Câmara de Lisboa arrecada nove milhões de euros com reabilitação urbana

TD luismiguelmartins / Flickr

António Costa, presidente da Câmara Municipal de LIsboa

O programa “Reabilita primeiro e paga depois” da Câmara de Lisboa permitiu arrecadar nove milhões de euros desde 2013 com a venda de 49 prédios devolutos, informou a autarquia.

Os números foram lançados esta quarta-feira no evento de apresentação do primeiro edifício reabilitado, nos números 49 a 55 da Rua São Pedro Mártir, na Mouraria, composto por quatro T2 e um T1.

A iniciativa “Reabilita primeiro e paga depois” foi criada pela Câmara de Lisboa em 2013, e consiste na venda de edifícios municipais devolutos com a obrigação de o adquirente realizar obras de reabilitação.

O pagamento do prédio ao município pode ser efetuado até à conclusão de operação de reabilitação, que varia entre 21 e 28 meses, tendo em conta o licenciamento, a execução das obras e a colocação do imóvel no mercado. Os investidores que optarem pelo pronto pagamento têm um desconto de 10% sobre o valor da compra.

Das quatro hastas públicas já realizadas, três no ano passado e uma este ano, resultaram 49 prédios vendidos.

Um dos edifícios inaugurado na Mouraria foi comprado por Luís Santos, que faz da reabilitação na cidade de Lisboa o seu negócio.

“É mais fácil a parte camarária dos projetos, [visto que] demorou cerca de seis meses o licenciamento, o qual demoraria dois anos de outra maneira”, esclareceu Luís Santos, dizendo-se “satisfeito” com o resultado final.

Depois de um investimento de 183 mil euros na compra dos edifícios (que já incluem o desconto de 10%), o investidor espera conseguir vender os apartamentos entre os 100 e 140 mil euros, perfazendo um lucro de 30% sem juros.

“Se não conseguir fazê-lo no espaço de seis meses, ponho a possibilidade de arrendar”, adiantou.

No encontro desta quarta-feira, para além do empresário, estiveram presentes o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, o vereador da autarquia com o pelouro do Urbanismo, Manuel Salgado e o presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, Miguel Coelho.

António Costa salientou que a reabilitação urbana “é muito importante” porque “recupera imóveis que estão degradados, o que facilitará a existência de novos espaços habitacionais na cidade”, e porque envolve uma “fileira da construção”, que permite “dinamizar a atividade económica”.

Referindo que o programa tem tido “muita procura”, o autarca assinalou que o objetivo é promover “um novo paradigma de acesso à habitação [em Lisboa], com mais reabilitação e menos construção nova, com mais arrendamento e menos compra de casa própria”.

A câmara pretende aprovar, na próxima reunião, o lançamento de uma nova hasta pública de 24 prédios urbanos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fisco proibido de usar inspeções para incriminar contribuintes. Centenas de processos podem cair por terra

O Tribunal Constitucional (TC) considerou inconstitucionais as normas que permitem às autoridades avançar ou concluir processos-crime com declarações fiscais obtidas voluntariamente pelo contribuinte ou arguido, conforme o caso. Esta prática, de acordo com o TC, viola …

Os Australopitecos eram amamentados até aos 12 meses

As crias dos australopitecos, uma espécie humana extinta que viveu em África, foram amamentadas até ao primeiro ano de vida, segundo um estudo publicado esta segunda-feira na revista científica Nature. Na investigação da faculdade de medicina …

Tempestade no norte da Índia fez pelo menos 33 mortos

Pelo menos 33 pessoas e outras 13 ficaram feridas na sequência de uma tempestade que atingiu no domingo o estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, informaram esta segunda-feira as autoridades. De acordo com Sandhya, …

"Neve artificial" poderia salvar lençol de gelo da Antártida

O lençol de gelo da Antártida pode deslizar para o oceano e inundar as cidades costeiras. No entanto, esta catástrofe pode ser evitada se os Governos investirem num projeto de engenharia para cobrir a superfície …

Constante de Hubble recalculada. E o mistério da expansão do Universo adensa-se

Uma equipa de cientistas da Universidade de Chicago, nos EUA, voltou a medir a constante de Hubble, usada para medir a taxa de expansão do Universo. O novo estudo, liderado pela especialista Wendy Freedman e …

Micro-bristle-bot. O robô mais pequeno do mundo que pode vir a salvar vidas

Do tamanho de uma formiga e mais leve que uma pitada de sal, o "micro-bristle-bot" é o robô mais pequeno do mundo pode um dia vir a salvar vidas. Desenvolvido na Universidade da Georgia, nos Estados …

Os gorilas têm amigos para toda a vida (e fazem grandes festas anuais)

Cientistas concluíram que os gorilas têm amizades que duram para toda a vida, inclusive entre animais que não são parentes, e celebram grandes reuniões anuais. De acordo com o ABC, uma equipa de cientistas concluiu que …

Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança. Essa …

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …

Encontrado no topo dos Alpes um lago que não devia existir

Um montanhista capturou a formação de um lago "alarmante" no alto dos Alpes franceses depois de a neve glacial ter derretido durante a intensa onda de calor que atingiu a Europa central no final de …