A Câmara da Póvoa proibiu, mas há tourada marcada para 2019

frmorais / Flickr

Depois de nos últimos tempos se ter falado na alegada proibição das touradas na Póvoa de Varzim, o Movimento a Favor das Corridas de Touros vem a público garantir que a corrida deste sábado não será a última.

A corrida de touros deste sábado, de Homenagem aos Emigrantes, não será a última e quem o garante é o Movimento a Favor das Corridas de Touros, que já agendou para julho do próximo ano uma nova corrida na Póvoa de Varzim.

Depois do chumbo da proibição das corridas de touros no Parlamento, esta associação considera que a decisão tomada pela Câmara da Póvoa, de proibir corridas de touros, é ilegal e, como tal, inválida.

“A Tourada é uma atividade cultural tutelada pelo Ministério da Cultura, apoiada por milhares de aficionados poveiros, e é protegida constitucionalmente tal como todas as formas de Cultura”, defende o Movimento em comunicado. “Nenhum órgão, muito menos os municípios, tem poderes legais para proibir expressões culturais. O acesso à Cultura é um direito de todos os cidadãos, garantido pela Constituição da República Portuguesa.”

Desta forma, adianta o Diário de Notícias, a associação considera que as decisões tomadas pela autarquia são “legalmente inúteis e sem qualquer efeito prático“, pelo que as corridas de touros continuam a poder realizar-se no município (como em qualquer outro lugar do país).

“A corrida de Homenagem aos Emigrantes, que este sábado tem lugar na Praça de Touros da Póvoa de Varzim, vai dar continuidade à demonstração de força e de apoio dadas no passado dia 20 de julho quando, no mesmo local, se realizou a XXII Grande Corrida TV Norte, com os poveiros a encherem a praça numa clara demonstração da sua posição. Esta Festa mereceu transmissão televisiva e foi um dos programas mais vistos da RTP nesse dia”, lembra o Movimento.

São vários os autarcas que têm determinado a proibição das corridas de touros, ainda que essa não seja aceite a nível nacional, dado que as corridas são uma atividade cultural consagrada na Constituição, com a Lei a defender que ninguém pode determinar a escolha cultural dos cidadãos.

A associação da atividade tauromáquica PróToiro já questionou o ministro da Cultura sobre esta situação, mas Luís Filipe Castro Mendes tem-se mantido em silêncio.

“Estamos atentos às ações deste executivo e não deixaremos que desvirtue e destrua irremediavelmente um património que não é de um presidente de Câmara, nem de alguns poveiros, mas sim de todos os portugueses”, defende o Movimento.

A Tourada enquanto expressão cultural não pode sofrer ataques de quem, por obrigação constitucional, a devia promover e, acima de tudo, defender.”

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Quando “cultura” significa espetar ferros nas costas de animais está tudo dito sobre alguns seres humanos. Felizmente a tourada tem os dias contados, pois apesar de tudo tem-se registado algum progresso civilizacional relativamente a este assunto.

RESPONDER

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …

Rio Nilo tem 30 milhões de anos. É seis vezes mais antigo do que se pensava

Um grupo de cientistas estudou diferentes sedimentos do rio, incluindo as rochas vulcânicas da região planáltica da Etiópia, e fez simulações computacionais para traçar a vida do rio até ao passado mais longínquo, contabilizou agora …

Von der Leyen volta a escrever a Boris. Londres deve indicar candidato a comissário o quanto antes

O Reino Unido ainda não designou um candidato a comissário europeu, pelo que a presidente eleita da Comissão Europeia voltou a escrever ao primeiro-ministro britânico, instando-o a indicar um nome até ao final da semana. Até …