Brexit pode custar 420 milhões anuais a Portugal

Julien Warnand / EPA

As barreiras comerciais decorrentes da saída do Reino Unido da União Europeia (’Brexit’) podem custar 420 milhões de euros por ano a Portugal, de acordo com um relatório divulgado pela consultora Oliver Wyman.

“O custo provocado pelo ‘Brexit’ nas relações comerciais entre Portugal e o Reino Unido pode chegar aos 420 milhões de euros”, indica a consultora Oliver Wyman no relatório ‘Impacto do Brexit: Análise Ibérica’, divulgado esta quarta-feira.

A consultora antecipa que a implementação de novas barreiras tarifárias e não tarifárias vai representar custos adicionais para as empresas até 500 milhões de euros.

“No entanto, [estes custos] podem ser mitigados até 80 milhões (cerca de 20% do impacto) através de ajustes na cadeia de abastecimento (opção por fornecedores locais) e repatriação de investimentos estratégicos, aproximando a produção para níveis mais próximos da procura”, indica o relatório.

Os setores do grande consumo (92 milhões de euros), automóvel (90 milhões de euros), agroalimentar (57 milhões de euros), químicos e plásticos (36 milhões de euros) e industrial (35 milhões de euros) concentram cerca de 75% do impacto, adianta a consultora no estudo que faz uma estimativa dos custos burocráticos anuais decorrentes do ‘Brexit’ nas exportações e importações entre Portugal e o Reino Unido.

A consultora de gestão global fundada em 1984 indica que, em termos de impacto relativo, será a indústria automóvel portuguesa a mais afetada pelo ‘Brexit’, “no valor de 2,7%, sobre o seu valor acrescentado bruto, seguindo-se o sector da metalurgia e mineração (2,2%) e o sector aeroespacial (2,1%)”.

A Oliver Wyman explica que “a maioria destes sectores tem, no entanto, números de impacto absoluto menores, uma vez que o volume das suas exportações é menor em comparação com os principais sectores”.

A consultora indica também que o Reino Unido é o quarto maior destino de exportações portuguesas na União Europeia, com exportações no valor de quatro mil milhões de euros em 2016, e adianta que Portugal figura entre os dez países da União Europeia que serão mais afectados pelas restrições comerciais na sequência do ‘Brexit’.

O ‘top 3’ dos países mais prejudicados pela saída do Reino Unido da União Europeia inclui a Alemanha (com um impacto previsto de 9.400 milhões de euros), a Holanda (4.400 milhões de euros) e a Bélgica (3.900 milhões de euros).

O parlamento britânico voltou na terça-feira a chumbar o Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia (UE), com 391 votos contra e 242 a favor. A União Europeia ficou dececionada com o chumbo do Acordo de Saída do ‘Brexit’ no parlamento britânico, mas revelou que os 27 estão disponíveis a considerar um adiamento da saída do Reino Unido, consoante os motivos evocados por Londres.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, defendeu na terça-feira que a principal preocupação de Portugal é prosseguir a preparação para qualquer cenário do ‘Brexit’, incluindo a ausência de acordo.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Nao entendo o estudo apresentado, pois sectores “chave” existentes em UK irao/ja se estao a deslocalizar para a Europa…

  2. Se nem o Reino Unido consegue se libertar das união amarras da UE imaginem Portugal. Nunca vi tamanho bullying institucional. A UE aceita um prolongamento porque nesse caso o Reino Unido fica encarregue de pagar 1 bilião de libras por cada mês de atraso. As negociações estão a ser encabeçadas do lado europeu por um palerma radical belga de nome Guy Verhofstadt, de um partido minoritário da Bélgica. Representa toda a Europa e como já é normal nenhum de nós votou nele. Estamos reféns de uma instituição que quer acabar com a soberania dos Estados e reunir cada vez mais poder. De união económica passou a união política, e agora já está a preparar o exército. Só falta diluir as identidades nacionais e culturais com a entrada massiva do terceiro mundo para juntar tudo sob o governo central dos Estados Unidos da Europa. E como sempre, nós não teremos voto na matéria, só para escolher a árvore do ano.

  3. Qual a origem da empresa que fez este estudo ??? Só se sabe do impacto em alguns países mas dá Inglaterra nada até parece que a Europa é k tem tudo a perder… Como sempre os Ingleses querem fazer as suas idiotices e no final ficarem a ganhar…

RESPONDER

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …