Bolsonaro admite aceitar ajuda do G7 se Macron lhe pedir desculpa

Marcelo Sayao / EPA

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

O Presidente Jair Bolsonaro voltou atrás com a posição do Governo brasileiro sobre a ajuda de 20 milhões de dólares (17,95 milhões de euros) oferecida pelo G7 para combater os incêndios na Amazónia.

Na segunda-feira, o ministro da Casa Civil brasileiro, Onyx Lorenzoni, afirmou que a quantia oferecida pelo G7 seria recusada e aconselhou o grupo a usar o dinheiro para a “reflorestar a Europa”. Esta terça-feira, Jair Bolsonaro voltou atrás, mas deixou a decisão nas mãos do Presidente francês, Emmanuel Macron

Se Macron pedir desculpas ao Presidente brasileiro, por tê-lo ofendido pessoalmente e por ter colocado em causa a soberania brasileira na Amazónia, Bolsonaro poderá ponderar conversar com ele e, depois, decidir se aceita o apoio de 20 milhões de dólares que os sete países ofereceram para combater os incêndios na Amazónia.

Poucas horas depois de o Governo brasileiro ter recusado o apoio do G7, Bolsonaro foi interpelado pelos jornalistas à saída do Palácio da Alvorada e deu o dito por não dito: “Eu falei isso? Eu falei? Jair Bolsonaro falou?”.

Depois, segundo o Observador, estabeleceu as regras do jogo: “Primeiramente, o senhor Macron deve retirar os insultos que fez à minha pessoa. Primeiro, me chamou de mentiroso. E depois, informações que eu tive, de que a nossa soberania está em aberto na Amazónia. Para conversar ou aceitar qualquer coisa da França, que seja das melhores intenções possíveis, ele vai ter que retirar essas palavras e daí a gente pode conversar”.

Questionado sobre o facto de ter comentado a publicação de um seguidor que postou fotografias de Michelle Bolsonaro e de Brigitte Macron com a legenda “Entende agora pq Macron persegue Bolsonaro?”, Bolsonaro garantiu aos jornalistas que com o comentário o que queria era chamar a atenção do internauta para que não dissesse “besteiras”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Ex-aliada de Bolsonaro denuncia grupo difusor de notícias falsas ligado ao Presidente

A deputada brasileira Joice Hasselmann, ex-líder do Governo de Jair Bolsonaro no congresso, denunciou na quarta-feira a atuação de um grupo difusor de "fake news" (notícias falsas) ligado ao atual Presidente, Jair Bolsonaro, e que …

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …

Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão. O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta …