Bolívia divulga vídeo que sugere que Morales incitou bloqueios à entrada de alimentos

Arturo Murillo, ministro do Governo da Bolívia, divulgou na manhã de quarta-feira um vídeo que sugere que o antigo presidente do país, Evo Morales, incitou os bloqueios à entrada de alimentos que fragiliza o país.

Os bloqueios nas estradas de acesso a La Paz, capital da Bolívia, e aos arredores, usados nos protestos que se somam à tensa crise política, impõem aos bolivianos a falta de produtos básicos cujos preços dispararam nos últimos dias. Os bolivianos enfrentam agora a falta de carne, ovos, lacticínios e pão. Também faltam gás de cozinha e combustíveis para os transportes.

No vídeo partilhado por Arturo Murillo, um boliviano identificado como Faustino Yucra Yarwui, que terá ligações ao narcotráfico, é ouvido a falar com Evo Morales, atualmente exilado no México. O antigo presidente boliviano dá então ordens a Yarwui para provocar desordem social no país, bloqueando a entrada de alimentos, noticia o WSJ.

Estamos a sofrer com falta de comida. Não há carne, frango, ovos. Só há filas em busca de comida. Faltam os produtos mais básicos. E os que mais sofrem são as crianças que ficam com fome. Não aguentam sem comida. Até quando vamos estar assim?”, desabafa à Lusa Susana Zelayes, doméstica de 58 anos.

Face a esta situação, Murillo afirma que vai apresentar queixa contra o ex-presidente. “Evo Morales ordena que não entre comida nas cidades, isso é um crime contra a humanidade. Não pode ser assim, os bolivianos acreditaram nele, 70% dos bolivianos votaram nele e hoje em dia, ordena que matem de fome o seu povo“.

Marcha com caixões de vítimas mortais

Esta quinta-feira, a polícia dispersou com gás lacrimogéneo uma marcha, com os caixões das vítimas mortais que ocorreram numa operação militar e policial, que estava a chegar a La Paz, com os manifestantes a chamarem “assassinos” à força de segurança.

A manifestação de milhares de pessoas partiu da cidade vizinha de El Alto e seguiu até a praça central de São Francisco, com as urnas dos oito civis mortos durante a operação da última terça-feira.

As pessoas pararam numa avenida próxima da praça quando a polícia boliviana começou a lançar latas de gás lacrimogéneo, com os manifestantes a dispersarem-se pelas ruas adjacentes. Vários dos participantes declararam que se sentiram “mal tratados” depois de terem “pacificamente” desenvolvido o seu protesto para denunciar a intervenção militar e policial de terça-feira.

Os oito civis que morreram foram atingidos por armas de fogo, cujos autores estão a ser investigados, segundo a Defensoria do Povo da Bolívia. O governo provisório da Bolívia salienta que os disparos mortais não foram efetuados pelos militares. Os confrontos aconteceram na terça-feira, a 50 quilómetros de La Paz, quando as autoridades bolivianas tentaram reabrir o acesso à refinaria de Senkata, bloqueada por apoiantes de Evo Morales.

A Bolívia enfrenta uma grave crise política desde as eleições presidenciais, em 20 de outubro. Com a renúncia de Evo Morales, os seus apoiantes têm-se manifestado diariamente nas ruas de La Paz e em algumas províncias para exigir a saída da Presidente interina, Jeanine Áñez, acusada de dar luz verde a repressão policial violenta que, segundo a Defensoria do Povo, provocou pelo menos 32 mortos e 775 feridos desde 20 de outubro.

A Presidente interina da Bolívia enviou na quarta-feira um projeto de lei ao parlamento para a realização de eleições presidenciais e legislativas. A Constituição boliviana estabelece que um Presidente interino tem 90 dias para organizar uma eleição.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Novamente o Truque dos Alimentos. Vaticano – misericordia – da me uma moedinha de esmola Hahahahaha
    epá quem é que ainda cai nesta cantiga?

  2. Há que varrer a corja vermelha populista da América. Este já foi. Lula já foi. Falta ir o cubano e o venezuelano. E mais algum que ande por ali a esvaziar os cofres do Estado, para adquirir votos através dos estratégicos subsídios.

RESPONDER

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …