Câmara de Lisboa arrecada nove milhões de euros com reabilitação urbana

TD luismiguelmartins / Flickr

António Costa, presidente da Câmara Municipal de LIsboa

O programa “Reabilita primeiro e paga depois” da Câmara de Lisboa permitiu arrecadar nove milhões de euros desde 2013 com a venda de 49 prédios devolutos, informou a autarquia.

Os números foram lançados esta quarta-feira no evento de apresentação do primeiro edifício reabilitado, nos números 49 a 55 da Rua São Pedro Mártir, na Mouraria, composto por quatro T2 e um T1.

A iniciativa “Reabilita primeiro e paga depois” foi criada pela Câmara de Lisboa em 2013, e consiste na venda de edifícios municipais devolutos com a obrigação de o adquirente realizar obras de reabilitação.

O pagamento do prédio ao município pode ser efetuado até à conclusão de operação de reabilitação, que varia entre 21 e 28 meses, tendo em conta o licenciamento, a execução das obras e a colocação do imóvel no mercado. Os investidores que optarem pelo pronto pagamento têm um desconto de 10% sobre o valor da compra.

Das quatro hastas públicas já realizadas, três no ano passado e uma este ano, resultaram 49 prédios vendidos.

Um dos edifícios inaugurado na Mouraria foi comprado por Luís Santos, que faz da reabilitação na cidade de Lisboa o seu negócio.

“É mais fácil a parte camarária dos projetos, [visto que] demorou cerca de seis meses o licenciamento, o qual demoraria dois anos de outra maneira”, esclareceu Luís Santos, dizendo-se “satisfeito” com o resultado final.

Depois de um investimento de 183 mil euros na compra dos edifícios (que já incluem o desconto de 10%), o investidor espera conseguir vender os apartamentos entre os 100 e 140 mil euros, perfazendo um lucro de 30% sem juros.

“Se não conseguir fazê-lo no espaço de seis meses, ponho a possibilidade de arrendar”, adiantou.

No encontro desta quarta-feira, para além do empresário, estiveram presentes o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, o vereador da autarquia com o pelouro do Urbanismo, Manuel Salgado e o presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, Miguel Coelho.

António Costa salientou que a reabilitação urbana “é muito importante” porque “recupera imóveis que estão degradados, o que facilitará a existência de novos espaços habitacionais na cidade”, e porque envolve uma “fileira da construção”, que permite “dinamizar a atividade económica”.

Referindo que o programa tem tido “muita procura”, o autarca assinalou que o objetivo é promover “um novo paradigma de acesso à habitação [em Lisboa], com mais reabilitação e menos construção nova, com mais arrendamento e menos compra de casa própria”.

A câmara pretende aprovar, na próxima reunião, o lançamento de uma nova hasta pública de 24 prédios urbanos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Rio continua "em ponderação" e não anunciará qualquer decisão na quarta-feira

A Comissão Política Nacional do PSD vai reunir-se na próxima quarta-feira, mas o presidente do partido não falará ainda publicamente sobre o seu futuro político e continua “em ponderação”, disse à Lusa fonte oficial social-democrata. Segundo …

Ministério nega "situação anómala" de alunos ainda sem professores

Milhares de alunos continuam sem professores um mês depois de as aulas terem começado e o Ministério da Educação diz não ter sido informado de qualquer “situação anómala ou de uma falta sistémica de docentes”. Ainda …

Gage Skidmore

John Bolton denunciou pressão sobre a Ucrânia dois meses antes de sair da Casa Branca

John Bolton, o antigo conselheiro de Segurança Nacional norte-americano que saiu do cargo em setembro em confronto com Donald Trump, fez saber aos advogados da Casa Branca, em julho, que estava em curso uma campanha …

Homem que violava e trancava mulher sem comida tinha sido absolvido do mesmo crime

Um homem de 38 anos que ficou em prisão preventiva por suspeitas de crimes de violência doméstica agravada, violação e sequestro agravado contra a companheira, já tinha sido absolvido antes pela prática do mesmo crime …

Portugal é dos países da UE que mais progrediram na igualdade de género

Portugal está a progredir para uma plena igualdade de género mais rapidamente do que a média da União Europeia, revela o Instituto Europeu para a Igualdade de Género, que coloca o país em 16.º posição, …

"Sem água potável e a urinar em latas". Assim vivem os seguranças dos jogadores do Real Madrid

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) de Espanha, um sindicato operário, denuncia as "péssimas condições" laborais dos seguranças que fazem vigilância a alguns jogadores do Real Madrid, nas suas moradias particulares. "Não há 'guaritas' de vigilância …

Ricardo Serrão Santos vai ser o novo ministro do Mar

O ex-eurodeputado socialista Ricardo Serrão Santos vai ser o novo ministro do Mar, no executivo de António Costa. A notícia foi avançada pela Antena Um/Açores e confirmada pelo Diário de Notícias.  Doutorado em Biologia pela Universidade …

Ex-presidente da Câmara da Covilhã começa a ser julgado por peculato

O antigo presidente da Câmara da Covilhã e também ex-vice-presidente do partido Aliança começa, esta terça-feira, a ser julgado em Castelo Branco, acusado de peculato e prevaricação. A SIC noticiou no fim-de-semana de 16 e 17 …

Dois anos depois dos fogos, há mais de 200 casas excluídas do processo de reconstrução

Dois anos depois dos incêndios na zona centro do país, mais de 200 casas de primeira habitação continuam excluídas do processo de reconstrução. Apesar de as obras estarem licenciadas, as habitações foram chumbadas pela Comissão de …

Professor que pediu dinheiro emprestado para se inscrever como candidato é o novo Presidente da Tunísia

Kais Saied, um professor de Direito reformado, conservador e visto como um homem intocado por qualquer suspeita de corrupção, vai ser o próximo Presidente da Tunísia, segundo os resultados à boca das urnas publicados na …