Caixa negra do avião russo revela “ruídos incomuns” antes do acidente

Alex Beltyukov / Wikimedia

Airbus A321-231 da MetroJet / Kogalimavia

Airbus A321-231 da MetroJet / Kogalimavia

A gravação das conversas entre a tripulação, revelada pela caixa negra do avião que fazia a ligação entre Sharm el-Sheikh e São Petersburgo, mostram registo de vários barulhos estranhos dentro do avião.

Um dia depois de a companhia aérea Metrojet, também conhecida por Kogalimavia, ter descartado a hipótese de o acidente ter sido provocado por falhas técnicas do avião, a possibilidade de um ataque terrorista está cada vez mais a ganhar força.

Segundo o RT, citando a agência Interfax, a gravação com a conversa entre os pilotos a bordo do Airbus A321 revela que, momentos antes da queda, foram registados “ruídos incomuns”, não tendo sido possível à tripulação emitir qualquer pedido de socorro.

“A gravação das conversas entre a tripulação evidenciam que a situação a bordo, quatro minutos antes da aeronave ter desaparecido dos radares, estava sob controle”, asseguraram fontes egípcias à agência.

“Nada indicava que existissem problemas a bordo, muito menos a tripulação informou sobre possíveis falhas”. A gravação mostra ante que “antes de desaparecer dos radares, foram registados ruídos incomuns no avião”.

No entanto, as autoridades russas continuam a pôr de lado a possibilidade de um ataque terrorista, mesmo sabendo que uma fação egípcia do Estado Islâmico já se responsabilizou pelo abate do avião.

O porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, citado pela Sputnik, não quis fazer especulações sobre a possível ligação entre o acidente na Península do Sinai e a operação russa na Síria, dizendo que são “temas absolutamente distintos” e que “não é necessário vinculá-los”.

Para já, ainda não foram determinadas as causas do acidente, até porque, embora o grupo terrorista tenha apresentado como prova da autoria do acidente um vídeo, já está provado que este é falso.

Também vários especialistas já confirmaram que os terroristas instalados na Península do Sinai não dispõem de mísseis capazes de atingir um avião a 30 mil pés.

Não excluíram, no entanto, a possibilidade de uma bomba a bordo do avião, situação que pode vir a ser confirmada, uma vez que um satélite norte-americano detetou uma explosão térmica sobre esse território na altura em que o avião caiu, informa a Sputnik, citando um correspondente da CBS News.

“Os dados ainda estão a ser analisados para determinar o que é que causou a explosão. Uma das razões pode ser a detonação de uma bomba mas também é possível a explosão do depósito de combustível ou do motor como consequência de uma falha técnica”, conta David Martin.

Ao mesmo tempo, a NBC, citando um oficial militar norte-americano, informou esta segunda-feira que a situação registada pelo satélite não corresponde à hipótese de que o avião tenha sido abatido porque, caso isso acontecesse, o satélite, através do seu equipamento por infravermelhos, teria registado um rasto térmico desse míssil.

Esta terça-feira, um segundo avião com os corpos e pertences das vítimas chegou ao aeroporto de Pulkovo, em São Petersburgo, informaram fontes oficiais.

O aparelho, um Il-76 do Ministério para Situações de Emergência russo, transportou fragmentos de cadáveres, documentos e objetos pessoais das vítimas, que serão entregues para peritagem e identificação.

Já durante o dia de ontem, outro avião transportou para a mesma cidade mais de 130 cadáveres e 40 fragmentos de corpos.

O avião, que fazia a ligação entre a estância turística egípcia de Sharm el-Sheikh e a cidade russa de São Petersburgo, despenhou-se no sábado, matando todas as 224 pessoas a bordo.

 ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …