Bolsonaro diz que pandemia foi “superdimensionada”

Joedson Alves / EPA

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, classificou hoje de “superdimensionada” a pandemia de covid-19, que já matou quase 151 mil pessoas no Brasil e infetou mais de cinco milhões no país sul-americano.

“Entramos em 2020 e tivemos o problema da pandemia que, no meu entendimento, foi superdimensionada. Desde o começo, falei que nós tínhamos dois problemas pela frente: a questão do vírus e o desemprego, e que eles deveriam ser tratados com a mesma responsabilidade simultaneamente”, disse Bolsonaro, citado pelo jornal O Globo, durante um evento da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

“Se nós, e parte do empresariado, tivéssemos embarcado na onda do ‘fique em casa, que a questão da economia vemos depois’, com toda a certeza estaríamos numa situação bastante complicada no momento”, acrescentou o mandatário, que desde o inicio da pandemia se mostrou um dos chefes de Estado mais céticos em todo o mundo em relação à gravidade da covid-19.

No total, o país sul-americano concentra 150.998 vítimas mortais e 5.113.628 casos de infeção pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, que foi registada oficialmente no Brasil em 26 de fevereiro.

Assim, o Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ocupando a segunda posição mundial na lista de nações com maior número total de mortes e a terceira na dos países com mais infeções.

Desde a chegada da pandemia ao Brasil, Bolsonaro causou polémica ao provocar aglomerações, defender a reabertura económica, não usar máscara em locais públicos e criticar governadores e prefeitos que decretaram medidas de isolamento social em vários estados do país.

No evento de hoje da Firjan, o Presidente do Brasil elogiou ainda o atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que, segundo Bolsonaro, foi nomeado não por ser um general, mas por ser, “em especial, um grande gestor”.

“Na questão da saúde também tivemos algum sucesso em relação ao resto do mundo, em especial quando colocamos um general no Ministério da Saúde. Não por ser general, mas por ser, em especial, um grande gestor, que está fazendo um trabalho excecional nessa área”, disse o chefe de Estado, referindo-se a Pazuello, o seu terceiro ministro da Saúde.

General do Exército, Pazuello assumiu em abril a função de secretário executivo da Saúde, segundo cargo mais alto da hierarquia ministerial, após o oncologista Nelson Teich assumir o Ministério, em substituição de Luiz Henrique Mandetta, exonerado após ter discordado publicamente de Bolsonaro na condução das medidas de combate ao novo coronavírus.

Contudo, poucas semanas depois, Teich pediu demissão, tendo Pazuello assumido interinamente a liderança do Ministério da Saúde, situação bastante criticada no país, devido à falta de especialização do militar em questões de saúde.

Em 16 de setembro, Eduardo Pazuello tomou posse como ministro da Saúde do Brasil, após quatro meses a liderar interinamente a tutela durante a pandemia da covid-19 no país.

Sob a gestão do general, o Ministério da Saúde mudou as diretrizes, para que a população procurasse a rede de saúde quando sentisse qualquer sintoma da doença, mesmo que fosse ligeiro.

Pazuello é o nono ministro que saiu das fileiras militares no Governo de Bolsonaro.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e oitenta e sete mil mortos e mais de 38,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo dá sete milhões às escolas para compra de material de proteção

O Ministério da Educação disponibilizou cerca de sete milhões de euros para as escolas comprarem máscaras e outros materiais e equipamentos de proteção individual contra a covid-19. Concretamente no que respeita às máscaras, o Ministério da …

Internamentos voltam a descer. Portugal regista 949 novos casos e 28 mortes

Portugal registou esta sexta-feira 949 novos casos de infeção por covid-19 e mais 28 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, nas …

Papa inicia hoje visita ao Iraque como "peregrino da paz"

O Papa Francisco inicia hoje uma visita de quatro dias ao Iraque, a primeira de um papa a um país muçulmano de maioria xiita, numa missão em que se apresenta como "peregrino da paz". "Venho como …

Novo Banco. Carlos Costa pede para ser ouvido por videoconferência devido à sua idade e saúde

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, pediu à comissão de inquérito sobre o Novo Banco para ser ouvido remotamente, por videoconferência, devido à sua idade e fragilidades de saúde, segundo informação enviada …

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês já está traçado

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês, incluindo o do antigo primeiro-ministro José Sócrates e o do banqueiro Ricardo Salgado, está decidido. Uma fonte judicial adiantou ao Expresso que só o juiz Ivo Rosa conhece …

Portugal "não está livre de uma quarta vaga" de contágios quando desconfinar

Na quarta-feira, Graça Freitas admitiu que Portugal pode voltar a enfrentar uma nova vaga da pandemia de covid-19 nos próximos meses. O epidemiologista Manuel Carmo Gomes repete o alerta da diretora-geral da Saúde. Portugal pode enfrentar …

PCP propõe estender moratórias por seis meses. BE quer ouvir Centeno

O PCP quer estender as moratórias bancárias, que vão terminar dentro de algumas semanas, por seis meses. O Bloco de Esquerda entregou um requerimento, com carácter de urgência, para ouvir o Governador do Banco de …

Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A equipa de peritos - liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Átomo extinto revela segredos da infância do Sistema Solar

Usando o átomo extinto nióbio-92, uma equipa de investigadores da ETH Zurich, na Suíça, conseguiu explicar eventos do início do sistema solar com a maior precisão de sempre. Se um átomo de um elemento químico tiver um …