Bruxelas mais pessimista que Governo revê em baixa crescimento português

partidosocialista / Flickr

O ministro das Finanças, Mário Centeno

A Comissão Europeia reviu esta quinta-feira em baixa a sua previsão para o crescimento da economia portuguesa este ano, prevendo uma expansão de 1,7%, abaixo da estimativa de 2,2% do Governo.

Nas previsões de inverno, divulgadas hoje, a Comissão Europeia baixou as suas estimativas de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) português para 1,7% este ano, face à expansão de 1,8% antecipada nas previsões de outono, divulgadas em novembro.

Bruxelas está assim mais pessimista para o crescimento da economia portuguesa em 2019 do que o Governo português, que continua a apontar para uma expansão de 2,2% do PIB este ano.

Também as as previsões de crescimento da economia da zona euro até 2020 foram revistas em baixa. A Comissão Europeia reconhece que o abrandamento poderá ser ainda mais pronunciado devido ao “elevado grau de incerteza” no panorama económico global.

Nas previsões intercalares de inverno esta quinta-feira publicadas, o executivo comunitário estima que o Produto Interno Bruto na zona euro progrida 1,3% este ano e 1,4% em 2020, quando nas anteriores projeções, de outono (divulgadas em novembro), antecipava valores de 1,9% e 1,7%, respetivamente.

Para o conjunto da União Europeia – já a 27, dado a saída do Reino Unido estar agendada para final do próximo mês -, a Comissão Europeia revê igualmente sobretudo em baixa a previsão de crescimento para 2019, que estima agora que se fixe nos 1,5%, quando há três meses antecipava que chegasse aos 2,0%.

Para 2020, Bruxelas prevê que acelere para os 1,8% do PIB, ainda assim abaixo do valor projetado no outono, de 1,9%.

Moderação no preço das casas em Portugal

A Comissão Europeia indica também nesta quinta-feira que os preços das casas devem registar uma maior moderação em Portugal, a refletir a recuperação gradual na oferta, juntamente com o abrandamento da procura externa.

Nas previsões de inverno hoje divulgadas, a Comissão Europeia indica ainda que “a recente recuperação na construção residencial” terá contribuído para alguma moderação na inflação dos preços das casas, que terá abrandado para 8,5% no terceiro trimestre de 2018 [em termos homólogos, ou seja, face ao mesmo período do ano anterior], “depois do pico de 12,2% registado no início do ano”.

Bruxelas antecipa que “os preços das casas deverão registar uma maior moderação no período das previsões” divulgadas (2018-2020), “a refletir uma recuperação gradual da oferta, juntamente com alguma desaceleração da procura externa”.

Na semana passada a consultora JLL antecipou que os preços das casas usadas deverão diminuir este ano, com a chegada ao mercado de novas construções e indicou que a limitação da oferta em 2019 pode travar novos recordes no setor imobiliário.

De acordo com dados do INE, no terceiro trimestre de 2018, o Índice de Preços da Habitação aumentou 8,5% em termos homólogos, 2,7 pontos percentuais (p.p.) abaixo do registado no trimestre anterior, naquele que foi o segundo trimestre consecutivo em que se verificou uma desaceleração dos preços das habitações, depois do aumento de 12,2% no primeiro trimestre de 2018.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) deve divulgar a 25 de março a evolução dos Preços da Habitação no quarto trimestre de 2018.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …