Cabrita “não tem condições”. IL defende demissão após morte de cidadão ucraniano no SEF

Nuno Veiga / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

A Iniciativa Liberal defendeu hoje que Eduardo Cabrita “não tem condições” para continuar como ministro da Administração Interna, depois da morte de um cidadão ucraniano no aeroporto de Lisboa, pela qual já foram acusados três inspetores do SEF.

Em comunicado, a IL lembra o caso da morte, em março, de um cidadão ucraniano nas instalações do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e aponta que “uma das marcas mais nefastas da governação socialista é a degradação do conceito de responsabilidade política, mas o terror e a tortura não podem ficar sem consequências”.

“Se houver um resto de decência no governo socialista, só poderá concordar com a conclusão que Iniciativa Liberal tira desta sucessão de trágicas e inaceitáveis situações: o ministro Eduardo Cabrita não tem condições para continuar no cargo”, vinca o partido, lamentando que “nove meses volvidos, o conjunto vasto de ilegalidades, incúrias e completo desprezo pelos direitos humanos no SEF não mereceu o assumir de quaisquer responsabilidades políticas”.

A IL refere que o cidadão ucraniano “foi espancado nas instalações do SEF do Aeroporto Humberto Delgado” e “deixado em agonia, sem qualquer assistência, durante mais de 10 horas”, tendo acabado por morrer “em condições absolutamente desumanas”, e alega também que “não foi um episódio isolado”.

“O assassinato de Ihor Homenyuk e a violência gratuita e reiterada constituem violações gravíssimas do Estado de Direito e dos valores liberais. Nenhum cidadão estrangeiro ou nacional pode correr risco de vida quando se encontra sob a responsabilidade de agentes do Estado”, salienta o partido liderado por João Cotrim Figueiredo.

A IL defende igualmente que “os factos revelam uma estrutura do SEF indigna de um Estado democrático, com atrocidades cometidas de forma reiterada num cenário de horror, uma cadeia de comando em implosão e decisores políticos incapazes que se recusaram, inclusivamente, a indemnizar a família de Ihor Homenyuk”.

Depois de ter tentado entrar ilegalmente em Portugal, por via aérea, a 10 de março, o ucraniano Ihor Homenyuk morreu no aeroporto de Lisboa, em circunstâncias que, após investigação, já conduziram à acusação de três inspetores, por “tortura evidente”, e à demissão do diretor e do subdiretor de Fronteiras do aeroporto.

A 30 de setembro, o Ministério Público acusou três inspetores do SEF do homicídio qualificado de Ihor Homenyuk.

A 16 de novembro, a diretora nacional do SEF admitiu que a morte do cidadão ucraniano resultou de “uma situação de tortura evidente”.

Quando questionada pela RTP sobre se tinha posto o lugar à disposição do ministro da Administração Interna, que tutela o SEF, ou se tinha pensado demitir-se, Cristina Gatões disse que “não”.

Após a morte de Ihor Homenyuk, o ministro da Administração Interna determinou a instauração de processos disciplinares ao diretor e subdiretor de Fronteiras de Lisboa, ao Coordenador do EECIT do aeroporto e aos três inspetores do SEF, entretanto acusados pelo Ministério Público, bem como a abertura de um inquérito à Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI).

Na sequência deste inquérito, a IGAI instaurou oito processos disciplinares a elementos do SEF e implicou 12 inspetores deste serviço de segurança na morte do ucraniano.

Na semana passada, a na Assembleia da República aprovou quatro propostas de audições sobre o caso, entre as quais as do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e da procuradora-geral da República, Lucília Gago.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O IL anda um pouco desactualizado… não deve haver muitos portugueses que não tenham já reparado que o ministro Cabrita é uma autentica nulidade!

  2. A maioria do povinho tuga é um ignorante básico, tão ignorante ao ponto de não saber que os Regimes dos Socialismos / Marxismos “Democraticos”, NÃO são Estado de Direito!!!
    Metam isso na cabeça!!!
    Este caso não é unico, somente aflorou a REALIDADE do que se passa todos os dias em todo o canto do País, uma autentitca perseguição dos “da Publica” aos Cidadaos, de uma forma não tão grave mas na mesma , mais cá mais lá, a Violação dos Direistos das pessoas ao Abrigo do Autoritarismo de Estado.
    É assim em todo o lado do Mundo dos Socialismos, os gajos é que “escondem” as atrocidades para a maioria não se aperceber!

  3. Este, a da saúde e o da “taske force”, ainda fazem menos falta do que uma viola num enterro. A pretensa apresentação do plano de vacinação, esse, parecia que estávamos a assistir a um filme dos Monty Python; vergonhoso. QUANDO ACABA O TACHISMO E CHEGA A MERITOCRACIA?

    • …são TODOS, sem excepção! Só que há uns com mais “visibilidade” meditica outros, nem tanto, passam “despercebidos”-
      Esses gajos dos Socialismos / Marxismos são gente INCAPAZ de Gerar RIQUEZA! Andam neste Mundo para ROUBAR os OUTROS , enagando com Historia da Carochinha!
      Coitado od desgraçado que espera alguma coisa de “bem ou util” do lado dos esquerdelhos !
      A Humanidade está bem phodida! O Altissimo dixit!

RESPONDER

CNE recebeu queixas de cidadãos contra Costa por usar PRR em campanha

A Comissão Nacional de Eleições já recebeu queixas de cidadãos contra António Costa pela utilização do PRR nos discursos de campanha. A Comissão Nacional de Eleições (CNE) já recebeu cerca de meia dúzia de queixas de …

Joe Biden afirma que EUA estão "de volta" às Nações Unidas

"Os Estados Unidos estão de volta" às Nações Unidas, afirmou, na segunda-feira, o Presidente dos Estados Unidos. "Os Estados Unidos estão de volta. Acreditamos nas Nações Unidas e nos seus valores", disse Joe Biden após …

Portugal regista mais 11 mortes e 780 casos de covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, 780 novos casos e 11 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Pandemia já matou quase tantos norte-americanos como a gripe espanhola

A covid-19 já matou quase tantos norte-americanos, no último ano e meio, como a gripe espanhola, entre 1918 e 1919, de acordo com dados esta terça-feira divulgados pela Universidade Johns Hopkins. Embora o aumento das novas …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: A sexta, a bonança e um festival de juventude

O pleno das águias, o regresso do campeão às vitórias e um dragão jovem com chama alta. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. A prática de Darwin SL Benfica 3 …

Autoeuropa retoma hoje produção após paragem face à crise dos semicondutores

Falta de semicondutores tem sido uma constante, apesar da melhora da situação pandémica, face ao atraso dos países asiáticos no que concerne à vacinação, o que obriga à paragem das fábricas responsáveis pelo fabrico das …

Os smartphones avariam mal acaba a garantia? Portugal e a UE estão a lutar contra a obsolescência programada

As empresas criam os telemóveis para avariarem pouco depois de acabar a garantia - mas a União Europeia e várias associações estão a lutar contra o desperdício e a tentar proteger os direitos do consumidor. É …

Lava do vulcão de La Palma está a escorrer em direção ao mar aumentando o risco de gases tóxicos

O vulcão Cumbre Vieja na ilha de La Palma, nas Canárias, que entrou em erupção no domingo, tem uma nova boca eruptiva, o que obrigou a evacuar mais habitações, informaram as autoridades. De acordo como Plano …

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …