//

BPI confirma: caiu o acordo entre Isabel dos Santos e o CaixaBank

1

Shatabisha / Wikimedia

-

Administração do banco declara que o acordo ficou “sem efeito” depois da empresária angolana ter feito novas exigências. António Costa apela para que ambas as partes consigam chegar a um entendimento.

Depois do comunicado enviado pela Santoro, holding angolana controlada por Isabel dos Santos, que afirmava que ainda existiam “elementos pendentes”, o banco português confirma: ainda não há acordo.

O anúncio foi feito esta tarde pelo conselho de administração do banco, num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Segundo o jornal Público, a administração do BPI declarou que o acordo ficou “sem efeito”, depois da empresária angolana ter feito novas exigências que não faziam parte do entendimento inicial.

Na nota enviada à CMVM, a administração explica que já depois de 10 de abril, dia em que a angolana chegou a um acordo com os espanhóis do CaixaBank, “a Santoro Finance desrespeitou o que tinha acordado e veio a solicitar alterações” ao que tinha sido acordado inicialmente.

O BPI afirma também que “está em contacto com o Banco Central Europeu para ser encontrada uma alternativa”.

O primeiro-ministro António Costa já reagiu a esta situação, apelando aos acionistas para que haja um entendimento por forma a que nada perturbe o BPI enquanto instituição financeira.

Em declarações aos jornalistas, antes da viagem para Paris, o governante diz “estar confiante” de que ambas as partes vão chegar a um acordo.

“Não há nada como um bom acordo e é pena que isso não se tenha vindo a confirmar. O que é necessário agora é dar cumprimento às decisões das instituições supervisoras europeias da forma que menos perturbe o BPI”.

ZAP

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE