Bombeiros de Beja admitem recusar transportar suspeitos e doentes

As 15 corporações de bombeiros do distrito de Beja admitem recusar transportar utentes suspeitos e doentes com covid-19 por falta de condições e apoios.

As 15 corporações de bombeiros do distrito de Beja referem que, “por uma questão de racionalização” dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) “à sua disposição”, decidiram “garantir apenas o socorro pré-hospitalar nas condições protocoladas” com o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e recusar “todo e qualquer outro transporte de utentes/doentes relacionados com a infeção covid-19″.

Trata-se de uma posição conjunta relativa ao combate à covid-19 tomada na segunda-feira e enviada esta quarta-feira à Lusa pelos comandantes dos Bombeiros Voluntários de Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Beja, Barrancos, Castro Verde, Cuba, Ferreira do Alentejo, Mértola, Moura, Odemira, Ourique, Serpa, Vidigueira e Vila Nova Milfontes.

O presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Beja, Domingos Fabela, adiantou as 15 corporações de bombeiros “ainda não recusaram nenhum transporte” de utentes suspeitos e doentes com covid-19 e “esperam que isso não venha a acontecer”.

Contudo, para tal não acontecer, as corporações “aguardam respostas articuladas das entidades competentes” aos seus pedidos para poderem ter “as condições necessárias” para cumprirem a sua missão no combate à pandemia.

As corporações de bombeiros referem que se sentem “isolados e por sua conta e risco” e tomaram a posição conjunta devido a várias situações provocadas por falta de condições e respostas, apoios e informações da parte de entidades tuteladas pelo Ministério da Saúde e da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Os comandantes referem que a ANEPC “tem vindo a anunciar a entrega de milhares de equipamentos aos bombeiros”, mas, até hoje, os bombeiros do distrito de Beja só receberam equipamento que “não observa toda a composição de um EPI completo” e “garante menos de uma semana de serviços”.

Além da recusa de transportes, os comandantes também decidiram declinar mobilização de meios das corporações de bombeiros pela Linha SNS24 por não lhe reconhecerem “qualquer autoridade para o efeito, até porque tal procedimento contraria o protocolado no Sistema Integrado de Emergência Médica”.

As corporações também exigem ao INEM, à Administração Regional de Saúde do Alentejo, à ANEPC e aos municípios do distrito de Beja “apoio à aquisição e/ou fornecimento de EPI em quantidades suficientes” para cumprirem a sua missão e o cumprimento da orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS) para “submeter periódica e prioritariamente” os bombeiros a testes de despistagem de covid-19.

Segundo os comandantes, o “maior problema” em todo o processo é que, “diariamente, é sonegada informação aos bombeiros”, como as moradas onde há casos positivos, “numa evidente falta de articulação” entre DGS, INEM, ANEPC e os serviços municipais de proteção civil.

Os comandantes exigem “a todas as entidades o respeito e a consideração pelos bombeiros, enquanto parceiros decisivos nesta crise, não bloqueando o fluxo de informação relacionada com potenciais contágios”.

Por isso, os comandantes decidiram pedir aos presidentes dos municípios e aos comandos distrital de Beja e nacional da ANEPC para exigirem às autoridades de saúde “toda a informação pertinente” ao serviço dos bombeiros e relativa às listas das moradas dos casos positivos e em isolamento.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Nenhuma era apenas um número". NYT dedica toda a primeira página a mil vítimas da pandemia

Mil nomes de pessoas numa primeira página. O jornal norte-americano The New York Times dedicou a primeira página da edição deste domingo a mil vítimas mortais da pandemia de covid-19, para assinalar a iminente passagem …

A economia é a vítima colateral da estratégia singular da Suécia

A Suécia deixou nas mãos dos cidadãos a responsabilidade pela sua saúde e a abordagem relaxada do país em relação à pandemia de covid-19 trouxe resultados negativos. O Governo sueco não impôs um confinamento à população …

Polícia de Hong Kong detém 180 manifestantes. E elogia lei da segurança nacional

A polícia de Hong Kong elogiou a lei da segurança nacional chinesa, horas depois de ter detido pelo menos 180 manifestantes que protestaram, este domingo, contra a legislação anunciada por Pequim. O comissário da polícia, Tang Ping-keung, …

Pinto da Costa recandidata-se a "pensar nas dificuldades do presente"

Pinto da Costa admitiu, este domingo, no lançamento do site oficial da recandidatura à presidência do FC Porto, que vai a eleições "a pensar nas dificuldades tremendas do presente". No site oficial da sua candidatura, Pinto …

Abraços e apertos de mão. Bolsonaro junta-se a manifestação sem distanciamento social

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participou, este domingo, em mais uma manifestação sem respeitar as regras de distanciamento social. A manifestação decorrer na Praça dos Três Poderes, em Brasília. De acordo com o jornal Público, …

"Relativamente rápido". Centeno acredita que países europeus vão recuperar da crise até ao fim de 2022

O ministro das Finanças português e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, acredita que a União Europeia vai conseguir ultrapassar a crise económica provocada pela pandemia de covid-19 de forma "relativamente rápida". Em entrevista ao jornal alemão …

Florentino congelado, Jota (e mais dois) na porta de saída. Mercado já mexe na Luz

Apesar da pandemia, que paralisou quase todas as competições europeias e que deverá atrasar a janela de transferência no futebol, o mercado já mexe na Luz. A imprensa desportiva dá conta nesta segunda-feira que Florentino …

Cova da Piedade abandona direção da Liga e convida Proença a demitir-se

O Cova da Piedade juntou-se ao Benfica na decisão de abandonar a direção da Liga de clubes e convidou Pedro Proença a demitir-se da presidência do organismo. Em comunicado, o Cova da Piedade justifica a decisão …

Milhares foram a banhos este domingo. Só nas praias da Caparica estiveram mais de 180 mil pessoas

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir neste domingo levaram milhares de portugueses à praias. Só na Costa da Caparica, no concelho de Almada, mais de 180 mil pessoas foram a banhos. Entre as 9 e …

"Há outras prioridades". Ana Gomes está a refletir sem "pressa" sobre eventual candidatura a Belém

No espaço de comentário da SIC Notícias, a ex-eurodeputada Ana Gomes disse que ainda está a "refletir" sobre uma eventual candidatura à Presidência da República. Ana Gomes ainda não tomou uma decisão sobre uma possível candidatura …