, estando ainda a aguardar as autópsias, mas a identificação das vítimas deve ser difícil já que foram encontrados poucos documentos junto aos cadáveres.

Frequentemente, os traficantes de seres humanos ficam com os passaportes dos migrantes para dificultar a sua identificação, fornecendo-lhes depois novos documentos quando chegam aos seus destinos.

O vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Chen Xiaodong, afirmou que este caso — que as autoridades britânicas já consideraram ser o mais mortal de sempre no país — mostra que a imigração ilegal é uma questão global e que tem de “ser tratada em conjunto”.

Os 39 corpos, 31 homens e oito mulheres, foram encontrados no dia 23 de outubro, dentro de um camião refrigerado conduzido por um norte-irlandês de 25 anos identificado como Mo Robinson, que foi acusado de 39 crimes de homicídio e tráfico de pessoas, entre outros crimes. O motorista deverá ser presente a tribunal, esta segunda-feira, para responder às acusações.

Hoje, três pessoas detidas por suspeita de envolvimento no caso — um homem e uma mulher de 38 anos, ambos residentes em Warrington, no norte de Inglaterra, e um homem de 45 anos, da Irlanda do Norte — foram libertadas sob fiança.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …