Jornal avança que Julen foi encontrado. Governo desmente

EPA / Malaga Fire brigades

O pequeno Yulen, de 2 anos, caiu por este poço em Totalán, Málaga.

O corpo do pequeno Julen, de 2 anos, que caiu num poço em Málaga, terá sido encontrado a 73 metros de profundidade, segundo avança o jornal El Español. Mas o Governo espanhol não confirma.

De acordo com o El Español, “encontraram o corpo do menor no tampão de terra a 73 metros de profundidade” durante as escavações feitas nesta quarta-feira de manhã.

O diário aponta que uma das empresas encarregues do resgate “introduziu um feixe que, no tampão de areia – de cerca de 7 metros de profundidade – localizou o corpo da criança”.

Esta informação não está, contudo, oficialmente confirmada, com as autoridades oficiais a admitirem que a criança pode ainda estar viva.

O Serviço de Emergências da Andaluzia aconselha mesmo a que não difundam “notícias falsas” e a que só tenham como certas as informações de fontes oficiais.

O delegado do Governo espanhol na Andaluzia, Alfonso Rodríguez Gómez de Celis, destaca citado pelo MalagaHoy.es que dentro de “menos de 48 horas” se espera poder detectar o bebé, graças a dois túneis que estão a ser escavados, “um em paralelo com o poço” onde se acredita que está a criança e “outro que irá oblíquo, na horizontal”.

Encontrado cabelo do bebé

Entretanto, as equipas de resgate encontraram cabelo de Yulen entre o material sólido que foi extraído do poço, que passou por um teste de ADN e que foi comparado com o dos familiares do menino.

De acordo com as mesmas fontes, isto implica que a prioridade da operação seja continuar a extrair material sólido do estreito buraco onde o menino caiu e que tem mais de 100 metros de profundidade.

O diretor da Guarda Civil, Felix Azón, explicou esta quarta-feira aos jornalistas que a família já foi informada de que foram encontrados vestígios biológicos que têm “altíssima possibilidade de serem da criança”.

“Isso leva-nos a confirmar a estratégia de sugar o poço para tentar chegar ao lugar onde a criança está”, disse Azón, que, no entanto, insistiu que se mantêm em cima da mesa todas as outras opções de resgate.

Foram iniciados trabalhos alternativos, como a construção de dois túneis, um paralelo ao poço e outro oblíquo, para tentar chegar ao local onde as autoridades julgam estar Yulen, a 80 metros de profundidade.

Uma centena de pessoas participam da operação de resgate da criança desde as 14h00 de domingo, quando o pai do menino e o serviço 112 avisaram a Guarda Civil que tinha caído no poço, um buraco para prospeção e busca de água naquela zona de serra.

Para o local foram destacados elementos do serviço 112, do Consórcio Provincial de Bombeiros, Proteção Civil, a Equipa de Resgate e Intervenção de Montanha de Álora e Granada, submarinistas e bombeiros de Málaga. Algumas empresas privadas estão a ajudar nas buscas fornecendo equipamento para tentar localizar a criança.

A criança caiu no poço no domingo à tarde. Os pais do menino estavam a preparar uma paella num convívio familiar e não terão conseguido evitar que caísse num poço que não estava tapado, nem sinalizado.

Os familiares reportaram às autoridades que ouviram a criança chorar aquando da queda, mas depois permaneceu o silêncio. Até agora, o único sinal da criança que foi encontrado foi o saco de rebuçados que levava, graças a uma câmara que é habitualmente usada para inspecionar canalizações.

O buraco é demasiado estreito para permitir que alguém desça para tentar o resgate. E as autoridades temem que o menino possa estar por debaixo de “um tampão de terra” formado como “resultado de um desprendimento” do solo. A sub-delegada do Governo de Málaga referiu que os trabalhos são “muito complicados”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Há três datas prováveis para o Apocalipse. Duas das quais ainda este século

A humanidade corre o risco de ser extinta devido à colisão da Terra com um corpo celeste, a uma catástrofe natural ou até tecnológica. Este cenário não é uma fantasia saída dos filmes de Hollywood, …

Tondela vs Porto | Dragões garantem vantagem para o Clássico

O FC Porto fez o que lhe competia para garantir que chegava ao “clássico” do próximo sábado, com o Benfica, no primeiro lugar do campeonato. Na visita ao Tondela, os “dragões” não deram grandes veleidades …

Enfermeiras suspeitas de sabotar hospital com baratas. Queriam emprego melhor

Enfermeiras das emergências de um hospital italiano terão, alegadamente, libertado baratas no seu departamento. O objetivo era conseguirem uma transferência para outro hospital. As autoridades sanitárias da região de Nápoles abriram uma investigação a um caso …

Cancro do colo do útero pode ser extinto até 2100

Todos os anos, o cancro do colo do útero é a causa de morte de mais de 300 mil mulheres em todo o mundo - mas pode ser extinto até 2100. No ano passado, o diretor-geral …

Fortnite retira anúncios do YouTube para fugir aos predadores sexuais

A produtora de videojogos que criou o Fortnite, muito popular entre jovens e crianças, decidiu retirar os anúncios publicitários do YouTube por temer que estes apareçam ao lado de comentários publicados por pedófilos. A empresa norte-americana …

O alpinista sem pernas que chegou ao cume do Everest foi premiado com o "Momento do Ano"

Um alpinista chinês de 69 anos, que tem ambas as pernas amputadas, conseguiu chegar ao topo do Evereste em maio de 2018. A perseverança de Xia Boyu valeu-lhe nesta semana um prémio.  Em 1975, Xia Boyu …

Numa empresa neozelandesa só se trabalham quatro dias por semana (mas a produtividade aumentou)

Em março e abril do ano passado, uma empresa neozelandesa implementou um novo modelo laboral: trabalhar apenas quatro dias por semana. O estudo final foi publicado esta terça-feira e as conclusões mostram resultados animadores. Quase um …

Portugueses não sabem fazer queixa contra discriminação (e acham que não vale a pena)

Quase toda a gente já ouviu falar de discriminação ou crimes de ódio, mas a maioria tem dificuldade em distinguir os conceitos, desconhece o que fazer perante um caso ou a quem recorrer para fazer …

Imigrantes que entraram ilegais em Portugal terão visto desde que tenham um ano de descontos

Os imigrantes que se encontram em Portugal a trabalhar e a descontar para a Segurança Social há pelo menos 12 meses vão poder ter a autorização de residência mesmo que não tenham entrado no país …

Estudantes no Porto até aos 15 anos vão andar gratuitamente de metro e autocarro

A Câmara do Porto vai garantir passes gratuitos para residentes estudantes na cidade até aos 15 anos, complementando a medida do Governo que prevê a gratuitidade do título de transporte até aos 12 anos. O anúncio …